Geração Z e o futuro da Contabilidade – Entenda qual a relação entre eles!

 em Contabilidade

Entenda a relação da Geração Z no futuro da contabilidade:

Recentemente uma pesquisa realizada pela IFAC (International Federation of Accountants), mostrou que a Geração Z ainda considera a profissão contábil uma carreira a ser considerada à longo prazo. Preocupados com o futuro da economia e com o rumo da política, eles acreditam que o futuro pode ser reconstruído através do serviço contábil.

A pesquisa realizada ouviu 3.300 de 19 países, com idades entre 18 e 23 anos e a conclusão geral é que muitos deles enxergam a carreira contábil como uma carreira promissora.

Outros dados, consideram que 51% da Geração Z acha importante que o governo priorize uma abordagem nacional à política econômica e 73% dos entrevistados considerariam uma carreira na profissão contábil pois acreditam no futuro da profissão e 21% já considera seguir a carreira.

O diretor executivo da IFAC, Russell Guthrie disse que: “As visões da Geração Z parecem refletir a tensão entre o protecionismo nacional e a cooperação política global que se desenrolam nos debates geopolíticos e econômicos contemporâneos”, comprovando que a maior preocupação das futuras gerações está na economia e política.

Geração Z – quem é o futuro da contabilidade

A geração que pode revolucionar a educação do futuro. Pessoas nascidas entre 1992 e 2010, são consideradas a Geração Z e estão totalmente conectados ao mundo tecnológico desde o nascimento.

Essa geração é caracterizada pelo perfil apressado, eficientes e sociais porém em meio tecnológicos. Eles tem sede de conhecimento e buscam ser a mudança que eles mesmo gostariam de ver no mundo. Quando o assunto é carreira, eles são os mais desconfiados, pois o medo de exercer a mesma função pelo resto da vida. Mas na carreira contábil no Brasil, os números são favoráveis.

Atualmente no Brasil, de acordo com dados oficiais do CFC (Conselho Federal de Contabilidade) em uma pesquisa realizada em 2018, mostra que número de contadores exercendo a profissão no Brasil é de aproximadamente 351 mil profissionais, sendo 28% concentrados em São Paulo e 10% no Rio de Janeiro e Minas Gerais. Já as organizações contábeis, são cerca 65 mil ativas e entre elas 54% são sociedades.

Com isso, podemos concluir que o futuro da contabilidade poderá ser promissor se a Geração Z continuar lutando pelos ideias políticos e econômicos, tanto no Brasil quanto no Mundo. Portanto, mesmo com tantas mudanças tecnológicas sendo implantadas no âmbito contábil, o futuro será confortável para as futura gerações que além da capacidade de fácil adaptação, já estão acostumadas com o desenvolvimento.

Fonte: CFC


E aí, conseguiu enxergar um futuro da contabilidade promissor para as próximas gerações? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Postagens Recentes

Deixe uma resposta

contabilidade para dentistascontabilidade para farmácias