Contabilidade para não contadores: entenda o que este profissional faz

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Entenda como explicar o conceito de contabilidade para não contadores:

Toda empresa precisa de um profissional que cuide da saúde financeira, para que ela sempre continue em desenvolvimento. O contador é o responsável capacitado por exercer essa função em uma empresa. Mas o que faz um profissional contábil?

Inicialmente é necessário entender o que a contabilidade faz e como ela auxilia diversos processos de crescimento dentro de diversos negócios. A contabilidade é uma ciência que tem como objetivo estudar e estruturar as variações qualitativas e quantitativas para realizar e cuidar do patrimônio de um negócio.

Com uma assessoria contábil experiente atuando dentro de sua empresa, os riscos de ocorrer algum erro durante suas declarações e cumprimentos de obrigatoriedades diminui consideravelmente. Com isso, você já poderá entender melhor como funciona a contabilidade para não contadores.

Esse profissional pode ajudar um empreendimento no quesito de tomada de decisões baseada em dados, ajuda no cumprimento de obrigações fiscais além de auxiliar no entendimento dos principais indicadores financeiros.

Contabilidade para não contadores – Termos contábeis e ramos de atuação

Para que você possa se aprofundar um pouco mais sobre o âmbito contábil, é importante entender onde esses profissionais atuam, o que fazem e quais são os termos que eles mais utilizam em seu dia-a-dia. Quem se forma em contabilidade, pode atuar em diversas áreas e exercer diferentes funções dependendo da área em que ele se especializa.

O profissional contábil, como já falamos, pode atuar em empresas ou escritórios de contabilidade, como também pode ser um analista contábil, auditor e até mesmo fazendo perícia contábil. Pensando nisso, listamos inicialmente os principais campos de atuação do âmbito contábil:

  • Contabilidade Tributária ou Fiscal: Trata-se do segmento que se ocupa da gestão das questões tributárias do seu negócio. É a área pela qual muitos conhecem a contabilidade. Quem cuida da parte fiscal, compreende sobre os regimes tributários e seus enquadramentos, capacitando que ele faça um planejamento tributário que auxilie a empresa.
  • Contabilidade Financeira: É o ramo da contabilidade que cuida da saúde financeira de uma empresa, auxiliando em dados como balanço patrimonial, garantindo que eles sejam analisados e ajudem no crescimento de sua empresa.
  • Contabilidade Gerencial: Apesar de similar a contabilidade financeira, ela analisa os dados indicadores da saúde financeira de uma empresa mas foca os dados analisados para a parte interna, ajudando a estabelecer metas mais facilmente.
  • Contabilidade de Custos: Esse ramo cuida de todos os gastos da empresa para ajudar a controlar a rentabilidade de seus serviços, mostrando claramente quais são seus custos diretos e indiretos.
  • Contabilidade Pública: Esse segmento cuida de diversos sistemas de contabilidade utilizados pelas entidades do setor público ajudar a classificar os dados financeiros do patrimônio público.
contabilidade para não contadores

Termos utilizados por contadores diariamente:

  • Ativo: Parte do patrimônio de um negócio que corresponde aos bens e direitos que se dividem em circulantes e não-circulantes, faz parte do Balanço Patrimonial.
  • Balanço Patrimonial: Relatório contábil que permite que você veja com clareza como está a evolução financeira de uma empresa.
  • Capital de Giro: Capital de trabalho; dinheiro necessário para financiar a continuidade das operações da empresa.
  • Déficit: diferença entre o que foi previsto para atender a certa demanda e o que existe na realidade.
  • Fato Contábil: Fatos que provocaram alterações patrimoniais, que podem ser divididos em mistos, modificados ou permutativos.
  • Investimento: Aplicação de valores além das atividades principais da empresa.
  • Margem de Contribuição: Presente na Contabilidade de Custos, é a quantia em dinheiro que sobra da Receita obtida através da venda de um produto, serviço ou mercadoria
  • Passivo: Assim como o Ativo, ele faz parte do Balanço Patrimonial. Representa as obrigações da empresa com terceiros e também pode ser dividido em circulante, não-circulante e patrimônio líquido.
  • Receitas: Entrada de ativos que aumentam o patrimônio líquido de um negócio.

Conclusão

Mesmo que você não trabalhe com o ramo contábil, você pode entender como funciona a contabilidade para não contadores, tendo acesso a termos contábeis e podendo se aprofundar um pouco sobre os segmentos que o âmbito contábil tem e assim, entender como esse serviço é importante para que uma empresa cresça e se posicione bem no mercado que está inserida.


Conseguiu entender a contabilidade para não contadores? Comente e continue sempre atento aos novos conteúdos do Abertura Simples.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Guia de Vendas na Contabilidade

Faça como mais de 30 mil contadores. Baixe agora mesmo o Guia de Vendas na Contabilidade e começe a tracionar seu escritório hoje mesmo.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário