Skip to content

Psicologia das cores: a influência das cores no marketing de grandes empresas

O que você verá neste artigo:

Você já ouviu falar em psicologia das cores? Confira tudo a respeito do assunto e confira como as cores podem influenciar clientes e trazer impacto nos negócios!

Desde a antiguidade, até os dias atuais, as cores sempre fizeram parte de nossas vidas. Elas são uma forma de representatividade no mundo todo, envolvendo marcas e pessoas. A partir dessa percepção, surgiu o termo “psicologia das cores”, que diz respeito a como o nosso cérebro reage diante de estímulos causados por cada cor.

O homem busca as cores para se expressar e, muitas vezes, elas podem ter um significado sem uma descrição exata. Porém, também há casos onde uma cor ou um grupo inteiro delas são universalmente conhecido. Este é o caso dos sinais de trânsito, por exemplo, definidos pelo verde, amarelo e vermelho.

Você, com certeza, já ouviu as expressões “roxo de raiva” ou “vermelho de vergonha”, né? Não há como negar: somos atraídos por uma infinidade de tons e cores, que são utilizados para estimular e acalmar. E, no caso do marketing, as cores são utilizadas para vender!

Quando uma agência de publicidade escolhe uma cor para a campanha ou peça publicitária, pode ter certeza: os profissionais passaram horas pesquisando a cor ideal para atingir o público-alvo e equilibrar os tons da arte. Isso porque, a psicologia das cores também é uma estratégia de marketing digital que deve ser muito bem pensada antes de criar uma identidade visual para a sua marca ou para uma campanha.

Quer saber mais a respeito do termo e descobrir os impactos que cada cor nos traz? Então, continue a leitura e confira a importância da psicologia das cores no marketing e como elas interferem nos negócios.

psicologia das cores

O que é a psicologia das cores?

Transformar cores em sensações, essa é a premissa básica da psicologia das cores. A teoria tem como objetivo não apenas entender o significado de cada cor mas, também, o impacto que elas podem causar no cérebro humano.

A psicologia das cores é o estudo que mostra a forma como o nosso cérebro identifica e transforma as cores em sensações. Os primeiros estudos tiveram início em 1666, quando Isaac Newton descobriu que a luz branca, ao passar por um prisma, separava-se em diversas cores. Mais tarde, descobriu-se que a mistura e suas combinações resultavam em outros tons: o amarelo sendo a combinação do vermelho e do verde, por exemplo. 

No entanto, foi o alemão Johann Wolfgang Von Goethe que criou a teoria das cores como conhecemos. De acordo com o cientista, a cor não depende somente da luz e do ambiente. Ela também da percepção que temos do objeto. Ou seja, segundo ele, a identificação dos tons é subjetiva, porém, os efeitos das cores são universais.

A psicologia das cores e o marketing

De acordo com o estudo, cores quentes, como o vermelho, laranja e amarelo, são dinâmicas e estimulantes. Já as cores frias, como azul, roxo e verde, possuem propriedade calmante, são suaves e estáticas.

É importante ressaltar que os estímulos proporcionados sofrem alteração de acordo com sua aplicação e combinação. Ou seja, aprender sobre o uso correto das cores pode se tornar uma excelente estratégia de marketing, te ajudando a influenciar seus clientes da forma correta. Além de, claro, transmitir as sensações corretas a eles.

A evolução do marketing permitiu com que a psicologia das cores fosse cada vez melhor trabalhada. Cada vez mais, ela está trazendo resultados positivos para marcas de todos os portes e segmentos.

Confira a seguir alguns dos impactos que a psicologia das cores pode trazer para a sua marca.

A psicologia das cores influencia no reconhecimento da marca

Na internet, assim como no mundo off-line, as pessoas são bombardeadas por uma série de propagandas. Por isso, fazer um eficiente uso das cores garante que seu cliente te reconheça e atribua valores positivos à marca. E isso pode acontecer mesmo em meio a tantas outras marcas e informações.

De acordo com estudos, ao serem aplicadas corretamente, as cores podem aumentar em até 80% as chances de reconhecimento da sua marca. Outro benefício muito notável é que, quando uma cor é bem aplicada, ela facilita a leitura e a compreensão sobre sua marca, produto ou serviço.

ABS News. Clique aqui!

O aspecto visual é um fator decisivo

No marketing, é importante ter em mente que a maior parte do contato entre marca e cliente acontecerá visualmente. Neste segmento, não terá aquele vendedor simpático que cativa todos os clientes, nem aquele profissional que consegue decifrar as atitudes do consumidor para rebater todas as suas negativas e fechar a venda. 

Ao contrário disso, a boa combinação de cores é uma das únicas formas que você terá de persuadir o cliente e convencê-lo que a sua solução é a melhor para ele. Assim, o uso da psicologia das cores proporciona à marca a possibilidade de atuar diretamente no cérebro do consumidor, direcionando as sensações corretas. Dessa forma, deixa-se de lado o contato pessoal, uma vez que o cliente receberá apenas o impacto visual da marca.

Significado das cores no Marketing

Mesmo sabendo da importância que as cores possuem, é muito comum vê-las sendo deixadas como fatores de baixa prioridade nas estratégias de marketing de empresas dos mais diversos setores.

E esse é um grande erro que uma marca pode cometer. Afinal, de acordo com pesquisas, para 93% dos consumidores, a aparência visual é sim um fator principal da decisão final de compra. Ou seja, uma escolha equivocada da cor da sua marca, embalagem ou anúncio, pode culminar em resultados nada satisfatórios.

É importante ter em mente que cada pessoa responde de forma diferente a cores diferentes. E, se você souber como trabalhar isso da maneira correta, a estratégia poderá ser uma grande vantagem competitiva para a sua empresa. 

Continue a leitura e aprenda mais sobre o conceito de cada cor e como é necessário levá-los em consideração para alcançar melhores resultados nas estratégias de marketing.

Vermelho

A cor do fogo e da paixão também é muito utilizada na indústria de alimentos, pois o seu simbolismo remete à fome. Além disso, essa cor também é usada em campanhas de promoção, pois traz um senso de urgência. Ela estimula a ação, chama a atenção dos consumidores e se destaca em qualquer ambiente.

Significados: Raiva, paixão, fúria, ira, desejo, excitação, energia, velocidade, força, poder, calor, amor, agressão, perigo, fogo, sangue, guerra, violência.

Amarelo

Essa cor também é associada à fome e funciona como um estimulador de apetite. É por isso que podemos vê-la em destaque, junto ao vermelho no McDonald’s e Burger King, por exemplo. Quando utilizado separadamente, o amarelo pode transmitir otimismo, esperança e acolhimento. Além disso, é usado também para chamar a atenção das pessoas e ajudá-las com a sua concentração.

Significados: sabedoria, conhecimento, relaxamento, alegria, felicidade, otimismo, idealismo, imaginação, esperança, claridade, verão.

psicologia das cores

Laranja

Unindo a energia do vermelho e a felicidade do amarelo, o laranja é uma cor vibrante que passa a sensação de energia, desperta a criatividade e ainda ajuda a atrair clientes. As empresas utilizam o laranja especialmente para passar confiança. As marcas jovens dão muita relevância a essa cor para se mostrarem ativas, dinâmicas e convidativas.

Significados: Humor, energia, equilíbrio, calor, entusiasmo, vibração, expansão, extravagância, excessivo, flamejante.

Verde

O verde sempre foi muito associado à natureza e ao meio ambiente. Mas seu significado pode ser ainda mais amplo, por trazer um forte apelo à cura, harmonia e equilíbrio. Por isso, é comum ver hospitais e centros de saúde que utilizam dessa cor para passar uma sensação de calma e tranquilidade aos pacientes. Já para os ambientes corporativos, o verde passa a ideia de ponderação e coerência.

Significados: Cura, calma, perseverança, tenacidade, auto-consciência, orgulho, imutabilidade natureza, meio ambiente, saudável, boa sorte, renovação, juventude, vigor.

Azul

Já o azul pode trazer dois sentimentos diferentes, dependendo da tonalidade utilizada. O azul-claro provoca a sensação de higiene e frescor, além de sucesso e produtividade. Por sua vez, o azul-escuro é mais relacionado à confiança e poder, sendo utilizado frequentemente em marcas corporativas. É certo que o azul é uma cor mais sóbria e profunda, que pode ter um efeito real de tranquilidade nos clientes.

Significados: Fé, espiritualidade, contentamento, lealdade, paz, tranquilidade, calma, estabilidade, harmonia, unidade, confiança, verdade, confiança.

Roxo

O roxo é conhecido como uma cor da realeza e da nobreza há muito tempo. A cor pode remeter ao respeito e à sabedoria. Por isso, é muito utilizado em clínicas de estética, produtos de beleza, moda feminina e negócios que visam o bem-estar. Além disso, o roxo é muito utilizado em projetos relacionados à espiritualidade, misticismo e criatividade.

Significados: Erotismo, realeza, nobreza, espiritualidade, cerimônia, misterioso, transformação, sabedoria, conhecimento, iluminação.

Preto

É uma cor neutra que transmite a sensação de poder, força, elegância, além de sugerir mistério e memória emocional. Quando combinado a outras cores, pode refletir diversas simbologias. O preto é muito usado em tipografias, por se destacar das cores de fundo e ser mais legível.

Significados: Sofisticação, formalidade, elegância, riqueza, mistério, medo, anonimato, infelicidade, profundidade, estilo.

Branco

Também é uma cor neutra e, nesse caso, “pura”, que passa a ideia de limpeza e tranquilidade. O branco proporciona harmonia quando combinado a outras cores e cria uma impressão de luminosidade. No marketing de conteúdo, a cor branca é utilizada em blogs, materiais ricos e CTAs para dar maior destaque a eles.

Significados: Proteção, mesura, pureza, simplicidade, limpeza, paz, humildade, precisão, inocência, juventude, nascimento, inverno, casamento (culturas ocidentais), morte (culturas orientais).

Abra a sua empresa com quem é referência no Brasil. Abra a sua empresa no Abertura Simples! Saiba mais!

Como a psicologia das cores influencia as vendas?

Aplicar as cores certas, nos momentos certos, pode ser uma grande peça chave nas suas estratégias de marketing, resultando no aumento das vendas. É importante ressaltar que, quando falamos a respeito das cores, não estamos falando apenas da sua logo. Pelo contrário. 

É essencial que todas as estratégias de vendas do seu negócio estejam alinhadas com a sua identidade visual, para que o posicionamento da sua marca seja único. Afinal, de nada adianta ter um logo super charmoso e inovador e não produzir campanhas e ações de marketing que contenham as cores da sua identidade visual.

Por exemplo, ao criar um site e desenvolver a sua marca, é preciso avaliar se o design dele e da sua estratégia de marketing estão bem alinhados com o seu público-alvo. Mas, como isso pode ser feito? É simples, basta responder algumas perguntas, como: o site incentiva os clientes a clicar em links, engajar e explorar as ofertas? Os botões estão bem localizados e visíveis a olho nu? Essas são algumas perguntas que têm como base o Customer Experience e que, com certeza, fazem toda a diferença na sua estratégia visual e na experiência que o cliente terá com a sua marca.

É importante que cada detalhe seja avaliado e que a sua estratégia de cores e de comunicação não deixe o cliente entrar em dúvida de qual ação ele deve adotar. Isso porque, leva cerca de 90 segundos para que um consumidor tome a sua decisão de compra. E é durante esse tempo que a empresa deve utilizar o poder das cores para engajar o máximo possível com o cliente em potencial.

O engajamento da marca aumenta

Ao utilizar a estratégia visual correta, a sua marca se destaca. E, a partir daí, é certeza que qualquer ação de marketing ou campanha que você fizer, será instantaneamente reconhecida e abraçada pelo seu público-alvo. Isso se explica pelos dados apresentados a seguir:

  • Reconhecimento de marca: além de aumentar em 80% o reconhecimento da sua marca, as cores influenciam diretamente na confiança do seu cliente;
  • Razão de Compra: 85% dos consumidores colocam a cor como a principal razão de compra de um determinado produto;
  • Aspecto visual: no lançamento de novos produtos, um dos pontos mais importantes a ser considerado é o aspecto visual. Ele é o fator principal para chamar a atenção e conquistar a confiança do cliente, e consequentemente levá-lo a comprar.
psicologia das cores

Escolhendo a cor certa

Quando se trata de escolher a cor ideal, pesquisas mostram que identificar se o consumidor achará que a cor se adequa ao produto é muito mais importante do que a cor em si. Apesar de algumas cores realmente representem alguns traços, a maioria dos estudos acadêmicos sobre cores e marcas provam que é mais importante que a cor escolhida sustente a personalidade que você quer retratar do que tentar alinhar com associações de cores estereotipadas.

Lembre-se de que o contexto faz toda a diferença. O verde, por exemplo, pode significar calma, mas também pode estar relacionado à natureza ou ao dinheiro. O marrom, por sua vez, pode significar resistência ou abrir seu apetite, como nas propagandas de chocolate. No final das contas, é o humor, o sentimento e a imagem que influencia a persuasão. Ou seja, a psicologia das cores só deve entrar em jogo quando puder ser utilizada em harmonia com a personalidade da marca.

Abertura Simples

E aí, já sabe tudo sobre a psicologia das cores? Sabe como escolher as melhores para o seu negócio? Está pensando em mudar a identidade visual da sua marca mas não sabe quais cores utilizar? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Ficou com alguma dúvida? O Abertura Simples está aqui para te ajudar! Nossa equipe está à disposição para atender e responder a todos os seus questionamentos.

Entre as diversas vantagens do Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como Alvará de Funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Baixe o e-book “Como abrir uma empresa”

Vai abrir uma empresa, mas não sabe por onde começar? Saiba que esse é um processo um tanto quanto burocrático, que vai muito além da psicologia das cores ou de estratégias de marketing. São exigidos o cumprimento de exigências e muitas burocracias. 
Mas, não desanime, o Abertura Simples desburocratiza o processo para você! Faça o download grátis do e-book “Como abrir uma empresa? Manual Completo” e tenha acesso exclusivo ao passo a passo de como abrir uma empresa. Baixe agora mesmo, é grátis!

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!