Saiba o que é a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e) e como emiti-la

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Entenda a Nota Fiscal Avulsa eletrônica, também conhecida como NFA-e, suas vantagens para os MEIs e como emiti-la em seu estado

Para operar dentro da legalidade como Microempreendedor Individual (MEI), é necessário emitir documentos fiscais. Alguns deles, para comprovar os serviços prestados ou produtos vendidos. Por isso, vamos apresentar a seguir a Nota Fiscal Avulsa eletrônica, uma alternativa simples disponibilizada pelas Secretarias Estaduais da Fazenda. Continue lendo:

O que é NFA-e?

Também conhecido como NFA-e, esse documento é emitido para micro e pequenas empresas ou microempreendedores individuais (MEI) que não emitem a tradicional Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Esse documento fiscal que pode ser emitido virtualmente, sem a necessidade de blocos de papel.

Não é uma opção prática para quem faz muitas operações em um dia, e sim para uma eventualidade. Disponibilizar aos contribuintes a possibilidade de emitir uma NFA-e é um serviço facultativo, que a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de cada estado pode ou não adotar.

Na maioria dos casos, a nota fiscal avulsa é emitida no mesmo modelo que a NF-e tradicional. A única diferença é que não é utilizado um sistema emissor próprio. Você solicita as notas uma a uma no portal da Sefaz. Mas isso pode variar conforme o estado.

MEIs são obrigados a emitir NFA-e?

Quando ocorre uma venda de um MEI para uma pessoa física não há obrigatoriedade de emissão de nota. Mas quando o cliente é uma empresa, o microempreendedor individual precisa emitir a nota fiscal – a não ser que a empresa compradora emita uma nota fiscal de entrada de produtos.

O documento fiscal pode ser impresso, a não ser que a legislação estadual exija-o em formato eletrônico. Sendo ou não uma exigência, o fato é que a nota fiscal eletrônica (NF-e) é muito mais prática do que a de papel, no qual as informações são escritas à mão e repassadas para outras vias com uma folha de papel carbono.

Se você é MEI e ainda não tem um software para a emissão de NF-e ou um talão de notas fiscais, a nota avulsa se torna uma opção.

Vantagens da Nota Fiscal Avulsa Eletrônica

  • Menos tempo, menor custo e maior organização, pois, com o processo informatizado, a nota fiscal é emitida e autorizada de forma completamente eletrônica;
  • Menos erros e retrabalho, porque você digita as informações e poderá importar diversos dados, sem precisar inseri-los toda a vez que for emitir uma nota;
  • Maior confiabilidade, porque o sistema de nota fiscal eletrônica já é amplamente testado e aceito no Brasil inteiro.

Como emitir uma NFA-e

Caso você precise emitir uma NFA-e, será preciso recorrer ao portal da Secretaria da Fazenda do seu Estado para obter mais informações. Como dissemos, não há um procedimento padrão, cada estado pode adotar regras próprias para a emissão do documento.

Nos estados em que é possível emitir a NFA-e, deve-se fazer um requerimento online. Além disso, é necessário também um cadastro no Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal (SAT). A regra não se aplica aos profissionais autônomos, que devem procurar o órgão da Prefeitura responsável por isso, e não o do governo do estado.

Registrando uma NFA-e no SPED

As empresas que entregam SPED e recebem NFA-e sempre têm dúvidas de como fazer o registro no sistema. E isso é compreensível, logo que se trata de uma exceção. Ela está devidamente registrada na Exceção 7: Escrituração de documentos emitidos por terceiros.

Isso significa que as NFA-e devem ser informadas como emissão de terceiros e o código de situação a ser usado no documento é o “08 – Documento Fiscal emitido com base em Regime Especial ou Norma Específica”. Note que, ainda assim, o sistema exibirá uma mensagem de advertência para esses documentos. Na dúvida, consulte o seu contador.


Você já teve de emitir uma NFA-e? Possui alguma dúvida sobre esse documento fiscal? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

1 Comment

  1. Então… se a pessoa é MEI ela NÃO TERÁ um contador para consultar, oras!


Faça um Comentário