5 primeiros passos para abrir empresa em Ponta Grossa

 em Abertura de Empresa, Associados

Já pensou em abrir empresa em Ponta Grossa? É necessário tomar alguns cuidados ao abrir uma empresa legal, pois esse é um processo burocrático e que demanda tempo. Para não levar prejuízos e nem danos que possam atrapalhar o funcionamento de um negócio, preste atenção nesses passos.

É essencial saber se a empresa está adequada, atendendo aos devidos requisitos e exigências da Prefeitura. Dessa forma, com um empreendimento regularizado, você não ficará sujeito às multas da legislação vigente.

Porém, muitos empreendedores ainda têm dúvidas sobre o processo e documentos necessários para abrir empresa em Ponta Grossa. Por isso, o Abertura Simples disponibiliza esse artigo com dicas e informações para dar início em seus negócios. Continue lendo para saber mais:

Sobre Ponta Grossa

A cidade paranaense abriga uma população estimada em 341.130 habitantes. Sua economia teve início com as atividades agrícolas porém, a partir da década de 80, seu desenvolvimento econômico teve um impulso, principalmente por conta da instalação de duas ferrovias. Novas industrias se instalaram, fazendo com que o parque industrial apresenta-se como o setor de maior destaque, ocupando a terceira posição no ranking paranaense.

Além disso, a posição geográfica estratégica e entroncamento rodoferroviário, aliados à oferta de grande variedade de matérias-primas, de energia elétrica, gás natural e mão de obra local especializada, fazem de Ponta Grossa um local ideal para a implantação e o desenvolvimento de diversas atividades econômicas.

Quais os passos para abrir empresa em Ponta Grossa?

1. Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

2. Tipos de atividade

Em seguida, é necessário que você identifique qual é o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

3. Tipos de Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações, que podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

4. Documentos necessários

Os documentos necessários para dar início ao processo de abertura de empresa em Ponta Grossa são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

5. Qual o processo para abrir empresa em Ponta Grossa?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a receita federal e a junta comercial e é iniciado o processo de abertura. A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do seu CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura de Ponta Grossa, que leva em torno de de 35 dias a três meses. Por isso, o ideal é solicitar o pedido de abertura de empresa com antecedência de pelo menos 30 dias.

É solicitado, no processo de abertura de empresa, realizar também a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Nossa equipe está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa.

Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir empresa em Ponta Grossa conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo.

Postagens Recentes
Mostrando 2 comentários
  • Responder

    Omitiu MUITA informação. Exigi-se MUITO mais.
    Se for alimentação por exemplo precisa ART de nutrição, plano de geração de resíduos solidos por técnicos de meio ambiente, prevenção de incêndio isso só pra começar o processo de alvará. Estou a 120 dias tentando regularizar um alvará onde não existe problemas com a documentação e as instalações da empresa é só burocracia mesmo. Me procure e te mostro quanto tempo demora uma vistoria.

pingbacks / trackbacks

Deixe uma resposta

Foto do centro da cidade, representando abrir empresa em Nova IguaçuPonte que liga a cidade à Cuiabá, representando abrir empresa em Várzea Grande