Balanço Patrimonial: Esclareça suas dúvidas sobre essa demonstração contábil

 em Contabilidade

Tem dúvidas sobre o que é o Balanço Patrimonial? Entenda:

O balanço patrimonial é um relatório contábil que permite que você enxergue se sua empresa está evoluindo financeiramente, permitindo que seja possível ver a realidade financeira de seu negócio.

Essa demonstração discrimina os bens e direitos qualitativamente e seu valor monetário, quantitativamente. Esses registros podem ser encontrados no Livro Diário da empresa, que traz informações individuais diárias sobre créditos e débitos e o número da nota fiscal.

Através desse balanço, é possível ter acesso a todos os registros contábeis e com isso fazer projeções financeiras com os dados obtidos.

Estrutura do Balanço Patrimonial

A estrutura é sempre formada por um grupo de contas que apresentam as disponibilidades financeira. O grupo que demonstra os bens e direitos é chamado de Ativo e o que demonstra as dívidas é chamado de Passivo.

Dentro de cada um dos grupos, exitem subgrupos que são divididos para ajudar na análise e leitura do relatório.

Ativos

Compreende bens e direitos, possuindo valores econômicos e que pode ser convertido em dinheiro.

Ativo Circulante

Agrupa o dinheiro e tudo que pode ser transformado em dinheiro rapidamente. Isso significa que o ativo circulante conta com toda a disponibilidade financeira imediata que a empresa tem. Geralmente as principais contas que integram o ativo circulante são caixas e bancos, contas a receber e estoque.

Ativo Não-Circulante

O ativo não circulante é composto de bens de permanência duradoura, que tem a finalidade de manter o funcionamento do empreendimento, assim como direitos de longo prazo, como o Imobilizado e os Investimentos.

Ativo Total

É a soma do Ativo Circulante + Ativo Não Circulante.

Passivos

Compreende as obrigações (dívidas) da empresa para com terceiros, por natureza e expressão monetária. Por exemplo: conta a pagar, impostos a pagar, financiamentos, etc.

Passivo Circulante

Obrigações que são pagas dentro de um ano. Contas como duplicatas a pagar a fornecedores de mercadoria, empréstimos bancários, encargos e salários, entre outros, são caracterizadas como contas de passivo circulante.

Passivo Não Circulante

São obrigações com vencimento até 360 dias como financiamentos de ativos fixos, como equipamentos e veículos.

Patrimônio Líquido

Compreende os recursos próprios da entidade, sendo resultado da diferença positiva do valor do ativo e o valor passivo. A contas que integram esse subgrupo são as reservas de capital e lucro, ajustes patrimoniais e capital social.

O papel do profissional contábil

Sempre é bom lembrar como a ajuda de um profissional contábil para realizar esse tipo de atividade é importante para que esse relatório seja preenchido de maneira eficaz. Para a elaboração dele é necessário ter registros de fatos contábeis, ou seja, todas as movimentações e alterações que envolve os bens e direitos da empresa.

O contador pode ajudar muito na tomada de decisões, pois é o profissional que estará atento aos índices financeiros e pode ajudar a montar projeções financeiras mensais para que através disso ele possa auxiliá-lo no planejamento da empresa.

Assim, com o balanço patrimonial é possível ter uma visão ampla de como sua empresa está financeiramente e como você pode se planejar a partir desses relatórios mensais permitindo que você enxergue qual o melhor caminho para seguir com seus planos empresariais.


Conseguiu entender tudo sobre balanço patrimonial? Comente e fique sempre atendo aos conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

homem escolhendo o melhor sistema de contabilidade para sua empresaconceito de contabilidade internacional