Skip to content

Como abrir um centro de estética de sucesso? Confira o passo a passo!

O que você verá neste artigo:

Apesar da crise econômica que o Brasil atravessa, o mercado de estética não tem sido tão abalado quanto o comércio de produtos e demais setores da atividade econômica. Isto se dá à preocupação que os brasileiros têm com os cuidados pessoais, beleza e estética. Homens e mulheres têm buscado cada vez mais novos serviços e produtos de beleza.

Em consequência do aumento da demanda desse setor, novas empresas têm surgido neste segmento. E caso você tenha interesse em abrir um centro de estética, segue a lista sobre tudo o que você precisa saber para abrir um centro estético de sucesso e se sobressair à concorrência. 

Diferença entre Clínica Estética e Centro Estético

Existe uma diferença entre os centros de estética e clínicas de estética. É importante que o empreendedor entenda cada uma delas para iniciar o projeto correto.

As clínicas de estética exigem profissionais técnicos (médicos), além do registro em órgão específico, uma vez que nesse tipo de empreendimento realizam-se cirurgias plásticas, botox, entre outros procedimentos orientados por profissionais habilitados.

Já os centros de estética não necessitam de profissionais técnicos responsáveis, mas recomenda-se que os tratamentos estéticos sejam feitos por profissionais qualificados, que nesse caso, são os esteticistas.

Os Centros de Estéticas oferecem serviços que não necessitam de nenhuma intervenção cirúrgica, como, por exemplo, limpeza de pele, massagem, depilação, hidratação, tratamento de acne, bronzeamento artificial, entre outros.

Sobre o mercado estético

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o Brasil é o 3° maior mercado de estética do mundo, estando atrás apenas dos Estados Unidos e China.

O setor que abrange as áreas de estética e beleza permanece em um constante crescimento. Segundo os dados de abril de 2016 da ABIHPEC, a expectativa de aumento da área de Higiene, Beleza e Cosméticos era de 30% até 2018, visto que o cuidado com a estética se tornou algo cultural ao brasileiro. Além disso, o lançamento de produtos, o avanço da tecnologia e consequentemente dos serviços, tem ajudado muito esse mercado.

E embora as mulheres representem por volta de 80% do público deste segmento, é observado a crescente procura do público masculino por este tipo de serviço, para o qual já existem alguns estabelecimentos que oferecem atendimento personalizado. Este crescimento tem sido uma boa surpresa para o mercado de beleza e estética.

Além disso, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a ideia de abertura de um centro estético tem sido um dos empreendedorismos mais buscados desde o início da pandemia. Isso acontece porque devido à preocupação que o brasileiro tem com a saúde e beleza, mesmo neste período conturbado o mercado de estética manteve-se imune as crises.

Oportunidade e ameaças no setor

Assim como dito acima, como oportunidade, esse mercado apresenta grandes apostas ao público masculino. Por conta do interesse por parte do público masculino, os gastos com artigos dessa natureza têm aumentado por parte desse público. Com isso, a oportunidade mostra um nicho de mercado importante e promissor a ser explorado por empreendedores que desejam abrir um centro estético.

No entanto, por ser um mercado em crescimento, a criação de centros de estética tem atraído cada vez mais novos empreendedores. A grande ameaça é que muitos desses concorrentes encontram-se no mercado informal e existe uma disparidade entre os preços praticados por empresas formalizadas e por profissionais informais.

Além disso, o setor da beleza e estética apresenta novas técnicas a cada dia, o que exige a atenção constante do empreendedor para que ele fique ligado nas novas tecnologias e consiga satisfazer a necessidade dos seus consumidores.

O que é necessário para abrir um centro estético?

Abrir um centro estético requer algumas especificidades, diferentes de alguns outros tipos de empresa. Confira a seguir tudo o que é necessário para montar um centro estético.

1 – Elabore um plano de negócios

Para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida, é preciso montar um plano de negócios. O plano de negócios serve para você definir os assuntos e os serviços que a empresa irá oferecer. Além disso, no plano de negócios é possível detalhar a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar no desenvolvimento da empresa.

Ao desenvolver o planejamento, é essencial juntar todos os investimentos de material e equipamento, pagamento de funcionários e maquinário. Também é importante pesquisar o público-alvo que irá contratar os seus serviços e quem serão os seus principais concorrentes, como o mercado se encontra e muito mais.

Principais pontos do plano de negócio

  • Qual é o negócio?;
  • Quais os principais serviços?;
  • Quem serão os seus principais clientes?;
  • Onde o centro de estética será localizado?;
  • O montante de capital a ser investido?;
  • Qual será o faturamento mensal?;
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne?

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa.

2 – Escolha o local

Um dos fatores que mais influenciam no faturamento é a localização do negócio. Dentre todos os aspectos que o empreendedor deve considerar ao procurar um ponto, os mais importantes são:

  • O perfil de renda dos consumidores locais;
  • O fluxo de pessoas e veículos desta localização
  • As condições de acesso e locomoção

O local ideal para abrir um centro estético é aquele próximo do centro da cidade ou em uma avenida movimentada. É importante também que seja em local de fluxo de pessoas com tendência de consumo, como bairros comerciais e shoppings centers.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa.

3 – Contrate profissionais capacitados

O número de funcionários vai depender do tamanho do empreendimento e dos serviços que você irá oferecer. Normalmente, para abrir um centro estético é recomendado:

  • Auxiliar administrativo: que será responsável pelo atendimento aos clientes e agendamento dos serviços;
  • Esteticista ou tecnólogo em estética: que será responsável por cuidar da saúde do corpo e da pele, voltando-se para o bem-estar físico, estético e mental das pessoas;
  • Por fim, mas não menos importante, vem o proprietário: que ficará responsável pelas atividades administrativas e financeiras.

Para conseguir atuar na profissão, o esteticista deve fazer cursos técnicos, tecnólogos ou superiores oferecidos e reconhecidos pelo Ministério da Educação. A qualificação de profissionais aumenta o comprometimento com a empresa, eleva o nível de retenção de funcionários, melhora a performance do negócio e diminui os custos trabalhistas com a rotatividade de pessoal.

4 – Estrutura e equipamentos necessários

A estrutura para abrir um centro estético deve ser feita com base em muito planejamento. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), para a implantação de um Centro de Estética, será importante o desenvolvimento de um projeto, considerando as normas e práticas de biossegurança, de forma a promover o bem-estar para clientes e funcionários. Deve-se pensar ainda na possibilidade de futuras ampliações conforme o desenvolvimento do empreendimento. A estrutura básica deve contar com um conjunto de salas e/ou divisórias, como por exemplo salas de atendimento, banheiros, recepção, sala de espera, estacionamento, entre outros.

Neste segmento de mercado, é importante investir na estrutura. Crie um ambiente agradável, tanto a decoração ou quanto a paleta de cores devem passar serenidade e leveza. Uma boa iluminação e, até mesmo, plantas servem para sua empresa garanta uma boa impressão com os clientes.

Lembre-se: Os empreendedores que desejam abrir um centro estético precisam estar sempre preocupados com o seu público, atendendo sempre suas necessidades.

Equipamentos e avanços tecnológicos são coisas que não faltam nesse mercado. Como o seu empreendimento trabalhará diretamente com questões técnicas e manuseio do corpo humano, é imprescindível que todos os equipamentos, no momento uso, devem estar higienizados, em boas condições de funcionamento e ergonomia adequados.

Os principais equipamentos para abrir um centro estético são:

  • Vaporizador;
  • Aparelho de micro correntes;
  • Aparelho para vacuoterapia/eletro sucção;
  • Maca para depilação e massagem – fixa e portátil;
  • Aparelho para terapia endérmica não invasiva;
  • Aparelho para termo terapia;
  • Aparelho ionizadores;
  • Aparelho para peeling;
  • Almofadas térmicas vibratórias;
  • Mantas térmicas;
  • Cadeira para massagem anti-stress;
  • Carrinhos auxiliares para aparelhos e acessórios;
  • Cadeira reclinável para limpeza de pele e massagem facial;
  • Cadeiras para bancadas com espelho;
  • Lavatórios para cabelos;
  • Poltronas hidráulicas;
  • Cadeiras de manicure;
  • Carrinho para manicure;
  • Entre outros.

Não se esqueça que também são necessários equipamentos para escritório e caixa, como computador, telefone, impressora, máquina de cartão, entre outros.

5 – Divulgação e dicas

Uma comunicação adequada é aquela que condiz com o seu público-alvo. Uma pesquisa de mercado é uma ótima estratégia para identificar onde o seu público-alvo é mais ativo, pois assim você saberá onde concentrar todos os seus esforços.

A divulgação do centro estético é um dos componentes fundamentais para se ter sucesso neste ramo. O empreendedor pode apostar tanto nos meios tradicionais, como folder e flyers para distribuir em regiões com grande fluxo de pessoas. Ou então, por meio dos canais digitais. É fundamental investir em um bom site que mostra todo os serviços que o centro estético oferece, informações técnicas sobre os procedimentos e os benefícios. Aposte também na criação de perfis nas redes sociais, com atualizações constantes para estabelecer entre consumidor e marca.

Para atrair e fidelizar os clientes será preciso potencializar todos os seus esforços em entregar um bom atendimento, contar com um ambiente limpo, seguro e silencioso, materiais de qualidade e esterilizados, proporcionar uma boa experiência para o cliente para que ele retorne.

Ao investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e muita dedicação, pode ter certeza que o centro de estética será um sucesso.

Como abrir um Centro de Estética?

Abrir um centro estético envolve burocracias e exigências assim como qualquer outro negócio. Mas, não precisa se preocupar. O Abertura Simples produziu um manual completo para que você possa montar seu centro estético com mais tranquilidade e sem dor de cabeça!

Para garantir que tudo ocorra bem, você deve estar atento a legislação envolvida, documentação necessária e ter em mente o tipo de negócio que você deseja abrir, se você contará com sócios, entre outras demais informações que impactarão no regime tributário do centro estético. Para te ajudar com essas etapas burocráticas, ressaltamos a importância de se contar com a consultoria de um contador especializado em abertura de centros de estética.

Gostaria de abrir um Centro de Estética, mas não sabe como? Veja o passo a passo a seguir:

1 – Identifique o tipo de atividade

Antes de decidir qualquer questão, é importante identificar o segmento de atividade que o seu centro de estética atuará. Existem três designações. Porém, a que mais se enquadra para o setor é a de prestação de serviços, onde o trabalho é realizado a título de mão de obra física ou intelectual.

2 – Escolha a natureza jurídica

Para ajudar a definir o regime jurídico no qual a sua empresa se enquadra, é indispensável que se verifique a natureza jurídica da mesma.

Informar a natureza jurídica no ato de formalização da empresa é imprescindível, já que cada uma delas possui diferentes formas de aplicação das normas. Existem diversas naturezas jurídicas para empresas, tais como:

  • Empresário Individual (EI): Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada (LTDA): É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (SS): Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima (SA): Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário-mínimo vigente.

3 – Defina o porte da empresa

A partir do faturamento da empresa, você irá definir qual o porte dela.

  • Microempreendedor Individual (MEI): Modalidade em que o faturamento máximo deve ser de R$ 81 mil por ano e não permite com que o empresário participe como sócio ou titular de outra empresa;
  • Microempresa (ME): É permitido empresários individuais e sócios. O teto de faturamento anual é de R$ 360 mil.
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): Modalidade em que a faixa de faturamento anual começa em R$ 360 mil e vai até R$ 4,8 milhões.

4 – Reúna a documentação necessária para abrir um centro estético

É obrigatório a apresentação de documentos importantes na hora de abrir um centro estético. Alguns desses documentos possuem prazos determinados para serem cumpridos, pois possuem data de validade. Por isso, é importante que nesta etapa você busque a ajuda de um contador especializado no ramo e se atente a todas as datas e prazos estipulados.

Confira a seguir alguns dos documentos necessários para abrir uma empresa.

Os documentos necessários para abrir um centro estético são simples:

  • CNPJ;
  • Junta Comercial;
  • Secretaria Estadual da Fazenda;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;
  • Entre outros documentos específicos da cidade.

Todos esses documentos devem ser levados até a Junta Comercial do Estado para que possam ser protocolados e, assim, a sua empresa estará registrada perante os órgãos oficiais.

Também é importante ressaltar que para solicitar o Alvará de Funcionamento será preciso apresentar algumas documentações, que são:

  • Planta do imóvel onde você pretende abrir seu negócio;
  • Cópia do recibo do IPTU pago;
  • CPF e RG, originais ou cópias, da pessoa responsável pelo negócio;
  • Cadastro do Contribuinte Mobiliário, ou CCM, obtido na Secretaria das Finanças;
  • O Setor, Quadra e Lote – também chamado de SQL – do imóvel;
  • Declaração de atividade: para que você usará o imóvel e qual área será destinada aos consumidores;
  • Certificado de conclusão de imóvel recém-construído.

O Alvará de funcionamento pode ser solicitado gratuitamente pela internet e este documento será emitido pela Prefeitura Municipal ou Órgão Governamental Municipal.

5 – Abra um CNPJ para a empresa

O processo para abrir um CNPJ de um centro estético é muito simples. Após registrar a empresa na Junta Comercial, você receberá um Número de Identificação do Registro de Empresa, o NIRE. Ele será solicitado para entrar no site da Receita Federal quando você abrir o CNPJ.

Dentro do site, faça o download do Programa Básico de Entrada. Em seguida, é só imprimir, preencher e enviar o documento pelos Correios para a Receita Federal ou o leve pessoalmente.

Como montar um centro estético com sócios?

Caso você abra um centro estético com sócios, além dos documentos citados anteriormente, será necessário apresentar estes outros:

  • 1 cópia simples do comprovante de residência;
  • Certidão de casamento (se casado);
  • 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada (Carteira Nacional de Habilitação também é válida);
  • 1 cópia de folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

ABERTURA SIMPLES

Nós, do Abertura Simples, realizamos todo o processo para que o seu centro estético seja aberto de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens do Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!

Faça parte da maior comunidade de empreendedores do Brasil, sempre munidos com as últimas e mais relevantes notícias e artigos do mundo do empreendedorismo.