Skip to content

Como abrir um atelier de corte e costura de sucesso

O que você verá neste artigo:

Você já pensou em abrir um atelier de costura? Montar um atelier de corte e costura para arrumar roupas ou, até mesmo, confeccioná-las, pode ser uma forma de ganhar um bom dinheiro no final do mês. É isso mesmo: ter um atelier de costura para confeccionar roupas da sua própria marca ou reparar peças pode ser uma opção ideal para mulheres que gostam desta atividade.

Uma das grandes vantagens de abrir um atelier de costura é a possibilidade de trabalhar em casa. Porém, para abrir um negócio nesta área e fazer sucesso com ela, é preciso, no mínimo, fazer algum curso de corte e costura.

Mas, isso não quer dizer que você precisará desembolsar grandes valores. Muitas vezes, esses cursos são encontrados de graça ou por um valor muito acessível em instituições de ensino conceituadas. Um exemplo muito claro disso é o curso de Modelagem e Costura para Iniciantes, oferecido pelo Senac.

Pensando em todas essas coisas, o Abertura Simples preparou um artigo completo, com tudo o que você precisa saber para abrir um atelier de costura e se dar bem nos negócios. Confira!

abrir atelier de costura

Como abrir um atelier de costura?

Abrir um atelier de costura envolve diversas etapas, documentações e processos burocráticos. Por isso, é importante contar com a ajuda de um contador para lhe auxiliar em todos esses passos. Isso garantirá que o seu atelier de costura inicie as suas atividades 100% regularizado, pagando as melhores taxas de tributação e de acordo com todas as normas e regras impostas pela Lei.

Por isso, não perca tempo e baixe agora mesmo o nosso ebook com o passo a passo de como abrir um atelier de costura.

1 – Plano de negócios

O plano de negócios é o primeiro passo a ser seguido durante o processo de abertura de um atelier de costura. O documento serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida.

No plano de negócios você irá definir assuntos importantes como, por exemplo, os serviços que irá oferecer em seu atelier de costura. Além disso, no plano de negócios, também deve-se detalhar todos os aspectos da questão financeira e dos recursos humanos, que serão primordiais para o desenvolvimento da empresa.

questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

É importante pensar que nenhum bom negócio pode ser levado adiante, muito menos alcançar o tão sonhado sucesso, sem um bom planejamento. Essa é a fundamentação básica de um bom plano de negócios.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário.

Deve-se, também, definir o público-alvo que irá frequentar seu atelier de costura, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

O mercado de corte e costura é um tanto quanto concorrido. Isso se dá por conta do número de pessoas que atuam nele. Porém, é importante lembrar que as lojas de grife e boutiques talvez não estejam competindo diretamente com você.

Como assim? Diferente de boutiques, lojas de grife ou brechós, um atelier de costura possui o diferencial de personalizar e customizar as peças antes de vendê-las. Esse, com certeza, será um diferencial que fará com que seu negócio saia na frente da concorrência.

Resumo dos principais pontos do plano de negócio:

  • O que é o negócio;
  • Quais os principais produtos e/ou serviços;
  • Quem serão os seus principais clientes;
  • Onde será localizada a empresa;
  • O montante de capital a ser investido;
  • Qual será o faturamento mensal;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne.

2 – Escolha o local do seu atelier de costura

A localização de um negócio é um dos fatores que mais influenciam no faturamento. Na hora de fazer essa seleção, é necessário levar em conta alguns aspectos, como o público-alvo.

Enquanto faz o planejamento para abrir um atelier de costura, você irá definir a faixa de renda e os hábitos de consumo das pessoas que deseja atingir. Com isso em mãos, ficará mais fácil escolher a região em que essas pessoas estão presentes.

O ponto comercial ideal para abrir um atelier de corte e costura é dentro de bairros residenciais, em ruas principais, shoppings, centros comerciais ou até mesmo próximo de escolas e universidades.

É necessário também, ficar atento aos aspectos legais e regularizações de acordo com as licenças exigidas. Antes de fechar o contrato, deve-se consultar a Prefeitura para confirmar se o seu atelier de costura poderá funcionar naquele endereço escolhido.

Verifique quais são as restrições da prefeitura para os planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da cidade.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa.

3 – Escolha uma natureza jurídica

O terceiro passo é definir a natureza jurídica da sua empresa. Essa é uma forma de atribuir a cada negócio uma classificação simples, criada pelos órgãos públicos, para identificar uma empresa pela sua estruturação.

É por meio da natureza jurídica que a empresa pode ser enquadrada em diferentes programas.

Os diferentes benefícios e exigências que cada organização possui são definidos por meio da natureza jurídica e, por isso, a definição dela é tão importante e requer muita atenção. Tratam-se de diferentes tabelas de impostos, leis de restrição e programas de incentivo distintos.

Principais tipos de natureza jurídica

Para entender melhor e estar por dentro da legislação, listaremos a seguir algumas das principais classificações de natureza jurídica para um atelier de costura.

  • Empresário Individual: Classificação em que uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. No EIRELI, há separação jurídica entre os bens pessoais e os negócios do empreendedor. Além disso, o empreendedor responde na Justiça como empresa e não como pessoa física;
  • Sociedade Limitada: Modalidade que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial. A Sociedade Limitada também possui separação jurídica dos bens;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Sociedade Simples (SS): Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comércio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais.

4 – Defina o porte do atelier de costura

Após definir a natureza jurídica do seu atelier de costura, chegou a hora de saber qual o porte dele. As opções devem ser escolhidas de acordo com o seu faturamento.

  • Microempreendedor Individual (MEI): Modalidade em que o faturamento máximo deve ser de R$ 81 mil por ano e não permite com que o empresário participe como sócio ou titular de outra empresa;
  • Microempresa (ME): É permitido empresários individuais e sócios. O teto de faturamento anual é de R$ 360 mil.
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): Modalidade em que a faixa de faturamento anual começa em R$ 360 mil e vai até R$ 4,8 milhões.

5 – Documentação necessária para abrir um atelier de costura

O processo de abrir um atelier de costura também possui a obrigatoriedade de apresentação de documentações importantes. Alguns desses documentos possuem determinados prazos para serem cumpridos, já que do contrário perdem a validade. Por isso, essa etapa requer a ajuda de um contador especializado. Nós podemos te ajudar!

Para os sócios

  • 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um deles;
  • Certidão de casamento (se casado);
  • 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada (Carteira Nacional de Habilitação também é válida);
  • 1 cópia de folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Para a empresa

  • CNPJ;
  • 2 cópias simples do IPTU do imóvel;
  • 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.
abrir atelier de costura

Contrato Social

O contrato social é um documento que deve ser assinado por todos os sócios da empresa para firmar a sociedade. Nele, devem estar descritos a participação que cada um dos sócios terá no atelier, bem como as suas cotas, investimentos e participação nos lucros.

Além disso, também deve estar designado quem será o diretor da empresa, delimitar quais decisões cada um poderá tomar e o que deverá ser decidido de maneira coletiva.

Junta Comercial

Para que o atelier de costura funcione legalmente, é preciso realizar o registro na Junta Comercial, ou no Cartório de Pessoas Jurídicas do seu Estado.

Este registro é considerado a certidão de nascimento da sua empresa e deve ser feito antes de obter o CNPJ. Para isso, é necessário apresentar no cartório o Contrato Social e os documentos dos sócios da empresa.

Alvará de Funcionamento

Antes de solicitar o Alvará de Funcionamento, e até mesmo de realizar a inscrição na Junta, é necessário realizar uma consulta prévia na prefeitura da cidade, para verificar se a atividade empresarial escolhida poderá ser exercida no local onde você deseja abrir a sua empresa.

6 – Licenças de Funcionamento para atelier de costura

Para abrir um atelier de costura, são necessários dos tipos de licenças:

  • Vistoria e Observância às Normas de Segurança: Emitida pelo Corpo de Bombeiros e toda empresa deve ter;
  • Licença Ambiental: Expedida por órgãos Municipais e Estaduais do Meio Ambiente e Ibama. Deve ser obtido por empresas como indústrias de têxtil, vestuário, calçados, produtos alimentares de bebidas, metalúrgicas, entre outras.

Atenção: é importante ressaltar que é indispensável contar com o auxilio de um bom contador para esta etapa. A falta de um licenciamento, ou o erro nessa tarefa, pode gerar multas de até R$ 2 mil.

Entre em contato com um de nossos contadores.

7- Estrutura e equipamentos para abrir um atelier de costura

Um atelier de costura de pequeno porte deve contar com um espaço para atender os clientes, com espaço separado para tirar as medidas, provadores, uma sala para a costura e ainda uma para espera.

Os equipamentos necessários para abrir um atelier de corte e costura podem variar, mas para uma estrutura de grande a médio porte são:

  • Máquina de costura interloc;
  • Maquina de costura pespontadeira;
  • Espelhos;
  • Maquina de costura reta industrial;
  • Araras
  • Maquina de costura overloc industrial;
  • Provadores
  • Maquina de costura galoneira semi-industrial;
  • Manequins.

Não esqueça que são necessários equipamentos para atendimento, como poltronas, e também para escritório e caixa, como telefone, impressora, máquina de cartão, entre outros.

8 – Divulgação e dicas

A divulgação do seu atelier de costura é de extrema importância para o seu negócio. O meio de divulgação varia de acordo com a localização e o público alvo escolhido, por isso, deve-se conhecer bem todos os canais de marketing que podem te ajudar nessa importante missão.

Além disso, o empreendedor também pode realizar a divulgação pelo método tradicional de panfletagem, que apresenta baixo custo e gera resultados. Não deixe investir na divulgação online, por meio do Marketing Digital. Esse é principal meio de busca de serviços e produtos.

O empreendedor que decidir abrir um atelier de corte e costura precisa estar sempre atento às tendências da moda pois elas mudam com frequência e são essenciais para esse negócio. Se você investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e dedicação, pode apostar que seu atelier de costura terá sucesso.

Baixe o e-book “Como abrir uma empresa”

Você deve ter percebido como é trabalhoso o processo de abrir um atelier de costura, né? Mas, não se preocupe, o Abertura Simples desburocratiza todo esse processo para você! Baixe o nosso e-book “Como abrir uma empresa? Manual Completo” e tenha acesso gratuito ao passo a passo para dar o pontapé inicial no seu negócio. Baixe agora mesmo, é grátis!

Como abrir uma empresa? Ebook completo. Clique aqui!

Abertura Simples

Nós, do Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o seu atelier de costura seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

1 Comment

  1. Lindo apartamento


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!