Informe de Rendimentos – Saiba para que ele serve

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Saiba o que é o informe de rendimentos e como ele deve ser preenchido:

Todo início de ano é marcado pela declaração do Imposto de Renda e juntamente a ele, é necessário entregar diversas obrigações que podem ser organizadas com a ajuda de um contador experiente.

Por conta disso, o conteúdo abaixo falará um pouco sobre a entrega correta do Informe de Rendimentos e como ficar atento aos prazos e saber como declarar corretamente para evitar ser taxado com multas exorbitantes e que muitas vezes fogem do controle financeiro que você gostaria de ter em todo início de ano.

Informe de Rendimentos – O que é

É um documento que dever ser cedido pelas fontes pagadoras da empresa, onde contém o controle dos valores depositados em sua conta ao longo de um ano. Nele, constam informações do tipo: salário, financiamentos, empréstimos, rendimentos das suas aplicações, entre outros.

Esse documento precisa estar bem detalhado para que o contador seja capaz de avaliar corretamente e saber o que está correto, se há alguma falha ou erro. O principal objetivo dessa declaração é evitar a sonegação de impostos, além de ajudar a garantir que os devidos tributos sejam pagos adequadamente.

O Informe de Rendimentos é utilizado na Declaração de Imposto de Renda, e devem ser entregue aos prestadores de serviço, de acordo com a Receita Federal, até o último dia de fevereiro.

Assim que entregue, será possível verificar se as informações prestadas nele são verdadeiras cruzando os dados viabilizado pelos fornecedores de serviço com os conteúdos despachados pelas pessoas jurídicas. Para garantir que tudo está em perfeito estado, é necessário também manter um bom planejamento tributário.

Quem precisa declarar o informe de rendimentos?

Esse documento é obrigatório para MEI, e seu prazo final é no dia 31 de Maio de cada ano, onde ele faz a Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN-SIMEI), informando seus gastos referente ao ano anterior.

Já as demais empresas, devem entregar aos prestadores de serviço ou contribuintes, o documento com informações como: planos de saúde, INSS, corretoras bancos, corretoras, instituições de ensino, entre outros.

Como preencher o documento adequadamente

Inicialmente é necessário especificar a fonte pagadora e os beneficiários e acompanhar os formulários de declaração do Imposto de Renda. Em seguida, preencha quanto foi gasto com impostos e tributos e que está relacionada aos valores que são pagos por você.

Esse processo de preenchimento de dados pode ser burocrático, por isso, esse momento pode ser necessário ter um profissional para contabilizar esse processo e facilitar isso.

Falhas comuns e suas consequências

Quando ocorrem erros ou desvios que são constatados na Receita Federal, essa inconstância pode cair na malha fina, até que seja corrigido adequadamente, por isso, é importante verificar tudo antes de enviar.

Esses são as falhas mais comuns que ocorrem quando é preciso fazer a declaração:

  • Ocultar segunda fonte de renda, como aluguéis ou honorários
  • Ocultar o rendimento dos dependentes
  • Falsas despesas médicas
  • Tentar enquadrar dependentes que já estão fora da exigências

Existem multas já estipuladas para algumas ocasiões, como por exemplo:

  • Erro na quantia a ser deduzida: Taxa de 300% sobre o valor que foi erroneamente informado à Receita.
  • Não fornecimento de comprovante aos beneficiários no prazo: Multa de R$41,43 por documento.

Além disso, se você não resolver a situação a tempo, pode ocorrer o risco de um processo judiciário.

Conclusão

Apesar de ser uma obrigação complicada, ela precisa ser cumprida da melhor maneira possível, respeitando as regras e os prazos. A melhor dica é nunca deixar isso para a última hora e sempre contar com a ajuda de um contador experiente para ajudar no preenchimento dessas informações corretamente.


Entendeu como funciona o Informe de Rendimentos? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário