NFe 4.0 será obrigatória a partir de julho! Saiba o que muda

Confira as principais mudanças da NFe 4.0, que será obrigatória a partir de julho deste ano

A partir do dia 2 de julho será obrigatória a utilização da NFe 4.0, modelo atualizado da Nota Fiscal eletrônica. Ela já funciona desde 2017, porém a partir dessa data que as notas de padrão 3.1 serão invalidas pelos órgãos do governo.

Para quem vende ou produz produtos (bens e mercadorias) é necessário ficar atento às alterações desse documento. Ele é renovado constantemente para atender às novas demandas que vão surgindo. O arquivo XML da nota passa a ter uma nova organização, e o sistema emissor deve estar preparado.

O modelo mais antigo será desativado e aqueles que não estiverem adeptos às novidades não poderão mais emitir notas. Justamente por conta disso, apresentamos as principais mudanças e o que sua empresa precisa ficar atenta. Confira:

O que mudará na NFe 4.0?

São diversas as mudanças trazidas pelo novo layout da NFe 4.0. Aqui, falaremos sobre as principais, que impactarão diretamente no dia a dia dos contadores e empresas. Entenda as mudanças:

  • Criação do grupo “Rastreabilidade de produto”: O intuito é rastrear produtos sujeitos a regulações sanitárias. São eles: bebidas, remédios, produtos veterinários e odontológicos, agrotóxicos e produtos que sofreram recall. O grupo pede lote e data de fabricação, e os controles de compras e estoques também deverão conter essas informações.
  • Criação de nova área no campo de “Medicamento”: Essa é uma área para informar o código de produto da ANVISA para remédios e matérias-primas farmacêuticas.
  • Campo indicador de presença: Foi adicionada uma a 5ª opção “Operação presencial, fora do estabelecimento”. Isso diz respeito a vendas ambulantes, uma demonstração de adequação ao comércio.
  • Criação do campo “Grupo Total da NF-e”: Neste campo, será apresentado o valor total do IPI (Impostos sobre Produtos Industrializados), que é usado quando há a devolução de mercadoria por estabelecimentos que não contribuam com essa taxa.
  • Criação do campo “Fundo de Combate à Pobreza”: Para operações internas ou interestaduais com substituição tributária, o layout da NF-e 4.0 deverá identificar o valor devido sucedendo do percentual de ICMS relativo ao Fundo de Combate à Pobreza nas operações internas ou nas operações interestaduais com substituições tributárias, que não são atendidas pelos campos criados no Grupo de Tributação do ICMS para a UF de destino.
  • Mudança de nome do campo “Formas de Pagamento”: Esse campo agora se chama apenas “Pagamento”. Nele também está incluso o valor do troco, enquanto o campo “Forma de Pagamentos do Grupo B” deixou de existir.
  • Novas modalidades no campo “Grupo X-Informações do Transporte da NF-e”: O campo agora aceita o Transporte Próprio por Conta do Remetente e o Transporte Próprio por Conta do Destinatário.

Mão de uma pessoa segurando uma nota fiscal, representando a NFe 4.0

Por que é necessário uma nova versão?

A troca da versão da Nota Fiscal eletrônica tem como principal objetivo facilitar os processo fiscais. Isso serve tanto para as empresas, quanto para a Secretaria da Fazenda. A última alteração havia sido feita em 2014, com a versão 3.1, e as mudanças costumam ocorrer a cada um ou dois anos. Porém depende da necessidade, que pode gerar novos campos, alteração de cálculos ou até mesmo adequação às mudanças legais (do consumidor e de impostos).

Dessa vez a atualização se tornou necessária devido alterações constantes realizadas pela SEFAZ, que se acumularam e geraram demanda para uma nova versão nacional da NF-e.


E aí, está preparado para as mudanças da NFe 4.0? Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto tão importante para as empresas e escritórios de contabilidade? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta