Contabilidade de Custos – Como esse serviço pode auxiliar os gastos de seu negócio

 em Contabilidade

Entenda como a contabilidade de custos pode ajudar no controle de gastos:

Dentro do ramo da contabilidade, existem diversos campos de atuação. Com isso, a contabilidade de custos faz parte da contabilidade geral, mas voltada ao estudo dos gastos realizados em um negócio. Ela pode ajudar na apuração de custos que a empresa produz ao prestar um serviço através de relatórios e análises.

Essa área específica é fundamental para garantir a saúde de um negócio, já que ela é voltada para custos que a empresa possui na produção de seus bens e pode ser dividida em contabilidade de custos industriais, que cuida dos gastos ocorridos na produção de produtos e custos de serviços que compreende os gastos ocorridos na prestação de serviços.

Contabilidade de custos diretos, indiretos, fixos e variáveis

Quando uma empresa contrata um contador para lidar com seus custos, é necessário que saiba que independentemente do tipo de negócio, ela terá custos diretos e indiretos. Os custos diretos está ligado à diretamente aos gastos de produção de um produto ou prestação de um serviço.

Já os custos indiretos, não se relaciona objetivamente à produção ou prestação, são gastos, por exemplo, utilizados para fazer o marketing e auxiliar na divulgação de seu negócio. Os custos fixos contam também com esses gastos diretos e indiretos.

Os fixos, se resumem em gastos permanentes que não vai mudar, mesmo que o fluxo de produção mude. Também existem gastos variáveis, que mudam de acordo com a produção e tipo de serviços que a empresa presta, incluindo despesas de manuseio, armazenagem e despacho.

contabilidade de custos

Passos para fazer a contabilidade de custos

Esse campo contábil permite que, com a ajuda de um contador experiente e que saiba lidar com os gastos da sua empresa, garantindo organização e saúde financeira. Assim, quem cuida da contabilidade de custos, tomará cuidado para calcular a lucratividade dos recursos, analisando os dados e transações.

Para isso, é necessário seguir alguns para implantar isso com êxito em sua empresa:

1 – Listagem de todos os custos e despesas que existem em sua empresa

Com os custos claros, é mais fácil entender o que você tem dentro de sua empresa e como isso pode ajudar a aprimorar a lucratividade, separando assim cada um deles. Enquanto os custos fixos são relacionados à compra de matéria-prima, por exemplo, as despesas relatam o que a empresa desembolsa para pagar contas de telefone, energia, etc.

2 – Comparação dos custos diretos com o preço da venda

Os custos diretos estão ligados à execução de um serviço, por exemplo, para que assim seu trabalho consiga pagar o gasto e gerar algum ganho. Por isso é importante saber se seus serviços estão gerando lucros. Se isso isso estiver alinhado, você pode seguir para o próximo passo.

3 – Ratear custos indiretos

Esses custos estão ligados as despesas de campanhas de marketing e divulgação da empresa, ou seja, não lida com a prestação de serviço ou com a produção de um produtos. Rateando esses custos, você consegue enxergar com mais clareza se alguma coisa está excedendo a parte financeira de seu negócio.

4 – Encontre um ponto de equilíbrio

Após ratear custos, você será capaz de enxergar quanto você produz e quais serviços tem prestados de maneira efetivas e entender se isso está alinhado com suas receitas e despesas.

Quanto menor a quantidade de produtos analisada, mais fácil será o cálculo do ponto de equilíbrio de suas mercadorias.

Conclusão

A contabilidade de custos pode ajudar uma empresa a enxergar com mais clareza como está a lucratividade de seus recursos e com isso, tentar cuidar e melhorar a saúde financeira dela, a partir de uma análise de dados e transações, sempre buscando otimizar lucros, reduzir os gastos e contas.


Conseguiu entender como a contabilidade de custos pode ajudar a sua empresa? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

Marketing de serviços contábeiso que é esocial