Listamos os motivos para te convencer a criar um pitch para o seu negócio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

“Afinal, vale a pena realmente passar horas criando uma apresentação?” A resposta é sim. Para provar isso, listamos os motivos para criar um pitch

Você tem uma ideia de negócio realmente incrível, mas ainda não conseguiu conquistar um investidor? Saiba que o processo realmente não é tão simples, mas há alguns métodos que podem ajudar e o pitch é um deles.

Caso você não saiba exatamente o que significa, sem problemas. Aqui vai uma definição breve do que se trata.

O pitch é uma apresentação realizada em alguns minutos que visa apresentar de forma objetiva e criativa um negócio visando conquistar um investidor, sócio ou até mesmo mais clientes.

Ele é amplamente utilizado por startups, mas também pode ser utilizado por empresas convencionais que querem investimentos ou procuram por novos sócios.

Após ler a explicação, você acha que talvez um pitch seja algo interessante para o seu negócio, mas ainda tem dúvidas? Saiba que abaixo listamos alguns motivos para te convencer a criar o seu, pois acreditamos que ele será essencial para que você prospere.

Apresentação para investidores

É comum que o pitch seja desenvolvido por startups, já que muitas precisam de investidores. No entanto, empresas convencionais também podem precisar de ajuda externa.

Só que para conquistá-la é preciso que os investidores realmente entendam qual o propósito do negócio, a perspectiva de lucro etc. Afinal, ninguém quer investir no desconhecido, certo?

Conquistar novos sócios

O pitch também é uma oportunidade para que você possa apresentar seu negócio para novos sócios. O conteúdo da apresentação, quando desenvolvido com qualidade, é capaz de convencer outras pessoas a acreditarem e embarcarem na jornada empreendedora.

Promover parcerias

Uma boa apresentação também pode ser capaz de unir empresas que tenham objetivos em comum. Quando isso acontece, é possível criar parcerias benéficas para ambas as partes. Sendo assim, um pitch pode se tornar uma ponte capaz de gerar lucros e ampliação da exposição da marca.

Considerações finais

Antes de finalizar, é importante mencionar que a eficiência de um pitch depende da criatividade do empreendedor para desenvolver o seu conteúdo. Por isso, recomendamos que, para criar um pitch, o empreendedor conte uma história que desperte sentimentos empáticos.

 Ao contar a história ele deve fornecer algumas informações, como o mercado e a oportunidade do negócio, a soluções ofertada e os demenciais da empresa. No fim, é interessante que o empreendedor apresente uma proposta para os investidores. Explique o estágio atual do negócio, quanto é necessário de investimento e qual é a perspectiva de retorno.

Agora que você já sabe os motivos para criar um pitch e compreende como criar o seu, que tal ler um passo a passo sobre como conseguir um investidor para pequenas empresas? Clique aqui e acesso o conteúdo.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário