Skip to content

Marketing de afiliados: tudo o que você precisa saber para faturar mais!

O que você verá neste artigo:

O marketing de afiliados é a nova tendência do momento! Aprenda neste artigo o passo a passo e as melhores estratégias para faturar mais!

Você, provavelmente, já deve ter ouvido falar em marketing de afiliados. Afinal, esse é um mercado que tem crescido muito nos últimos dois anos, fazendo com que milhares de pessoas faturem mais.

Embora o mercado tenha ganho mais visibilidade durante a pandemia, o marketing de afiliados não é algo novo. Isso porque, cada vez mais marcas e empresas estão interessadas em adotar o marketing digital em suas estratégias, na mesma proporção em que há cada vez mais produtores de conteúdo investindo nesse mercado para expandir suas fontes de renda.

E este é um cenário que continuará crescendo durante muitos anos. Porém, assim como acontece em outros mercados, é preciso ressaltar que existem profissionais que utilizam o marketing de afiliados do jeito certo, assim como existem os que fazem errado. Você não quer ser esse segundo, né?

Para isso, você precisa entender como funciona o mercado de afiliados, quais são as suas possibilidades e as melhores estratégias para ganhar dinheiro na internet, de modo a tentar extrair o máximo potencial de seus projetos.

Por isso, o Abertura Simples preparou este artigo para você, que pretende começar a trabalhar com o marketing de afiliados, mas não sabe por onde começar. Continue lendo e aprenda tudo o que é necessário para ganhar dinheiro na internet!

marketing de afiliados

O que é marketing de afiliados?

O marketing de afiliados ganhou a internet. Porém, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que ele realmente significa na prática. Basicamente, o marketing de afiliados é uma forma de publicidade online. Por meio dela, o afiliado divulga produtos e serviços das marcas anunciantes em troca de uma comissão. Em outras palavras, você ajudará uma outra pessoa ou empresa a vender mais e receberá uma comissão por este trabalho.

Cada produtor ou plataforma possui suas próprias formas de comissionamento. Porém, o conceito é semelhante entre todas: o afiliado promove algo em troca de uma fatia do valor de cada venda.

O conceito  surgiu em 1996 quando a Amazon lançou o Amazon Associates, o primeiro programa de afiliados. O programa existe até hoje e foi um dos principais pilares de crescimento da Amazon, afinal, milhares de afiliados promoviam os produtos da Amazon nos Estados Unidos, o que fez com que a empresa fosse cada vez mais reconhecida. 

A grande virada de chave do programa foi a percepção de que este era um modelo de marketing muito atrativo. Afinal de contas, a Amazon não estaria investindo nenhum dinheiro com esse tipo de publicidade, já que os pagamentos só aconteceriam em cima das vendas realizadas.

As pessoas que fazem parte do marketing de afiliados

Basicamente, dentro do conceito de marketing de afiliados, existem 3 grupos fundamentais para que a estratégia seja bem sucedida. São eles: produtores (ou vendedores), afiliados e clientes.

Confira a seguir o que cada um deles representa dentro da estratégia.

Produtores ou vendedores

Os produtores ou vendedores, como são popularmente conhecidos, são as empresas adeptas do marketing de afiliados. Eles utilizam dessa estratégia para impulsionar suas vendas e o reconhecimento no mercado. Quando uma empresa pretende fazer o lançamento ou a divulgação de um produto, ela pode buscar por plataformas de afiliados como forma de aumentar suas vendas.

Dessa forma, é possível aumentar sua carteira de clientes e, consequentemente, de vendas, sem precisar gastar uma grande quantidade de dinheiro em anúncios.

Afiliados

Já os afiliados são uma espécie de funcionários comissionados destes vendedores. Dessa forma, eles ficam responsáveis por “vestir a camisa” daquele produto em específico, criando estratégias de venda online e Marketing Digital para atingir o maior número de pessoas possível.

Além de fazer a divulgação do produto nas redes sociais, também é muito importante que os afiliados trabalhem com a criação de conteúdos nos blogs utilizando estratégias do Inbound Marketing para capturar os leads na hora certa e convertê-los em leads.

Clientes

Já os clientes, como o próprio nome consegue explicar, dizem respeito às pessoas que, de fato, fecharão a compra graças às estratégias de marketing desenvolvidas pelos afiliados.

Como funciona o marketing de afiliados?

O marketing de afiliados possui um formato bem simples e fácil. Na prática, uma empresa X, popularmente chamada de produtora ou vendedora, lança seu produto na internet.

Para impulsionar as vendas e ajudar na divulgação deste produto, essa empresa conta com uma rede de afiliados, que nada mais são do que pessoas – como eu e você – que vão divulgar o produto em suas respectivas redes sociais, sites e de diversas outras formas.

A venda realizada pela divulgação de um afiliado é feita por meio de um link personalizado, utilizado para efetuar as transações. Este número é responsável por compilar não apenas o número de vendas efetuadas em determinado período, como, também, trazer dados para avaliar o desempenho das suas estratégias e o valor que o afiliado receberá pela divulgação.

O valor pago aos afiliados pode ser entendido como uma comissão pelas vendas e conversão dos clientes. E é sobre isso que falaremos a seguir!

ABS News

Como ser remunerado no marketing de afiliados?

A remuneração no marketing de afiliados acontece de diferentes formas, tendo relação direta com os objetivos que a marca define para a sua estratégia. Por exemplo: há quem esteja mais interessado em vender, mas também há quem preze mais pela geração de leads.

Confira a seguir alguns dos principais critérios adotados pelos programas de afiliados!

Custo por venda

O custo por venda é a modalidade onde o afiliado recebe uma comissão sobre as vendas geradas a partir do seu link de divulgação. O percentual dessa comissão pode variar de acordo com as regras de cada marca.

Custo por clique

Já os cliques nos links do afiliado rendem um valor fixo de comissão. Isso independentemente da plataforma utilizada para divulgação do produto ou serviço. Nessa modalidade, a comissão é paga a partir de critérios estabelecidos pela própria empresa: a cada 100 cliques, ou a cada 3 meses, por exemplo.

Custo por ação

A comissão do custo por ação é concedida ao afiliado somente se o acesso gerado pelo link dele executar alguma ação dentro do site da empresa. Geralmente, essas ações são especificadas previamente, para que as campanhas sejam produzidas em cima desse critério.

Custo por mil impressões

Lembra quando falamos que nem toda modalidade de programa de afiliados tem como foco somente a venda? O custo por mil impressões é um belo exemplo disso! Nesse formato, o afiliado recebe a sua comissão quando o banner da marca registra mais de mil visualizações.

Custo por formulário

Outro exemplo claro de que o marketing de afiliados comissiona em diversas métricas é o custo por formulário. Nessa modalidade, a marca remunera o afiliado pela quantidade de formulários preenchidos por meio dos canais digitais dele.

Custo por lead

Por último, mas não menos importante, o custo por lead tem relação com o custo por ação. Porém, para gerar o valor de comissão, o lead passará por uma validação da própria empresa, seguindo critérios de qualidade.

Canais mais utilizados para divulgar produtos no marketing de afiliados

Confira a seguir alguns dos canais de divulgação de produtos e serviços que mais trazem resultados.

Redes sociais para marketing de afiliados

Dentro do programa de marketing de afiliados, as redes sociais podem ser utilizadas para exercer a sua influência sobre amigos e seguidores. Por meio das redes é possível influenciá-los a comprar aquilo que você está ofertando.

Essa é uma importante etapa, pois a indicação de um amigo ou conhecido tem muito mais influência na decisão de compra das pessoas do que os influenciadores digitais. Além disso, as redes sociais também são ótimas plataformas para você construir uma audiência mais sólida, desenvolvendo estratégias que façam seus seguidores se tornarem clientes.

Porém, é importante ressaltar que o alcance orgânico dessas plataformas é bem limitado. Por isso, investir em Social Ads é indispensável. A estratégia permitirá a criação de anúncios e a segmentação do público, de acordo com o perfil do seu público-alvo. Isso te ajudará a alcançar as pessoas certas e atrair uma audiência mais qualificada para trabalhar suas estratégias de conversão.

Site ou blog para marketing de afiliados

Ter seu próprio site ou blog permitirá que você tenha total controle sobre o que irá vender e, principalmente, decidir de que forma fará isso.

Dentro dessas plataformas, você pode criar um site específico voltado apenas para vender o produto ou serviço em questão. Também pode criar um blog para falar sobre assuntos relacionados àquilo que você vende, associando um conteúdo de qualidade à um produto ou serviço de confiança.

Porém, é importante ter em mente que não basta apenas criar um site. É preciso, também, desenvolver técnicas de SEO, para se tornar autoridade no assunto e marcar presença nas primeiras posições do Google. O SEO é um dos principais pilares que sustentam um blog ou site de sucesso. Por isso, é vital investir nessa estratégia caso você opte por vender nessas plataformas.

Junto às técnicas de SEO, também é muito importante trabalhar com marketing de conteúdo para ter uma estratégia de produção de conteúdo 100% focada em atrair, engajar, converter e fidelizar seus potenciais clientes.

Quer aumentar o tráfego do seu site? Então, invista em anúncios com gatilhos mentais nos canais onde seu público está. Assim, será possível captar cada vez mais visitantes e possíveis clientes para o seu site.

E-mail marketing

Para quem trabalha com marketing de afiliados, o e-mail marketing se faz indispensável em qualquer estratégia. Após atrair seus clientes potenciais pelas redes sociais, pelos anúncios ou por um conteúdo no seu site, chega a hora de trabalhar toda essa base com informações sobre o produto ou serviço que você vende. E é exatamente aqui que entra o e-mail marketing.

Vender usando o e-mail marketing é uma consequência da estratégia de nutrição dos leads que traz ótimos resultados à quem utiliza essa estratégia da maneira correta, no momento certo e com os clientes melhores preparados para receber essas informações.

marketing de afiliados

Quais as melhores plataformas de marketing de afiliados?

A internet está repleta de opções de plataformas de marketing de afiliados que são realmente muito boas. Confira a seguir as maiores e mais relevantes plataformas e escolha conforme os seus objetivos e estratégias!

Hotmart

Se você chegou até aqui, com certeza já ouviu falar na Hotmart. Essa é uma das maiores plataformas de marketing de afiliados, que reúne mais de 1,3 milhão de usuários. Somente em 2019, a Hotmart teve um aumento de 80% em seu faturamento.

A plataforma é focada na venda de infoprodutos, principalmente cursos, e oferece um suporte muito completo para quem deseja um bom ambiente de estudos.

Monetizze

A Monetizze também faz parte da lista de maiores plataformas de marketing de afiliados e, além das vendas em si, também permite a realização da gestão completa das suas métricas. Isso porque a plataforma permite a integração com o Google Analytics, garantindo uma análise mais assertiva dos dados e maior conversão.

Eduzz

Por último, mas não menos importante, a Eduzz é uma plataforma focada em produtos digitais e possui uma plataforma de aperfeiçoamento para seus produtores e afiliados, a Academia 360.

A Eduzz possui inúmeras vantagens e, dentre elas, é que a plataforma possui as menores taxas do mercado, o que proporciona um faturamento maior. Além disso, com a Eduzz, os afiliados têm a possibilidade de receber os ganhos em até dois dias e ferramentas muito importantes que permitem identificar e tentar recuperar um cliente que tenha abandonado o carrinho, por exemplo.

Esta última vantagem garante maior índice de conversão para o afiliado que, ao trabalhar bem aquele prospect conseguirá torná-lo um cliente.

Vantagens de trabalhar com marketing de afiliados

Entender o quanto uma empresa pode lucrar facilmente com o marketing de afiliados é muito fácil. Mas, para quem é afiliado, será que vale a pena? A nossa resposta é sim! E nós vamos te explicar o porquê!

As vantagens de trabalhar com marketing digital de afiliados são muito interessantes. E é por conta disso que há milhares de pessoas interessadas em começar a empreender nesta área.

As principais vantagens de se trabalhar com afiliação são que:

  • O investimento inicial é muito baixo;
  • Não é necessário desenvolver nenhum produto;
  • Flexibilidade na jornada de trabalho;
  • É possível vender para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo;
  • Você determina seu modo de trabalho;
  • Não existe quase nenhum risco;
  • Os ganhos podem ser mais controlados.

Como começar no marketing de afiliados

Se você quer começar a trabalhar com marketing de afiliados, mas não sabe como e nem por onde começar, prepare o papel e a caneta. Confira a seguir como criar um planejamento e desenvolver uma estratégia sólida para ter muitos ganhos com o marketing de afiliados.

Mas, antes disso, é preciso dizer que, quem deseja se tornar um afiliado precisa de uma grande dose de dedicação e disciplina. É possível, sim, ter bons resultados com o marketing de afiliados, mas eles não vão cair do céu. 

Por isso, é extremamente importante criar um planejamento estratégico, definindo todas as estratégias e ações que adotará no seu processo de captação e vendas.

Crie uma estratégia sólida

Uma estratégia sólida consiste em traçar um plano de ação para atingir as suas metas e objetivos com o marketing de afiliados. Você pode começar a traçar esse plano respondendo a algumas perguntas, como:

  • Em que nicho deseja atuar?
  • Quais problemas você pretende resolver?
  • Qual o tipo de abordagem pretende utilizar com seu público-alvo?
  • Quais canais você utilizará para captar leads?
  • Como será o processo de prospecção desses leads para torná-los clientes?

Ao responder essas perguntas, é possível definir um plano de ação inicial. Mas, atenção: é muito importante planejar todas as suas ações antes de começar a executá-las. Isso fará muita diferença no resultado final.

Procure por ofertas de afiliado em seu nicho

Agora que você já definiu seu nicho de mercado e suas estratégias para conquistá-lo, é necessário procurar por programas de afiliados existentes neste nicho. Neste momento, é importante identificar os produtos mais rentáveis, se atendem às suas expectativas, se estão envolvidos com os problemas que você pretende resolver e a compatibilidade com o público alvo que deseja atingir.

Essa análise é muito importante, pois não basta apenas escolher um produto rentável, se ele não tem a ver com o seu perfil de cliente ideal ou se ele não atende a alguns dos critérios que você estabeleceu no planejamento estratégico.

Ao encontrar um produto que se adeque a tudo o que você deseja, afilie-se a ele e parta para a próxima etapa!

abra a sua empresa

Defina um modelo de atuação

Lembra que lá no planejamento estratégico você definiu quais canais de marketing iria atuar para divulgar seus produtos? É agora, nessa etapa, que você vai destrinchá-los e montar estratégias para cada um deles. 

Por isso, eu te pergunto: quais são as mídias que você pretende trabalhar? Pretende criar um blog ou site? Essa página terá apenas um nicho específico ou será um site comparador de produtos? Vai trabalhar com campanhas e anúncios ou somente com conteúdos otimizados em SEO? Com quais redes sociais pretende trabalhar? Qual será sua frequência de posts?

Após traçar todas essas estratégias, acredite: seus próximos passos serão totalmente diferentes. Você conseguirá criar uma consistência bem maior nas redes sociais, agregar mais valor ao seu produto e criar um relacionamento de confiança mútua com a audiência.

Construa sua marca

A construção de marca é indispensável para o marketing de afiliados. Independentemente se você quer criar apenas um blog pequeno para criação de conteúdo sobre determinado nicho, ou um site bem maior para divulgar ofertas, promoções e novidades, você precisa construir a sua marca. 

É com a marca que você trará mais credibilidade àquilo que vende. Uma marca bem construída e sólida é determinante para o sucesso das suas vendas. É ela quem vai agregar valor ao seu público-alvo.

Você pode ter o melhor produto de todos, oferecer o melhor serviço ou a melhor solução, se não tiver uma marca bem estruturada, nada disso adiantará!

Além de construir sua marca, também é muito importante que você a registre. Registrar uma marca trará mais segurança ao seu negócio e passará mais credibilidade aos clientes.

Use a criatividade

A criatividade é outro fator chave para ter sucesso com o marketing de afiliados. Mas, de onde tirar tanta inspiração para ativar a criatividade? A resposta para isso é muito simples: monitore a sua concorrência.

A concorrência é um termômetro muito claro do que está, ou não, dando certo no atual mercado do marketing de afiliados. Analisá-los e entender como eles trabalham te ajudará a antecipar suas estratégias e planos de ação, te deixando à frente do mercado competitivo para pegar uma boa fatia desses mercados.

Invista em anúncios voltados ao marketing de afiliados

Os anúncios podem ajudar a escalar o seu crescimento com o marketing de afiliados. Há inúmeras estratégias que podem te fazer vender mais, basta encontrar quais delas conversam melhor com o seu público-alvo e convertem mais.

Os anúncios são muito importantes, principalmente na fase inicial do negócio, quando ainda não existe uma base de leads e clientes formada. Mas esse tipo de formato também é essencial para as fases seguintes, pois os anúncios são ideais para impulsionar as vendas por meio de promoções ou de uma simples divulgação, por exemplo.

Invista em SEO e produção de conteúdo

Além dos anúncios pagos, também é essencial investir em SEO e tráfego orgânico, a fim de manter o seu negócio na melhor posição possível dos mecanismos de busca.

Apesar de os anúncios serem sempre efetivos, é por meio de uma boa estratégia de conteúdo SEO e na publicação de materiais relevantes que se encontra a chave para receitas recorrentes. 

E o motivo para isso é muito simples! Os anúncios têm vida curta e encerram a divulgação assim que saem do ar. Já os conteúdos em blogs e as estratégias de SEO são permanentes. Isso significa que investir em produção de conteúdo e em ferramentas de marketing digital gera resultados por tempo indeterminado.

Faça testes

Quando falamos em marketing de afiliados, não existe verdade absoluta. O que funciona para um, pode não funcionar para outro. Por isso, é muito importante testar estratégias, formatos, plataformas de vendas, produtos, planos de ação e tudo o que for possível. Quanto mais você testar, maiores e melhores serão as suas chances de escalar o seu negócio e ganhar mais.

marketing de afiliados

Mensure todos os resultados

Planejou e testou? Então, você precisa mensurar todos os resultados que obteve com cada estratégia. Para entender o comportamento do seu público em relação às suas ações, é indispensável olhar para as métricas. 

Somente com uma análise minuciosa dos seus resultados que será possível ter uma visão do que deu certo e do que precisa ser melhorado.

Crie estratégias para escalar seu negócio

Após realizar testes e ver como a sua audiência se comporta, é possível criar um modelo eficaz para divulgar seus produtos e serviços. Isso vai lhe proporcionar um Retorno Sobre o Investimento (ROI) positivo para a empresa, permitindo com que você escale ao máximo esse modelo.

Dessa forma, será possível aumentar o tráfego do seu site, os números nas redes sociais, o budget para publicidade e, em muitos casos, é possível até mesmo internacionalizar o modelo, levando-o para outros países. Consequentemente, tudo isso te fará lucrar muito mais.

É obrigatório ter CNPJ para trabalhar com marketing de afiliados?

É importante deixar claro que não é obrigatório ter um CNPJ para começar a trabalhar com marketing de afiliados. Você pode começar a vender como Pessoa Física.

Se você está começando agora, não tem ideia do valor que vai faturar nos próximos meses. Por isso, é interessante continuar como Pessoa Física. Dessa forma, é possível acompanhar a evolução e o crescimento do seu negócio para, aí sim, abrir um CNPJ.

Agora, se você percebeu um aumento nas vendas, percebe que está vendendo em escala, é recomendável que você se regularize e passe a vender por um CNPJ. Assim, você evita problemas com o Fisco, consegue comprovar sua renda, lida com menos encargos – que são bem mais altos quando se é Pessoa Física -, e garante que seu negócio estará 100% regularizado.

Abertura Simples

Vai abrir um CNPJ para marketing de afiliados? Conte com a ajuda do Abertura Simples para isso, estamos aqui para te ajudar e tornar esse processo muito mais fácil e rápido.

Entre as diversas vantagens do Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como Alvará de Funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Baixe o e-book completo “Como abrir uma empresa”

Tem dúvidas sobre as burocracias que envolvem abrir uma empresa? Seus problemas acabam agora! Abrir uma empresa demanda muitos processos, mas o Abertura Simples descomplica todas essas etapas para você. 

Faça o download gratuito do e-book “Como abrir uma empresa? Manual Completo” e confira o passo a passo para começar a trabalhar com marketing de afiliados. Baixe agora mesmo, é grátis!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!