Skip to content

Guia: O que é infoproduto e como fazer sucesso neste mercado

O que você verá neste artigo:

Infoprodutos: saiba o que são, como criar um e como ganhar dinheiro no mercado digital com o guia completo produzido pelo Abertura Simples

Apesar de ser um mercado que tem ganhado popularidade nos últimos, muitas são as dúvidas acerca do que é infoproduto. O mercado de produtos digitais apresenta um potencial de lucro impressionante quando comparado com a sua simples abordagem. Em vista disso, surgem diversas possibilidades de entrar no nicho de produtos digitais e, assim, ganhar dinheiro vendendo infoprodutos.

Esse é um modelo de negócio que tem despertado o interesse de milhares de pessoas por todo o mundo. E não é para menos: a proposta é muito interessante e inovadora e, com certeza, merece ser explorada a fundo.

Quando se fala em ideias de negócios em 2021, o mercado de infoprodutos foi um, dos 22 nichos, considerados tendência para o ano.

O termo ‘infoproduto’ é um dos mais buscados atualmente, principalmente pelas oportunidades que o mercado digital disponibiliza para quem tem algum conteúdo para compartilhar com outras pessoas. E esse é só um dos motivos pelos quais o nicho tem crescido tanto nos últimos tempos.

O que é infoproduto?

Um infoproduto pode ser definido como um produto criado e distribuído em formato digital. Ele tem como objetivo facilitar a vida do público que o adquire e isso pode acontecer de diversas maneiras. Afinal, grande parte desses produtos são voltados para cursos online, com fundamentação de materiais educativos pertinentes.

Daí, origina-se o termo ‘infoprodutos’, sendo ele uma junção das palavras ‘informação’ e ‘produtos’. Ou seja, trata-se de materiais ricos em algum tipo de conhecimento.

No que diz respeito à temas e conteúdos, os infoprodutos são muito versáteis. Afinal de contas, ao adquirir um curso online, um programa de consultoria ou um e-book, normalmente, a pessoa está em busca de um conhecimento mais específico ou de uma solução para algum problema.

Desta forma, os infoprodutos surgem para suprir essa carência e atender aos mais variados tipos de demandas e nichos. E, ao parar para analisar, percebe-se a quantidade de conteúdo que pode ser explorado no mercado, quando comparado à quantidade de pessoas que buscam, todos os dias, resolver problemas específicos para diferentes gargalos do dia a dia, tanto na área profissional, quanto na pessoal.

o que é infoproduto

Quais são os tipos de infoprodutos?

Os ebooks estão entre os infoprodutos mais conhecidos e eficazes do mercado. Se tratam de livros digitais que oferecem conteúdo aprofundado sobre tópicos relevantes para a audiência. Normalmente apresentam informações práticas e explicações profundas e precisas sobre o assunto principal abordado.

Um infoproduto pode ter diversos formatos, tudo dependerá do tipo de conteúdo, preferência e facilidade de quem estiver produzindo. Os formatos mais comuns de infoprodutos são:

Ebooks

Ao mesmo tempo que é o mais utilizado, o ebook é o tipo de infoproduto que mais dá trabalho para produzir. Isso porque, além do planejamento de conteúdo, os livros digitais também necessitam de um trabalho gráfico para criar uma apresentação mais completa e irresistível.

Por meio de um processador de textos como o Google Docs ou o Word, é possível escrever um ebook e salvá-lo em diversos formatos, como PDF ou ePub. Esses são os formatos mais comuns para comercializar esse tipo de conteúdo.

A facilidade de acesso é um fator que torna o ebook um dos infoprodutos mais vendidos. Afinal, o material pode ser acessado por qualquer dispositivo que seja compatível com o arquivo. Isso significa, após baixá-lo, não é necessário internet para acessá-lo.

Os livros digitais são uma ótima porta de entrada no mercado de infoprodutos. Acima de tudo, por meio deles, é possível testar o conteúdo, bem como a relevância, qualidade e o alcance dele. Desta forma, é possível aprimorá-lo para fazer um material mais elaborado, como vídeos ou um curso online com vários módulos.

Cursos online

O curso online é um formato que sempre faz muito sucesso, principalmente quando há pessoas aparecendo neles. Esse é o tipo de infoproduto que vai demandar mais dedicação, mas, em compensação, trará mais qualidade ao seu material.

O formato é perfeito para materiais que precisam de alguma demonstração para tornar o aprendizado mais fácil, como é o caso de aulas de culinária, por exemplo.

Diferente do que muitos pensam, para produzir um curso online, não é necessário uma super produção com muitos equipamentos. Pelo contrário, de início, você precisará de:

  • Um celular com ótima captação de imagem e áudio;
  • Um ambiente adequado, com boa iluminação, para ensinar o tema proposto;
  • Uma pessoa que te ajude a captar as imagens;
  • Um programa para edição do material.

Sobre os dois últimos itens, há quem não precise de ajuda ou prefira captar as imagens por conta própria. E não há problema algum, desde que você consiga realizar a função garantindo que a qualidade esteja boa. Já para edição do material, o mercado conta com vários programas e softwares gratuitos, entre eles:

  • DaVinci Resolve (disponível para Windows, macOS e Linux);
  • Shotcut (disponível para Windows, macOS e Linux);
  • iMovie (disponível para macOS).

Criar um curso online é sinal de sucesso, na certa. Esse tipo de produto digital traz um retorno excelente e é um mercado que pode ser explorado de diversas maneiras. Quanto mais inovador for, mais atenção chamará e, consequentemente, mais pessoas se interessarão.

Portanto, é essencial que se crie um planejamento de conteúdo em vídeo, para que as suas ideias fiquem bem estabelecidas e estruturadas.

Podcasts

O podcast entrou em ascensão e caiu no gosto de milhões de pessoas. Normalmente, seu conteúdo se baseia em entrevistas, narrações, histórias e discussões entre um pequeno grupo de pessoas.

O formato se assemelha muito a um programa de rádio, só que com um alcance muito maior. E, o melhor: disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Portanto, ele é considerado perfeito para quem tem uma rotina corrida ou não tem o hábito da leitura.

Há várias maneiras de se produzir um podcast. Por exemplo: eles podem ser gravados em conferências via internet, por meio do Skype; em estúdios próprios para gravação ou, até mesmo, pelo próprio celular que tenha uma boa captação de áudio.

As próprias plataformas proporcionam um alcance muito satisfatório para os produtores de podcast. Por isso, esse tipo de infoproduto está em alta e a tendência é que a procura por conteúdos originais só aumente ao decorrer dos próximos anos.

Webinars

Webinars são eventos digitais, normalmente transmitidos ao vivo, que apresentam palestras, workshops e aulas, para um grande público.

Por se tratarem de um evento online ao vivo, os webinars não demandam grandes gastos com estrutura física e nem limitação de lugares. Além disso, outra grande vantagem do webinar é que o formato permite uma interação dinâmica com o público, o que nenhuma outra das opções anteriores permite.

O mercado conta com várias ferramentas gratuitas que permitem que o criador de conteúdo para webinars realize os seus eventos. A plataforma mais usada é o Youtube, mas também há outras opções como:

  • ClickMeeting;
  • GoToWebinar;
  • Livestorm;
  • Webex
o que é infoproduto

O mercado de infoprodutos

Nós nos acostumados a buscar informações na internet e, por isso, o mercado de produtos digitais é um dos que mais tem crescido. Com tantas opções de conteúdos ricos e especialistas compartilhando seu conhecimento na rede, ficou muito mais difícil e menos cômodo ir até uma biblioteca para procurar materiais e teses.

Em contrapartida, também é perceptível o constante avanço das mídias digitais e o aumento do número de pessoas com acesso à internet no Brasil. Hoje, a maioria das pessoas tem acesso a um computador ou um celular, o que faz com que elas acabem consumindo mais produtos digitais do que físicos.

De acordo com dados divulgados pela Neotrust/Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado, o comércio digital ganhou 5,7 milhões de consumidores desde o início da pandemia da Covid-19.

Segundo a pesquisa, entre abril e junho, meses de pico do distanciamento social, 5,7 milhões de consumidores fizeram sua primeira compra pela internet. Esta trata-se de uma aceleração gigantesca quando comparada com o mesmo período de 2019, quando 4,3 milhões de pessoas aderiram ao comércio digital.

De acordo com dados divulgados pela ABCOMM, o faturamento do e-commerce no ano de 2020 obteve crescimento de 56,8%, chegando a 41,92 bilhões de faturamento.

Esses fatores tornaram o nicho de infoprodutos um mercado de especialistas. Afinal, em sua maioria, são conteúdos muito específicos, com alto grau de conhecimento e muito tempo investido em estudos e produção.

Assim, o próprio consumidor agrega valor ao mercado e percebe que, sim, vale a pena pagar para contar com a ajuda de um especialista em seu assunto de interesse, principalmente quando essa ajuda vier em forma de um conteúdo produzido pelo próprio especialista, que o leitor poderá consultar sempre que desejar.

Todo esse contexto faz com que os produtos digitais ganhem mais visibilidade. Dessa forma, tanto para produtores quanto para consumidores, este um modelo de negócio muito atrativo.

Quais são os infoprodutos mais vendidos?

Com o mercado em ascensão, os infoprodutos mais vendidos têm apresentado uma variação muito interessante. O que tem medido o sucesso de um produto digital é a sua qualidade e não o seu formato.

Então, mesmo que uma pessoa esteja procurando por conteúdos em vídeo e não por um ebook, por exemplo, ela com certeza irá ao menos considerar a compra de um livro digital caso ele tenha um conteúdo que seja superior ao dos vídeos.

Isso não quer dizer que o produtor não deva considerar criar um tipo de infoproduto que esteja em alta. Pelo contrário, deve sim. Mas, antes de escolher, deve avaliar, principalmente, qual será o comportamento daquele tipo de conteúdo no formato pretendido. Isso é muito importante para garantir uma experiência de aprendizado valiosa para o seu público.

Por exemplo: alguns temas e conhecimentos específicos são mais facilmente internalizados em texto, enquanto outros ficam bem melhores com exemplos em vídeos.

Com isso em mente, confira alguns dos formatos de infoprodutos mais vendidos:

  • E-books;
  • Cursos online;
  • Mentorias;
  • Conteúdos exclusivos para membros;
  • Lives exclusivas;
  • Podcasts.

Para criar um infoproduto de sucesso, é importante se atentar a diversos fatores e conjuntos de estratégias. É importante, além da riqueza do conteúdo, contar com estratégias de criação, lançamento e divulgação do material digital.

Se você está se perguntando como deve realizar todas essas tarefas. Não se preocupe, é sobre isso que falaremos a seguir.

o que é infoproduto

Como criar um infoproduto?

Como vimos, criar um produto digital é uma das maneiras mais eficazes de se ganhar dinheiro na internet hoje em dia. Mas, saber como criar um infoproduto é essencial para que ele tenha sucesso, o que não acontece da noite para o dia. Afinal, o público consumidor de produtos digitais é muito exigente, o que o obriga a garantir um material rico e com muita qualidade.

Confira a seguir um passo a passo de como criar um infoproduto de sucesso.

1 – Escolha um bom tópico para uso

Antes de começar a planejar ou a produzir, é indispensável saber o que você vai falar com a sua audiência. Para realizar essa escolha, é necessário se fazer duas perguntas que ajudarão a determinar a melhor maneira de educar seu público:

  • Quais são os assuntos que mais interessam o público?
  • Quais desses tópicos eu tenho maior conhecimento?

Enquanto a primeira pergunta aparenta ser muito ampla, ela é necessária para que a segunda realmente te ajude a escolher. O equilíbrio entre o que o público quer e sobre o que você saberá falar com mais propriedade é a escolha ideal.

2 – Defina um formato de infoproduto

Depois de escolher o tema do seu infoproduto, é hora de pensar no formato que ele terá. Mas, como escolher entre todas as opções citadas anteriormente? Novamente, fazer algumas perguntas a si mesmo será de grande ajuda:

  • Quem é o público-alvo que se beneficiará com esse infoproduto?
  • Ela tem algum formato de conteúdo preferido?
  • Quanto a minha persona já conhece sobre o assunto?

Esse tipo de questionamento ajudará a evitar formatos que não tenham mais tanta popularidade ou que não combinem com o tema que você deseja falar.

Com essa análise, é possível perceber se o público já conhece bastante sobre o tema que será abordado e, assim, se for o caso, pode ser melhor investir na produção de uma ferramenta que facilite o dia a dia de seus usuários.

3 – Pesquise o que já foi feito sobre o tema

Com o tema e o formato definidos, é hora de realizar uma pesquisa de mercado sobre o que já existe a respeito desse assunto. E, ainda, se possível, descobrir qual foi o desempenho de cada infoproduto pesquisado.

Por exemplo: se você decidiu produzir um curso online sobre como vender mais na internet, veja quais são os produtos digitais já lançados sobre o assunto ou sobre temas similares. Tente descobrir quantos downloads ele teve, se a audiência gostou, leia os comentários se estiverem disponíveis e tente descobrir se quem o produziu fez mais algum produto como este depois.

Toda essa análise é importante pois lhe ajudará a ter uma abordagem nova, diferente, fugindo de coisas que o público não gosta e lhe dando os parâmetros para incluir o que mais tem feito sucesso de acordo com a sua persona.

4 – Produza o melhor conteúdo possível

Chegou o momento mais aguardado: produzir o conteúdo sobre o assunto escolhido! E isso deve ser realizado da melhor forma possível.

De todas as etapas que envolveram a criação do infoproduto, a produção de conteúdo é um dos pilares que determinará se ele fará sucesso ou não. Por isso, separe um tempo para pesquisar boas referências sobre o assunto, pensar na linguagem que vai utilizar e fazer um roteiro que te guiará a respeito do que deverá ser feito durante o processo de produção do conteúdo.

Ainda, para conteúdos multimídia, é primordial aprender os aspectos operacionais envolvidos. Isso garantirá que o bom conteúdo que você criou não será afetado por problemas de estrutura.

5 – Edite bem o conteúdo

Lembra que no tópico anterior falamos que a produção de conteúdo era um dos pilares que dita o sucesso de um infoproduto? Logo, a etapa de edição do conteúdo é, no mínimo, tão importante quanto.

Por que? Bem, pense no que acontece com filmes e livros, onde todas as produções passam por um cuidadoso e longo processo de edição. Isso é que faz com que eles deixem de ser apenas materiais bons e se tornem verdadeiras obras-primas.

O mesmo vale para o seu produto digital: é indispensável revisar várias vezes tudo o que foi feito, realizar mudanças necessárias e refinar o que já estava bom. Tudo isso com o propósito de garantir que a sua proposta de conteúdo foi compartilhada da melhor maneira possível.

6 – Invista na apresentação do produto

Você já ouviu aquele ditado: “não basta ser, tem de parecer”? Essa é uma fala muito comum no mundo dos negócios e é muito válido para o mercado de produtos digitais.

Seu infoproduto pode ter o melhor conteúdo de todos, oferecer qualidade e valor para o cliente. Mas, se ele não tiver uma apresentação impecável, poucas pessoas realmente se interessarão em comprá-lo.

Isso porque, apesar de muitas mudanças, o mercado como um todo ainda é fomentado pelo visual. Ou seja, uma embalagem atraente, com um design atrativo, fará com que seu produto digital seja lembrado e, mais que isso, desejado pelos consumidores.

Por isso, dedique o mesmo cuidado e atenção ao Marketing de Conteúdo, a fim de divulgar, da melhor forma possível, o seu infoproduto.

7 – Escolha uma plataforma para hospedar o infoproduto

Além de criar um infoproduto de qualidade, também é muito importante oferecer a melhor experiência possível para o usuário. Isso está diretamente ligado a hospedagem do produto digital.

Trata-se de uma plataforma especializada em armazenar infoprodutos que são comercializados na internet. Assim como um item físico, um produto digital exige toda uma logística de pagamento, entrega e suporte para os compradores. E, conforme as vendas forem aumentando, ficará muito difícil de gerenciar tudo isso manualmente.

O ideal é escolher uma plataforma que automatize todo este processo em um único software. Para encontrar uma plataforma que se adeque ao que você deseja, será necessário realizar muitas pesquisas e, também, definir quais as suas metas, bem como as suas necessidades, a curto, médio e longo prazo.

Também é importante que você avalie as seguintes condições:

  • Como é a área restrita da plataforma?
  • Ela oferece funcionalidades de e-commerce para gerir pagamentos?
  • É possível fornecer um acesso exclusivo para quem se cadastrar?
  • Como é a comunicação com o cliente?
  • A plataforma integra todas as etapas da gestão do infoproduto?
  • É possível subir materiais de diferentes formatos no portal ou existem restrições?

Todos estes fatores devem ser levados em consideração ao escolher uma plataforma de hospedagem para infoprodutos. Foque sempre na experiência do cliente, com base nos conceitos do Custommer Experience, a fim de garantir que o consumidor fique satisfeito com todo o conjunto que envolve o seu projeto.

Como vender um infoproduto?

Agora que você já sabe o que é infoproduto, como está o seu mercado e como criar um produto digital, provavelmente deve estar pensando em como vender infoprodutos. Acertei?

Pensando nisso, o Abertura Simples disponibiliza para você o ebook gratuito “Infoprodutos: o que é e como fazer sucesso neste mercado”.

Faça o download do ebook e tenha acesso ao conteúdo exclusivo com o passo a passo de como criar e como ganhar dinheiro vendendo infoprodutos.

o que é infoproduto

Neste guia, você terá acesso a um conteúdo exclusivo e completo sobre os seguintes tópicos:

  • O que é infoproduto;
  • Os tipos de infoprodutos;
  • Como criar um curso online;
  • Os benefícios de trabalhar com infoprodutos;
  • O mercado de infoprodutos;
  • Como criar um infoproduto;
  • Maneiras de ganhar dinheiro vendendo infoprodutos;
  • Como vender infoprodutos;
  • Os infoprodutos mais vendidos;
  • Como ser afiliado de um infoproduto;

Criar um infoproduto e lucrar com isso nunca foi tão fácil! Baixe agora mesmo o ebook gratuito e dê o pontapé inicial no seu sonho de empreender.

Além deste ebook, você também pode consultar diversos outros materiais educativos exclusivos produzidos pelo Abertura Simples. Confira!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

Você também pode gostar desses Conteúdos

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!

Faça parte da maior comunidade de empreendedores do Brasil, sempre munidos com as últimas e mais relevantes notícias e artigos do mundo do empreendedorismo.