Skip to content

Coronavírus: o efeito causado nos micro e pequenos negócios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Confira algumas saídas que listamos para você, micro e pequeno empreendedor, minimizar os efeitos da crise causada pelo Coronavírus, ou Covid-19, no seu negócio.


Segundo o Portal R7, 98% das empresas brasileiras se encaixam nas categorias de micro e pequena e representam 55% dos empregos do país. São números muito significativos quando pensamos no impacto que a paralisação dessas empresas, mesmo que parcial, pode causar, tanto à economia quanto aos seus empregados e fornecedores.

Como os donos desses negócios podem amenizar o impacto que a medida de calamidade pública, decorrente da pandemia do Coronavírus, tem causado? Os governos estaduais pedem para as pessoas não saírem de casa e determinam o fechamento dos comércios e, ao mesmo tempo, se as portas estão fechadas não há movimentação. Nesse momento, os proprietários e gerentes desses negócios precisam usar da criatividade e do jogo de cintura para conseguir rever as estratégias e manter as contas pagas.

Algumas medidas já foram tomadas pelo Governo, como a aprovação da Medida Provisória N° 927, que foi aprovada em 22 de Março, como forma de regularizar as relações trabalhistas enquanto passamos por esse período sem precedentes no mundo.

Diante disso, listamos algumas saídas que os proprietários desses negócios podem tomar para tentar minimizar o impacto e continuar vendendo, veja:

Coronavírus: Como minimizar os danos ao seu negócio

Reveja o fluxo de caixa

Entenda quais itens do fluxo de caixa da sua empresa são absolutamente necessários e quais podem ser renegociados, adiados ou até cortados.

Na Medida Provisória N° 927 existe um item sobre o adiamento do recolhimento do FGTS dos funcionários, utilize desse benefício temporário para direcionar o dinheiro que iria momentaneamente àquela obrigação para algum item que esteja com mais necessidade.

Alguns bancos também estão aumentando o prazo de pagamentos de dívidas e oferecendo linhas de crédito diferenciadas.

Repense obras e melhorias

Não se esqueça: nesse momento mantenha apenas o necessário para a saúde da sua empresa.

Rever a necessidade de obras e melhorias que estavam em andamento também é uma opção, porém aqui cabe um questionamento: isso é um investimento ou uma despesa? Se for despesa, deve ser cortada, e se o investimento já foi feito, o baixo movimento é uma oportunidade de finalizar o projeto sem muitos transtornos.

Faça entregas via delivery

Você tem uma loja física e teve que fechar por conta da determinação do governo? Ofereça aos seus clientes a entrega dos produtos via delivery.

Pense em comunicação digital, como Whatsapp e Instagram, e anuncie o seu modo de funcionamento temporário. Considere também fazer uma parceria fixa durante esse período com uma pessoa que possa fazer as entregas, garantindo a higiene nesse momento tão delicado.

Adapte a sua oferta

Ainda falando sobre produtos, pense na necessidade antes de pensar na venda. Se pergunte: em qual ocasião meu cliente precisa do meu produto? Ofereça kits prontos pensando nessa resposta!

Por exemplo: se você tem um mini mercado, poste uma receita nas suas redes sociais e ofereça um kit com seus produtos para a preparação dessa receita específica, dessa forma você vai manter a comunicação com o seu cliente e, de quebra, estará mais próximo dele nesse momento.

Use (muito) as redes sociais

Em tempos de comunicação digital em alta, é hora de abusar de ferramentas como Instagram, Facebook e Whatsapp. Aproveite para turbinar o perfil do seu negócio postando fotos bonitas e informações que podem ser relevantes para o seu cliente. Entenda as particularidades de cada rede e utilize-as em seu favor!

Utilize ferramentas grátis como o Canva para criar designs e não tenha vergonha de se comunicar, afinal já dizia Chacrinha: “quem não se comunica, se trumbica”!

Pra você que acha que Marketing é algo caro, aqui nós damos algumas dicas de Marketing de custo baixo para você conseguir divulgar o seu negócio mesmo com pouco dinheiro.

Invista em site e e-commerce

Se a sua marca não possui presença online, esse é o momento! Se o seu negócio vende produtos, existem plataformas de e-commerce de baixo custo ou mesmo de graça, que podem ser facilmente configuradas e, se for o caso, melhoradas posteriormente por um especialista em Marketing Digital.

Invista um tempo fazendo fotos dos seus produtos, escolha a melhor plataforma e divulgue para seus clientes. Invista também no atendimento, tanto durante a venda quanto no pós-venda, já que o seu cliente não irá pegar no produto até que a entrega seja feita.

Se o seu caso é a venda de serviços, crie um hotsite bem completo e explicativo. Faça vídeos e, se possível, coloque também depoimentos de clientes que já utilizaram seus serviços, isso passa bastante credibilidade. Invista no design, afinal essa será a sua vitrine online, e não poupe esforços para fazer a divulgação.

Caso seja um serviço que deva ser prestado presencialmente, frise os procedimentos e cuidados de higiene que têm sido tomados devido ao vírus Covid-19 e, mais uma vez, não tenha vergonha de comunicar!

Vale sempre lembrar que a pandemia que estamos vivendo é algo sem precedentes nos tempos modernos, então precisamos, acima de tudo de muita paciência para conseguir passar por essa fase, e foco no futuro, para conseguirmos vislumbrar e nos preparar para tempos melhores.

“A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo.”

Peter Drucker, considerado um dos maiores pensadores da administração moderna no último século

Veja também o vídeo do nosso Canal no Youtube sobre como manter a produtividade trabalhando de casa:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário