Como fazer para abrir empresa em São Paulo? Saiba aqui

 em Abertura de Empresa, Associados

Abrir empresa em São Paulo é um sonho que já está cada vez mais próximo da realidade de algumas pessoas. As facilitações para quem deseja se tornar um empreendedor são diversas, fazendo com que o município seja a melhor cidade para se iniciar um negócio (segundo ranking da Endeavor).
Porém, muitas pessoas ainda se assustam com a burocracia que todo esse processo leva. Por isso, separamos aqui todos os passos e documentos necessários para obter sua independência financeira e começar um negócio próprio sem preocupações! Confira a seguir tudo o que você precisa saber para abrir empresa em São Paulo:

Sobre São Paulo

A capital paulista abriga uma população estimada em mais de 12 milhões de habitantes. É a 10ª mais rica do mundo, formando em sua economia o maior PIB municipal do Brasil (R$ 499,3 bilhões). Sendo considerada como um dos maiores centros financeiros do país e do mundo, passa hoje por uma transformação economica. Durante muito tempo a industria se fez presente no município, porém São Paulo tem cada vez mais se mostrado como uma cidade terciária, um pólo de serviços e negócios.
A cidade abriga 63% das sedes de grupos internacionais instalados no país, oito das dez maiores corretoras de valores e cinco das dez maiores empresas de seguros. Na metrópole está sediada também a BM&FBOVESPA, a segunda maior Bolsa de Valores do mundo em valor de mercado, sendo a maior do continente americano.

Quais os passos para abrir empresa em São Paulo?

Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir o negócio, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.
Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.
A depender desses fatores, isso pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

Tipos de atividade

Antes mesmo de decidir abrir empresa em São Paulo, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

Tipos de Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.
Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.
Foto da ponte estaiada de São Paulo

Fonte: Mice

Documentos necessários

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em São Paulo são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.
Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Qual o processo para abrir empresa em São Paulo?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. Asim que aprovado, você já terá o número do seu CNPJ. O tempo estimado para isso é bem rápido, levando em média de 3 a 5 dias úteis.
Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 10 dias úteis após a concessão do CNPJ.
Para abrir empresa em São Paulo, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.
Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.
Mas por exemplo, quero abrir minha empresa no meu endereço residencial, é possível? É sim, contanto que sua atividade não envolva nenhum tipo de armazenamento, carga ou descarga de produtos e mercadorias. Não é possível também ter uma grande circulação de pessoas no local.

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Nossa equipe está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa.
Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem realizar a abertura de empresa em São Paulo conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.
Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.
Entre em contato com nossos representantes e abra sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando no botão abaixo.

.

Postagens Recentes
Comentários
pingbacks / trackbacks

Deixe uma resposta

Foto aérea da vista de uma rodovia, representando abrir empresa em Ipatinga