Planejamento tributário – Como organizar os impostos de uma empresa corretamente

Entenda como organizar corretamente o planejamento tributário:

Toda empresa precisa se organizar adequadamente para manter tudo dentro dos parâmetros legais, por isso, fazer um planejamento é tão importante, além de ajudar a evitar problemas fiscais e projetar melhor qual a margem de lucro que a empresa pode ter.

Fazer um planejamento tributário pode ajudar a entender quais impostos estão dispostos na empresa e organizar, planejar tributos é um direito tão essencial quanto planejar o fluxo de caixa, fazer investimentos e para que seja efetivo o suficiente é necessário trabalhar com dados regulares e confiáveis.

Entendendo o planejamento tributário

Começando a ajustar o planejamento

Os impostos que toda empresa paga representa o que ela paga aos poderes governamentais a medida em que ela fatura. Existem 3 poderes que regem o país: Municipal, Estadual e Federal e dentre eles, existem tributos específicos:

  • Tributos Federais
  • IRPJ: Imposto de Renda Pessoa Jurídica
  • CSLL: Contribuição Social sobre o Lucro Líquido
  • COFINS: Contribuição para Financiamento da Seguridade Social

  • PIS: Programa de Integração Social

  • PASESP: Programa de Formação do Patrimônio

  • IPI: Imposto sobre Produtos Industriais

  • Tributo Estadual e Municipal
  • ICMS: Imposto sobre Circulação de Mercadoria
  • ISS: Imposto sobre Serviços de qualquer natureza

Fazendo o Planejamento Tributário

Para iniciá-lo é necessário entender o conceito de elisão fiscal, que é uma prática contábil que permite adequar uma empresa ao formato mais vantajoso de pagamento de impostos, sem ilegalidades, ou seja, é muio diferente de uma evasão fiscal, onde ocorrem sonegação de impostos que colocam em cheque a reputação da empresa.

O planejamento tributário ajuda a não pagar impostos exorbitantes, isso significa que adotar esse conceito ajudará a seguir as melhores práticas de gestão tributária, para ajudar a reduzir o peso dos impostos no orçamento, tudo dentro dos parâmetros legais. A elisão fiscal tem duas espécies:

  1. aquela decorrente da própria lei ;
  2. a que resulta de lacunas e brechas existentes na própria lei.

Para fazer um planejamento adequado, também é necessário entender suas fases, para realizar o procedimento correto. São elas:

Estratégico

Nessa fase, é feito necessário fazer uma análise a médio prazo, ou seja, de 3 a 5 anos e definir qual o melhor enquadramento do regime tributário para a empresa, seja ele: Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido, possíveis terceirizações, mudança de endereço físico, capital, etc. Ou seja, alterações nas características físicas e tributárias da empresa.

Operacional

Esse é o planejamento tributário básico, pois cumpre todas da exigências legais. Ele auxilia nas escrituração das operações e pagamentos de impostos nos devidos prazos. Ele planejará 1 ou 2 anos e organizará a tarefa dos setores, e precisa estar inserido no dia-a-dia da empresa.

Planejamento tributário é necessário

Ao desenvolver um planejamento, você consegue encontrar algumas vantagens significativas para empresa que podem ajudar relevantes para a saúde do negócio. Entre elas, estão:

  • Redução de custos do negócio: Com o planejamento adequado, a economia de impostos será uma consequência.
  • Facilita a escolha do regime tributário adequado: Com dados palpáveis, é possível entender melhor onde a empresa pode se enquadrar mais facilmente.
  • Aumenta o lucro líquido: Já que ocorre uma diminuição dos custos do negócio, o lucro líquido do patrimônio tende a subir.

Conclusão

O planejamento tributário permite organizar os impostos adequadamente. Para que seja efetivo, é necessário entender como fazer e em que fase ele deve se adequar, assim, é possível ter uma diminuição de impostos, ajudando a evitar transtornos com a fiscalização, podendo oferecer mais recursos.


Conseguiu entender mais sobre o planejamento tributário? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta