Pitch: encante os investidores

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Imagine que você precisa apresentar a ideia do seu negócio em poucos minutos para futuros investidores. Não parece uma tarefa simples, certo? É justamente por isso que você precisa aprender a criar um pitch

Ele será a apresentação do seu negócio. Por meio do pitch, você deve encantar os investidores, ou seja, persuadia-los para que entendam que, de fato, vale a pena investir na sua ideia. Na teoria, pode parecer algo simples. Só que não é tão fácil assim.

Se você tem um negócio complexo, por exemplo, ele deve ser resumido em alguns minutos de forma criativa e persuasiva. Por isso, muitas vezes desenvolver a apresentação antes e decorá-la é a forma mais fácil para ser objetivo e combater o nervosismo.

Quando você já sabe o conteúdo e como realizar uma boa apresentação, fica muito mais fácil falar com investidores, sócios ou com um público que precisa comprar sua ideia.

A questão que pode estar passando na sua cabeça é: mas como criar um pitch do meu negócio de forma criativa? Saiba que vamos te ajudar nesta jornada. Continue lendo as próximas linhas.

Motivos para criar um Pitch para o seu negócio

Afinal, vale a pena realmente passar horas criando um pitch? A resposta é sim. Isso porque a qualquer momento pode surgir oportunidades únicas para o seu negócio e você precisa estar preparado. O pitch deve ser criado por diversos motivos, como:

Apresentação para investidores

É comum que o pitch seja desenvolvido por startups, já que muitas precisam de investidores. No entanto, empresas convencionais também podem precisar de ajuda externa.

Só que para conquistá-la é preciso que os investidores realmente entendam qual o propósito do negócio, a perspectiva de lucro etc. Afinal, ninguém quer investir no desconhecido, certo?

Conquistar novos sócios

O pitch também é uma oportunidade para que você possa apresentar seu negócio para novos sócios. O conteúdo da apresentação, quando desenvolvido com qualidade, é capaz de convencer outras pessoas a acreditarem e embarcarem na jornada empreendedora.

Promover parcerias

Uma boa apresentação também pode ser capaz de unir empresas que tenham objetivos em comum.

Quando isso acontece, é possível criar parcerias benéficas para ambas as partes. Sendo assim, um pitch pode se tornar uma ponte capaz de gerar lucros e ampliação da exposição da marca.

Os três principais tipos de pitch

O pitch, como pode ser observado acima, é utilizado para diversos fins. Diante disso, ele deve ser adaptado conforme o público. Por exemplo, ao realizar uma apresentação para investidores, é indispensável falar sobre o propósito e impacto da empresa.

Já para conquistar novos cliente, o ideal é vender uma necessidade para que eles compreendam porque precisam dos produtos/serviços. Entende como funciona? O discurso do pitch precisa ser adaptado conforme a contexto e público. Desta forma, há, ao menos, três tipos de pitchs que você deve conhecer. Sendo eles:

Frase

Supondo que você vai em um evento e tem apenas um segundo para chamar a atenção de uma pessoa importante. Neste caso, você precisará usar o one-sentence pitch (em português, uma frase).

Para isso, é essencial destacar as palavras que mais expressam a ideia e o propósito do seu negócio. Sabemos que não é algo fácil.

Desta forma, a dica é listar todas as palavras que expressam seu negócio e depois selecionar as que mais se destacam. Em seguida, formule uma frase de impacto.

Slides

Neste tipo de pitch, o slide oferece suporte para que o palestrante consiga apresentar suas ideias com objetividade. Além disso, este tipo de apresentação faz com que a audiência fique mais engajada com o conteúdo.

Mas para isso o empreendedor precisará realmente saber trabalhar em equilíbrio com o conteúdo exposto do slide e com sua fala. Caso contrário, acabará tirando a atenção da audiência.

Elevador

Imagine que você pega um elevador e encontra um super investidor. Você tem 30 segundos para apresentar a proposta de valor para ele.

Basicamente, o pitch elevador é isso. O empreendedor tem apenas alguns minutos para apresentar seu negócio e despertar o interesse de um possível investidor.  

Dicas para desenvolver um bom Pitch

Para criar um bom pitch, você precisará dedicar um tempo para refletir sobre seu negócio. Além disso, é fundamental ter o conhecimento de algumas técnicas que podem facilitar e tornar a apresentação mais objetivo e criativa. Selecionamos, abaixo, algumas dicas para te ajudar.

Defina o mercado e a oportunidade

O pitch precisa ser objetivo, mas também deve ser emocionante. Você pode começar ele contando uma história fictícia (ou não) sobre porquê sua empresa existe e qual problema ela resolve.

Exemplo: João se formou em contabilidade há 10 anos. Abriu seu escritório com os últimos recursos que tinha, pois não conseguia encontrar emprego. Começou tudo sozinho e conquistou sucesso. Mas viu sua vida mudar ao perceber que seu escritório já não tinha mais indicação de clientes.

Por conta dos problemas financeiros, teve que reduzir sua equipe e já não sabia mais o que fazer. Um dia resolveu pesquisar sobre como os escritórios de contabilidade prospectam clientes atualmente. Percebeu que precisaria investir em marketing digital (mercado), mas não tinha recursos para isso.

Só que em sua pesquisa conheceu o Abertura Simples que oferece marketing compartilhado por preço acessível (oportunidade). Ele se tornou associado e conseguiu aumentar sua cartela de cliente e recontratar seus funcionários.

Lembrando que o exemplo acima é maior do que o necessário. A história do pitch deve ser muito mais breve, pois não deve consumir o tempo de outras informações que o empreendedor precisará compartilhar.

Compartilhe uma solução

Após contar uma breve história, que envolve o mercado e as oportunidade da empresa, é hora de explicar rapidamente como o seu negócio pode oferecer soluções para determinado problema. Neste momento, é interessante valorizar sua ideia para que ela seja apresente eficiência e lucratividade.

Destaque os diferenciais

Sua ideia é única? Destaque isso. Caso não, explique quais são os diferenciais dos concorrentes. O investidor precisa se convencer que realmente vale a pena colocar dinheiro no seu negócio, pois ele tem realmente chances de proporcionar bons lucros.

Faça uma proposta

Chegou a hora de explicar sua proposta. Fale sobre o estágio atual do seu negócio, quanto de investimento você precisa e como ele será usado. Seja altamente estratégico neste momento. Uma dica é apresentar uma projeção de quanto de retorno pode ser obtido com o valor do investimento.

Chegou até aqui e acredita que está pronto para criar um pitch e apresentar para investidores? Nossa recomendação é que você leia nosso conteúdo cm um passo a passo sobre como conseguir um investidor para pequenas empresas.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário