Skip to content

Quero ser empreendedor, o que devo fazer? Guia simples para iniciar o próprio negócio!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Em algum momento da vida você se pegou pensando quero ser empreendedor, mas sentia que não tinha os recursos necessários? Saiba que o primeiro passo é buscar por informações. Por meio delas seu caminho poderá ser muito mais fácil. Neste guia simples, vamos explicar dicas importantes para abrir o próprio negócio. Confira!

O que é ser empreendedor?

Louis Jacques Filion, PhD em empreendedorismo, explica que “empreendedor é uma pessoa criativa (…) marcada pela capacidade de estabelecer e atingir objetivos (…) e que mantém alto nível de consciência do ambiente em que vive, usando-a para detectar oportunidades de negócios”.

Ainda segundo o especialista, o empreendedor é uma pessoa ativamente estudiosa e que segue observando possíveis oportunidade de negócios. Além disso, é uma pessoa que tem iniciativa para tomar decisões moderadamente arriscadas. De forma geral, o PhD enfatiza que um empreendedor “é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

Como ser um bom empreendedor?

Algumas pessoas decidem abrir a própria empresa seguindo as tendências de mercado. Ou seja, se o mercado de pet shop está em alta no país, vou abrir um. A ideia é, de fato, boa. Contudo, empreender sem paixão pode ser um caminho arriscado. Isso porque quando não há um propósito maior, o empreendedor pode acabar desistindo nos primeiros obstáculos.

Por isso, a primeira dica é procurar algo que esteja alinhado com a sua paixão. O que, de fato, faz seus olhos brilharem? Qual área do mercado realmente tem um problema que você pode sugerir uma solução? Faça uma lista do que você ama. Análise se dentro das suas paixões existem problemas que precisam de soluções. Por fim, escolha um problema que pode ser resolvido por meio de um produto ou serviço.

Construa uma boa equipe

Não basta apenas de ter uma ideia, é essencial ter bons recursos humanos para colocá-la em prática. É possível que você consiga, no início, dar conta das atividades sozinho. No entanto, assim que a empresa começar a crescer, é essencial contratar bons profissionais para criar uma equipe de alta performance.

No momento de contratar esses profissionais, você deve buscar pessoas que estejam alinhadas com o propósito da sua empresa. Quando um profissional acredita no propósito do trabalho, ele tende a ter uma atuação muito mais eficiente.

Tenha inteligência emocional

Saiba que a inteligência emocional em empreendedores não é algo que se aprende do dia para a noite. Será necessário entender os pontos e colocar em prática o conceito na vida cotidiana, sabendo que muitas vezes se vai errar. O mais importante é não desistir.

Empatia

Diferente do chefe, que enxerga seus colaboradores como robôs, o líder é uma pessoa empática. Ele sabe que cada colaborador é um ser humano, ou seja, que tem qualidade e defeitos. O líder escuta seus colaboradores, entende suas necessidades e sempre se coloca no lugar do outro.

Confiar no próximo

Uma das características de um líder bem-sucedido é delegar tarefas. Ele sabe que não pode fazer tudo sozinho e que precisa confiar no outro. É importante destacar, aqui, que um bom líder não delega tarefas para qualquer pessoa. Ele conhece seus colaboradores e sabe em quem realmente pode confiar.

Transparência

Um bom líder sabe que é necessário ser transparente para que os colaboradores se sintam, de fato, parte um grupo. A união e o pertencimento são fatores decisivos para que o colaborador continue engajado com o seu trabalho. Desta forma, o líder transmite todas as informações decisivas da empresa para os colaboradores.

Erros

Assumir os erros é uma característica que faz com que os colaboradores respeitem ainda mais um líder. Elas sentem mais empatia, pois entendem que ele está tentando fazer o seu melhor. Contudo, não basta apenas assumir os erros. É essencial que o líder mostre que aprendeu algo com eles e que não irá mais repeti-los, pois isso demonstra inteligência emocional (algo que desperta admiração nas pessoas).

Quero ser empreendedor: como iniciar um negócio?

O seu dinheiro vale muito. Por isso, antes de abrir seu negócio, é fundamental pesquisar muito. Supondo que você deseja abrir uma padaria, ok?

Recomendamos fortemente que você pesquise em blog ou jornais e revistas especializadas como está o mercado que deseja empreendedor. Veja os dados do ano anterior, procure por estimativas de crescimento.

Além disso, após a análise de mercado, é essencial que o empreendedor saiba quem serão seus concorrentes, como eles atuam no mercado e o que pode ser feito para promover um produto ou serviço diferente do que já existe.

Plano de negócio

Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

banner do ebook de plano de negócios

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É Preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público-alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

A viabilidade da sua ideia

Imagine que você tem uma ideia realmente interessante. Só que quando aplicada a realidade não faz nenhum sucesso.

Pense também que você poderia ter uma boa ideia só que para colocar em prática seria necessário investir um recurso muito alto (e que você não tem).

Nesse sentido, a viabilidade é essencial, pois permite testar sua ideia e aperfeiçoar o produto/serviço.

Crie um nome de impacto para a sua empresa

O nome da sua empresa precisa refletir o produto ou serviço com que ela trabalha e o seu propósito no mercado.

Além disso, é importante que seja memorizado com simplicidade e tenha impacto no público-alvo.

Algumas dicas interessantes para escolher o bom nome são: faça uma lista de todas as ideias de nome, escolha as opções mais interessantes, questione seu público se o nome realmente é bom e avalie com sua equipe.

Determine os recursos necessários

Após desenvolver o plano de negócio, é hora de colocar no papel o valor para investimento inicial. Avalie quanto você tem e o quanto será necessário. É essencial fazer um planejamento detalhado, ou seja, especificar todo material, máquinas, custo com contratação de colaboração etc.

O local ideal

O local determinará, em grande parte, o sucesso do negócio. Diante disso, a escolha deve ser estratégica. Algumas questões fundamentais para pensar são: movimentação, se o público-alvo está na região, segurança etc.

Plano de marketing

Criar um plano de marketing é realmente algo benéfico para empresas que querem crescer, mensurar resultados e atuar de forma estratégica. O documento permite aumentar as vendas, melhorar o posicionamento da marca e ainda fidelizar os clientes. Todavia, os benefícios só poderão ser observados se o plano for desenvolvido com qualidade.

Algumas questões que não devem faltar são: análise do ambiente, público-alvo, definição da marca, posicionamento da marca no mercado, objetivos e metas, estratégias, implementação das estratégias, mensuração dos resultados.

Esperamos que após ler este artigo o pensando de quero ser empreendedor tenha ficado ainda maior. Recomendamos que baixe nosso ebook para entender todo o processo burocrático necessário para ter um negócio dentro da lei. Clique aqui e baixe seu ebook grátis!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

utilizamos cookies e respeitamos suas privacidade.