Skip to content

Como calcular a margem de contribuição

O que você verá neste artigo:

A margem de contribuição é uma ferramenta operacional muito utilizada para que o empreendedor tenha meios de avaliar a receita da sua empresa. Neste artigo vamos te contar o que é, como ela funciona, quais os benefícios para o seu negócio e como calcular a margem de contribuição.

Saiba o que é a margem de contribuição 

A margem de contribuição, também conhecida como ganho bruto, é um indicador econômico e financeiro utilizado para medir a receita de uma empresa. 

Portanto, a margem de contribuição é uma forma de calcular monetariamente os lucros em vendas de forma mais completa, levando em conta variáveis que envolvem o custo estrutural do negócio e o volume de vendas

Ao utilizar de forma correta a margem de contribuição temos maior controle sobre as despesas e os lucros da empresa. Dessa maneira, é possível perceber se a empresa está conseguindo cobrir suas despesas e ainda sim garantir uma margem de lucro satisfatória. 

Agora que você já sabe o que é a margem de contribuição, a seguir explicaremos como esse indicador funciona e como ele te ajudará na hora de precificar os produtos e serviços oferecidos em seu negócio. 

Entenda como funciona a margem de contribuição 

Ao calcular a margem de contribuição nós teremos respondidas as seguintes informações: 

  • Qual o ganho bruto da empresa?
  • Qual o volume de vendas dos produtos e serviços oferecidos? 
  • Qual o custo estrutural (despesa fixa + despesas variáveis) do seu negócio?
  • O volume de vendas está conseguindo cobrir o custo estrutural do meu negócio? 
  • Após cobrir as despesas, tenho uma margem de lucro satisfatória? 

Portanto, podemos afirmar que o cálculo da margem de contribuição é o que vai te fornecer os indicadores necessários referentes a receita da empresa para que você trace estratégias e seu negócio se desenvolva de forma sustentável

5 vantagens que sua empresa terá ao calcular a margem de contribuição 

  1. O empreendedor consegue perceber se o seu negócio está com a receita equilibrada e se apresenta perspectiva de lucratividade; 
  2. A partir dos dados obtidos com o cálculo da margem de contribuição é possível ter um controle mais acurado das operações envolvendo a receita da empresa; 
  3. Te permite compreender onde estão as maiores despesas do seu negócio;
  4. Permite que você reavalie os gastos e busque alternativas com melhores custos-benefícios; 
  5. E, te auxilia a precificar os produtos e serviços ofertados de forma equilibrada, que possa cobrir as despesas estruturais e ainda sim reverter o volume de vendas em lucros satisfatórios.

Aprenda como calcular a margem de contribuição

Senhoras e senhores, não temam os números! O cálculo da margem de contribuição apesar de oferecer uma maior visibilidade da conjuntura das operações financeiras da sua empresa, levando em consideração variáveis, é bem simples de ser executado. 

A primeira coisa a se atentar é que temos uma fórmula base para seguir, que é a seguinte:  Margem de contribuição = Valor de Vendas (Despesas variáveis + Custos)

Agora que você já tem a fórmula da margem de contribuição anotada te explicaremos os conceitos que servirão como base para a realização do cálculo.  

  • Custos:  os custos se referem ao valor financeiro que precisa ser gasto para que sua empresa desenvolva, produza e ofereça os produtos e serviços para seus consumidores. 
  • Despesas: já as despesas se referem aos demais gastos presentes no cotidiano das operações do seu negócio, mas que não estão relacionados à produção e desenvolvimento dos produtos e serviços que você vende. 

Quando o assunto são as despesas é importante fazer uma diferenciação entre as despesas fixas e as despesas variáveis, pois dessa forma você consegue elaborar dados mais precisos em relação ao montante que precisa ser empenhado para cobrir os gastos estruturais da sua empresa. 

Agora que você já está com os dados anotados, é hora de calcular a margem de contribuição tendo como base a fórmula: Margem de contribuição = Valor de Vendas (Despesas variáveis + Custos)

Dica extra:  Ter um documento em formato de planilha pode ser uma mão na roda na hora de calcular a margem de contribuição, com ele ficará mais fácil diferenciar as despesas e visualizar os lucros do seu negócio. 

Fazer o cálculo da margem de contribuição pode ajudar muito no planejamento orçamentário do seu negócio e a traçar estratégias e metas no que se refere a venda e precificação dos produtos e serviços que oferece. 

Executando essa tarefa com uma sustentação mais certeira, baseada nos dados da realidade econômica da sua empresa, você garante um processo mais confiável e seguro rumo ao crescimento do seu negócio. 

Agora que você já sabe como calcular a margem de contribuição e para que ela se torne parte efetiva da rotina gerencial do seu negócio, recomendamos que leia esse artigo sobre gestão financeira

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!