Saiba quais são 7 principais erros na folha de pagamento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Sabemos que erros podem acontecer. Afinal, somos humanos e falhos. No entanto, muitos podem ser evitados quando entendemos onde está os pontos fracos. Por isso, neste artigo, você conhecerá os principais erros na folha de pagamento

Há quem diga que é necessário conhecer o erro para não errar mais. Às vezes fazemos algo achando que está tudo, mas não está. Contudo, por não saber onde estamos errando, acabamos insistindo no erro. É por isso que saber quais são os principais erros cometidos por outras pessoas é tão importante. Isso ajuda a evitar que o profissional cometa a mesma atitude.

Pensando nisso, decidimos selecionar os principais erros na folha de pagamento. A partir do momento que você os conhecer, será mais fácil identificar quando eles podem acontecer e, com isso, você conseguirá evitá-los.

Para não errar também, entenda quais são os principais erros na folha de pagamento

Erros na folha de pagamento podem ser muito prejudiciais para a empresa. Eles podem, por exemplo, fazer com que o departamento financeiro faça o pagamento errado para algum colaborador; podem impactar no fluxo de caixa da empresa e até gerar processos judiciais por questões trabalhistas.

Sendo assim, é essencial tomar o máximo de cuidado para que não haja falhas no documento. Vamos entender quais são os principais erros para não cometer nenhum?

1. Erros no cálculo

Impostos, horas trabalhadas, contribuição sindical e por aí vai. Há muitos descontos que precisam ser levados em consideração no momento de desenvolver a folha de pagamento.

Assim, quando a empresa realiza o cálculo manualmente, ou seja, por meio de planilha, pode ser que acabe esquecendo de fazer algum cálculo importante e acabe errando.

A forma mais eficiente para não errar nos descontos e cálculos é utilizar um programa específico para a produção de folha. Atualmente, há diversos no mercado e a empresa pode selecionar o que melhor atende suas demandas.

2. Dados desatualizados

O colaborador recebeu um aumento ou faltou um dia sem dar explicação e o profissional responsável pela folha não atualizou as informações. Resultado? A folha terá erros.

A recomendação é que o profissional, assim que for informado de alguma mudança, coloque todos os dados no sistema ou planilha para que a folha seja o mais exata possível.

3. Desatualização das leis trabalhistas

As leis trabalhistas podem sofrer com algumas mudanças e, por isso, o profissional que atua com a folha de pagamento deve se manter constantemente atualizado. A não atualização pode gerar problemas sérios, como processos judiciais.  Para que isso não aconteça, é interessante se manter atualizado nos portais de notícias e até mesmo realizar novos cursos sobre o assunto.

4. Centralizar os dados em um computador

Imagine que a empresa X tem suas informações sobre os colaboradores armazenadas em apenas um computador. Em um dia de chuva, uma forte corrente elétrica entra e queima o computador. Como recuperar tudo sem ter que investir um alto valor financeiro, certo?

A ideia é que isso jamais aconteça. Neste caso, a dica é ter um sistema confiável ou armazenar as informações na nuvem para não correr o risco mencionado acima.

5. Deixar os extras de fora

É essencial que o profissional que atua no departamento pessoal saiba quais são as horas extras feitas por cada colaborador. Afinal, isso será necessário para calcular o pagamento de forma correta. Contudo, alguns profissionais acabam esquecendo e deixam os extras de fora. Um erro gravíssimo.

6. Utilizar categoria errada

Cada colaborador deve se enquadrar em uma categoria, como freelancer, CLT, pessoa jurídica etc. Só que pode ser que o profissional esqueça de fazer isso e acabe cometendo um erro no pagamento. Acontece que cada categoria atua com regras e impostos diferentes e, quando há algum erro, a empresa fará o pagamento seguindo a categoria selecionada.

Para finalizar, é importante mencionar que uma forma de cometer os principais erros na folha de pagamento, é contar com a ajuda de um escritório de contabilidade. Neste artigo, você poderá entender quais são as vantagens de terceirizar a folha de pagamento.

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário