Entenda os processos para abrir empresa em Cruz Alta

foto de um predio histórico da cidade, representando abrir empresa em cruz alta

Alguma vez você já pensou em abrir empresa em Cruz Alta? O sonho de muitos brasileiros é abrir o próprio negócio, adquirir a independência financeira e se tornar o próprio chefe. E, realmente, quando se tem uma boa ideia de negócio, o primeiro passo a se fazer é tirá-la do papel! Porém, um passo importante também é regularizar a empresa e obter todos os registros.

Com medo da burocracia que esse processo envolve, muitas pessoas acabam atuando na ilegalidade, e isso apresenta diversos riscos para o empreendedor. Por isso, demonstraremos a seguir que abrir e regularizar a sua empresa não é algo tão difícil assim. Nós, do Abertura Simples, podemos te ajudar com todos os procedimentos e documentos necessários! Continue lendo:

Sobre Cruz Alta

Cruz Alta é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Possui uma população estimada em mais de 63 mil habitantes, segundo dados de 2017, do IBGE. Com 70% do PIB oriundo do agronegócio, Cruz Alta vê sua economia crescer puxada por lavouras de alta produtividade, serviços de armazenagem e transporte – além do comércio de insumos e indústrias de beneficiamento. Destino estratégico de empresas do setor na região, tornou-se referência em investimentos em irrigação e silos para estocar a safra.

Quais os passos para abrir empresa em Cruz Alta?

Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

Tipos de atividade

Em seguida, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

Tipos de Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

Foto da cruz da cidade, representando a contabilidade em cruz alta

Documentos necessários

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em Cruz Alta são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Qual o processo para abrir empresa em Cruz Alta?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 7 a 10 dias.

Porém, para abrir empresa em Cruz Alta, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça.

Nossa equipe está à disposição para atender você em todas as etapas da abertura de sua empresa. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir empresa em Cruz Alta conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-cruz-alta/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Encantando clientes contábeis com Edilson Junior – ABS18

foto de edilson junior palestrante do abs18

Conheça a história de Edilson Junior, fundador da CF Franchising, e um dos palestrantes do ABS18!

Edilson Junior tem mais de 20 anos de exercício profissional dentro de empresas de Contabilidade. Formado pela UERJ e Pós graduado em Gestão de Tributos pela UFF, fundou a CF Franchising em 2016. Esta, é uma rede de franquias de serviços contábeis com mais de 20 unidades espalhadas por todo o Brasil. A CF Contabilidade conta atualmente com quase 1000 clientes e mais de 100 pessoas atuando a favor do empreendedorismo nacional.

Atuando com Contabilidade Consultiva desde o início de sua carreira, Edilson ajudou dezenas de empresários do segmento de concessionária de veículos a desenvolver seus negócios. Ele acredita que a melhoria da sociedade brasileira só ocorrerá através de dois fatores primordiais. O primeiro, a redução da carga tributária, e o segundo através da aproximação do Contador com o empresário.

Papo de Contador por Edilson Junior

Edilson também é um apaixonado por estar perto de pessoas e se relacionar com elas. Ele nunca se conformou em um escritório contábil não vender seus serviços. Portanto, em 2014 montou sua primeira estrutura comercial dentro da CF, hoje referencia para diversos escritórios e empresas contábeis.

No Youtube, desenvolveu um canal chamado Papo de Contador, onde já gravou mais de 50 vídeos tratando de assuntos diretamente relacionados ao dia-a-dia do Contador. O principal foco do canal é falar sobre Encantamento e Atendimento ao cliente. Um dos seus maiores jargões e que sempre é citado em seus vídeos é a palavra Energizaaaa. Ele a utiliza por crer que, apesar de todos os desafios da classe contábil nacional, é necessário estar energizado e positivando sempre!

Em sua palestra, “Como Fazer Up Sell com seus clientes”, Edilson Junior irá explicar diversas técnicas que ele utiliza dentro do seu negócio contábil para vender mais e encantar os clientes da Rede CF. Além disso, ele contará também um pouco de sua trajetória e como fundou uma das maiores redes contábeis.

#ABS18

Se você quer chegar mais longe, é hora de reservar o seu lugar no ABS18!

No evento, que acontecerá no dia 17 de maio, você terá um dia inteiro de palestras com grandes nomes da atualidade, no qual irão discutir as principais tendências, ferramentas e estratégias que vão determinar o futuro da Contabilidade. Além de Edilson Junior, também trouxemos +10 especialistas para te ajudar a superar todos os obstáculos e crescer em 2018. Participe do evento que irá transformar seu escritório contábil!

O evento é organizado pelo Abertura Simples.

Saiba mais sobre o evento e compre seu ingresso agora mesmo clicando no botão abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abs18″ target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]VENHA PARA O #ABS18[/mk_button]

Bolsa de Valores ou Tesouro Direto: Em qual investir?

ilustração de dois homens puxando uma corda, representando qual investir

Entenda a Bolsa de Valores e o Tesouro Direto e saiba em qual investir para fazer mais dinheiro

Está interessado em entrar no mundo dos investidores, aprender realmente como ganhar dinheiro enquanto está dormindo e fazer o dinheiro trabalhar para você? Quer saber como os ricos agem em relação á multiplicação de bens e o que eles fazem? Se é isso que você procura então este artigo vai ser de grande proveito para você. Confira esse artigo que explicamos o que é a Bolsa de Valores e o que é o Tesouro Direto, e entenda qual é melhor para você apostar. Saiba em qual investir:

O que é Bolsa de Valores e vale a pena investir?

Bolsa de valores é um ambiente organizado que promove o encontro entre investidores. Nela podem ser negociados títulos de renda fixa, ações, commodities, moedas e outros. Ela é responsável por estabelecer as regras de negociação com o intuito de fornecer um ambiente seguro e transparente para realização de negócios e tem como atribuições a listagem, registro, compensação e liquidação dos ativos mobiliários nela negociados.

A vantagem mais visível é poder ser dono (comprar ações) de uma pequena parte de grandes empresas ou de negócios com muito potencial. Pode-se também proteger preços de safras e dólar, negociar títulos de renda fixa e diversificar seu portfólio de investimentos.

Porém, apesar de ser muito atrativa para quem quer retornos interessantes, ela não é o lugar adequado para o investidor iniciante. A Bolsa de Valores é um mercado de renda variável, e entrar com capital nela sem nenhum conhecimento do seu funcionamento vai te expor a um risco enorme de acabar perdendo todo o seu dinheiro.

A bolsa de valores é um mercado de alto risco porque ela é influenciada por coisas como por exemplo:

  • Leis do governo;
  • Rumores de negócios
  • Negócios mundiais.

Além disso, rumores bastam para derrubar o valor de uma ação, e quando isso acontece….você perde dinheiro. Se alguém começa a falar que a Apple vai falir porque o novo Iphone está muito ruim na opinião dos usuários, as ações dela caem, por mais que o produto realmente esteja realmente bom e no fundo pouquissimos usuários estejam reclamando. Então além da influência de negócios entre empresas, leis do governo, rumores também são o suficiente para fazer você perder dinheiro o que faz do mercado de ações uma área para investimento de alto risco.

O que é Tesouro Direto e vale a pena investir?

Já o Tesouro Direto se trata de, basicamente, emprestar dinheiro para o dinheiro e adquirir títulos públicos. Quando o investidor quer resgatar seu dinheiro, ele pode vender os títulos de volta ao governo e receber o valor acrescido de acordo com as taxas que foram acordadas no início do contrato. É possível investir em três tipos de títulos: Tesouro Selic, Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+.

Uma das principais vantagens desse tipo de investimento é que ele é muito acessível. Você pode comprar e vender seus títulos através da internet e o valor mínimo para começar a investir é de R$ 30. Eles também possuem liquidez diária, já que o governo se compromete a recomprar os títulos todos os dias.

O único risco que você deve acompanhar ao investir em tesouro direto é o da inflação, porque ela influencia em certos tipos de títulos públicos, gerando uma volatilidade aos seus títulos e fazendo com que você ganhe ou perca dinheiro.

Então, em qual investir?

Bem, essa pergunta é um pouco difícil de responder, pois depende do tipo do que você busca. Questione a si mesmo:

  • Você quer ganhar dinheiro com possibilidades de altos ganhos? Aposte nas ações
  • Ou você quer um investimento seguro que vai te render X a longo prazo? Invista no Tesouro

Porém, se você é um iniciante, a melhor maneira de investimento continua sendo o tesouro direto. Principalmente porque a probabilidade de perda é ínfima. Então, isso pode aumentar a autoconfiança do investidor e ensina ao iniciante como funciona o mercado de investimentos, o que ele deve continuamente observar, o que deve ler etc.


E aí, já sabe em qual investir? Entendeu as diferenças entre a Bolsa de Valores e o Tesouro Direto? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

4 dicas valiosas de Marketing Digital para Microempreendedores Individuais

foto de uma mulher fazendo marketing digital para mei

Confira aqui algumas dicas de marketing digital para MEI e saiba como alavancar seu negócio

Quando o assunto é sobre marketing digital, empreendedores encaram isso como um assunto delicado, devido ao orçamento enxuto. O marketing de um empreendimento é fundamental para que este se mantenha na mente e nos corações dos clientes.

Todo empreendedor sabe que marketing digital nos dias de hoje é uma ferramenta imposta pelo mercado. Ela pode ser de grande ajuda para seu negócio, principalmente devido ao seu custo benefício. Fazer o empreendimento avançar é uma questão de adotar uma adequada estratégia nesse ambiente digital. E isso significa muito mais do que apenas ter um site ativo.

Por isso, apresentamos a seguir algumas dicas para microempreendedores individuais que desejam conquistar novos clientes e ver seus negócios alavancarem. Se você quer saber mais sobre marketing digital para MEI, continue lendo esse artigo:

Marketing Digital para MEI:

Seu site é seu cartão de visitas

O ponto de partida para todas as outras ações de marketing digital continua sendo um bom site. Talvez isso não seja novidade, mas a função do site deve ser “vender” o serviço prestado pelo empreendedor, além de ser uma espécie de “cartão de visitas” virtual. Ou seja, é nele que você irá informar o que você faz, quais seus contatos, etc. Mantenha uma página simples mas bem-feita, direta, com as informações necessárias para que as pessoas te conheçam e saibam o que você faz.

Conteúdo sempre!

Existem diversas formas de divulgar seu empreendimento na internet e todas elas envolvem a produção de conteúdo de qualidade. Seja na hora de fazer uma divulgação direta de seu serviço e produtos, ou ao produzir um artigo sobre temas relevantes ao seu consumidor.

Ao criar conteúdo relevante para seu público, você se conecta com ele e fortalece o relacionamento. Isso porque você apresenta informação e resolução de problemas para ele, aumentando assim as chances de negócio. Manter uma página atualizada com conteúdos novos, como um blog ou um canal no Youtube, é a melhor forma de fazer isso.

Esteja nas redes sociais

Uma das melhores formas para complementar o trabalho de um blog são as redes sociais. Entenda como funciona cada rede, e avalie quais delas fazem mais sentido para o seu negócio, analisando também como seus clientes em potencial estão fazendo uso dessas ferramentas.

O Facebook, por exemplo, é utilizado pela maioria das pessoas para conversar, compartilhar conteúdos, ver e postar fotos, e não para comprar coisas. Logo, sua estratégia de marketing digital para MEI deve seguir esse uso. Não tente vender seus produtos ou serviços diretamente na rede social, mas sim relacionar-se com usuários, publicar seus conteúdos, etc.

SEO e links patrocinados

Com a tecnologia atual, é muito comum que as pessoas busquem na internet antes de comprar algum produto ou serviço. A empresa que tem um site bem posicionado nas buscas relacionadas a seu segmento, certamente sai na frente.

O trabalho de construção de posicionamento parte de uma metodologia conhecida como SEO, ou Otimização para Mecanismos de Busca, que se baseia na estrutura tecnológica do site, sua relevância e seu conteúdo.

O primeiro passo é utilizar uma boa plataforma para seu site que tenha uma estrutura amigável para o Google. A segunda etapa demanda que seu site seja linkado por outros, direcionando tráfego a ele: parceiros, blogs e sites de notícia podem ser um bom começo.

Por fim, é importante atentar ao conteúdo, como você já sabe. Uma boa prática de SEO é estabelecer palavras-chave para cada conteúdo. Para todo artigo ou post, identifique qual seria a palavra-chave principal e certifique-se de que ela esteja inserida no texto algumas vezes. A ideia é que o post se torne relevante para clientes que buscam por aquela palavra-chave e suas relacionadas.

Imagem com um botão do ebook de Marketing Digital

 


E aí, gostou dessas dicas de marketing digital para MEI? Conhece outras que poderiam ajudar mais empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Isso é Contabilidade Consultiva! Pedro Nery é um dos palestrantes do ABS18

foto de pedro nery palestrante do abs18

O contador como agente de transformação das empresas, isso é contabilidade consultiva! Conheça Pedro Nery, palestrante do ABS18

Pedro Nery é consultor organizacional, criador do canal Gestão de Sucesso e sócio da Marco Contabilidade Consultiva. Ele acredita que toda empresa pode alcançar o sucesso, desde que adote boas práticas de gestão. Como por exemplo, acertar nas estratégias, dominar as finanças, otimizar os processos e capacitar as pessoas. O contador pode ser o agente de transformação das empresas, assegurando a conformidade legal e implantando conceitos e ferramentas de gestão, através da Contabilidade Consultiva.

Ele descobriu isso quando era diretor de outra empresa da família, a administradora de condomínios Marco Condominial, e passou por uma grave crise financeira, há 10 anos. Na época, a empresa não tinha um controle financeiro profissional e não fazia a escrituração contábil. Isso tornava impossível identificar as causas do problema e adotar ações corretivas. O seu contador tradicional só enviava guia de impostos e folha de pagamento. Ele não prestava nenhum tipo de participação na análise e tomada de decisão.

Contabilidade Consultiva com Pedro Nery

Tudo mudou quando contratou Glauber Machado, contador, para realizar uma consultoria de implantação do processo financeiro e contábil. Foi implantado um novo software de gestão integrada, os processos foram desenhados, as pessoas foram capacitadas e os sócios começaram a dominar os número da empresa. Ao final do projeto, chegou-se à conclusão que milhares de outras empresas também precisam do apoio de um contador. Porém, é necessário um que não se envolva somente nas questões burocráticas. Mas sim um que também ajude a sanar as dores do empresário, ajudando a ser um gestor melhor.

A Marco Contabilidade Consultiva surgiu para promover o sucesso das empresas através de contadores consultores. Para os empresários, ela presta serviços de assessoria e consultoria para implantar boas práticas de gestão e ajudá-los a alcançar os seus objetivos. Para os contadores, ela produz conteúdos para inspirá-los a ser tornar consultores, verdadeiros agentes de transformação da sociedade.

Em sua palestra, “Como se tornar um Contador Consultor”, Pedro Nery apresentará casos reais de como transformou o negócio dos seus clientes. Além disso, irá ensinará os 4 passos para se tornar um contador consultor!

#ABS18

Se você quer chegar mais longe, é hora de reservar o seu lugar no ABS18!

No evento, que acontecerá no dia 17 de maio, você terá um dia inteiro de palestras com grandes nomes da atualidade, no qual irão discutir as principais tendências, ferramentas e estratégias que vão determinar o futuro da Contabilidade. Além de Pedro Nery, também trouxemos +10 especialistas para te ajudar a superar todos os obstáculos e crescer em 2018. Participe do evento que irá transformar seu escritório contábil!

O evento é organizado pelo Abertura Simples.

Saiba mais sobre o evento e compre seu ingresso agora mesmo clicando no botão abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abs18″ target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]VENHA PARA O #ABS18[/mk_button]

Lições de empreendedorismo com Gustavo Kuerten (Guga)

thumbnail de rogerio fameli falando sobre as lições de gustavo kuerten

Olá, seja bem vindo ao Abertura Simples. Hoje eu queria compartilhar um pouco da história de uma pessoa fantástica e inspiradora: Gustavo Kuerten. O maior tenista brasileiro de todos os tempos pode te dar uma aula de empreendedorismo!

Eu acompanho de perto o Guga; ele tem uma marca que, pelas últimas notícias, está faturando por volta de R$ 250 milhões. Ele se transformou em um grande empreendedor, e ainda ajuda várias causas sociais. Mas muitos não sabem o que ele fez, e por isso eu queria contar como ele fez o impossível. Confira a matéria ou veja o vídeo:

História de Gustavo Kuerten

Para isso, precisamos voltar lá em meados dos anos 90, onde tinhamos a seleção de volei sendo campeã olimpica em 92, já em 94 a nossa seleção de futebol sendo tetra campeã do mundo, tinhamos também nosso querido Ayrton Senna. De repente, desabrocha também esse cara fantástico, que é o Guga. Mas antes dele ser campeão de um dos maiores torneios de tênis do mundo, o Roland Garros, ele enfrentou várias dificuldades. São os mesmos obstáculos que enfrentamos como empreendedores, que são necessários superar.

Para quem não sabe a história do Guga, ele teve uma infância muito difícil em Florianópolis. A primeira tragédia da sua vida foi com o irmão caçula, Guilherme. Ele sofreu uma privação de oxigênio, com isso teve danos cerebrais irreversíveis e problemas físicos. Mas a segunda não demorou muito a acontecer.

Incentivado sempre por seu pai, Aldo Kuerten, que era jogador de tênis amador e também árbitro, ele começou a jogar também quando tinha apenas 6 anos. Porém, 2 anos depois, seu pai, grande ídolo e incentivador, faleceu enquanto arbitrava uma partida de tênis infantil. Ele teve uma parada cardíaca fatal.

O que para muitos parecia ser um choque, mesmo sem incentivo do pai dele, ele continua no tênis e começa a ter grandes progressos. E qual é a diferença do Guga para uma pessoa normal? Desde cedo ele já sabia o que queria, e isso era algo realmente difícil. Ele queria chegar onde nenhum brasileiro havia chegado antes: ser campeão de um grande torneio de tênis.

Foi nesse momento que Gustavo Kuerten encontra Larri Passos, que vem a ser seu grande parceiro, mentor e treinador. Larri começa a incentivá-lo, treiná-lo e já encontra a primeira dificuldade, que era não ter um lugar para treinar.

Gustavo Kuerten no Roland Garros

Ele foi chorar as pitangas, dizer que não tinha condição, que o país não dá condições para o tênis e os esportistas? Não, Guga construiu a própria quadra e começou a treinar. Ele começa a participar de campeonatos, mas até então ele não tinha uma grande expressão. Até que ele chega no famoso Roland Garros.

Eu me lembro desse dia, em 1997. O Brasil inteiro assistia aquela final, e talvez, mesmo para quem não gostava de tênis, aquilo foi extremamente emocionante. Quem viu aquela final ao vivo sabe exatamente do que eu tava falando.

Aquele menino, que enfrentou todas essas dificuldades que comentamos aqui foi lá, com 21 anos, e ganhou um dos torneios de tênis mais importantes do mundo. Esse feito extraordinário é uma das lições que Guga ensina como podemos chegar no impossível.

Dicas de empreendedorismo de Guga

O Guga nos ensina a acreditar no impossível, e ele é um exemplo de quem foi lá e fez. Ele nos ensina a não tentar olhar as coisas pelo lado de dentro, mas sim tentar sair fora da caixa, para entender nosso negócio e onde queremos chegar. Ele tem uma história de resiliência, que mesmo com tantas dificuldades, conseguiu superar todos os obstáculos.

Sou fã do Guga, tanto como tenista como pessoa, porque ele ajuda muitas ONGs e pessoas. Além do mais, ele está sempre sorrindo. Você pode ver que em qualquer lugar ele está sempre de bom humor.

A maior lição que ele nos deixa é: vamos atrás do feito extraordinário, fazer o impossível. Vai ser difícil, especialmente para quem está começando a empreender, terá de passar pelos obstáculos que ele passou. Você terá de construir sua própria quadra, seus amigos não vão te ajudar, nem a sociedade e nem o governo. Muitos vão te chamar de louco, mas você vai lá e vai fazer porque você é campeão.

Então é isso que eu gostaria de deixar de legado aqui sobre o Guga e a história dele. Siga ele nas redes sociais, ele faz muitos trabalhos legais. Gostaria de agradecer também ao próprio Gustavo Kuerten por tudo que ele vêm fazendo, ajudando tantas pessoas, e deixar um grande abraço a todos os empreendedores.


Gostou desse conteúdo? Já conhecia a história de Gustavo Kuerten? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Saiba tudo o que é necessário para empreender em Presidente Epitácio!

foto de várias pessoas em time, representando como empreender em Presidente Epitácio

Para empreender em Presidente Epitácio, não basta apenas ter força de vontade e uma boa ideia. Essa é uma atividade que demanda muito planejamento, visão e foco. É necessário ter conhecimento sobre as burocracias da cidade e saber sobre a área na qual você vai empreender. Ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras do negócio também é essencial.

Com disposição para a aprender os itens essenciais, você vai conseguir transformar os seus projetos em realidade. Por isso o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para empreender em Presidente Epitácio e ter sucesso no seu negócio. Confira:

Tudo o que você precisa saber para empreender em Presidente Epitácio:

Sobre Presidente Epitácio

Primeiramente é preciso conhecer sobre a cidade na qual você irá montar o seu empreendimento. Presidente Epitácio é um município brasileiro do estado de São Paulo. Conta com uma população estimada em mais de 43 mil habitantes, segundo o IBGE. Possui o 3º maior Carnaval do Estado, com desfile de escolas de sambas e carros alegóricos, tendo em dias variados blocos carnavalescos. A festa traz a cidade aproximadamente 42.000 turistas.

Você tem o perfil para empreender em Presidente Epitácio?

Você quer trabalhar apenas por obrigação e ter uma renda fixa no final do mês? Ou quer usar suas habilidades para atingir uma realização pessoal e profissional?

Se você se encaixa mais no segundo perfil, deve ser uma pessoa que faz planejamentos a longo prazo, e que quer ter sucesso com eles. E quando falamos em sucesso, não queremos dizer necessariamente o êxito financeiro. Para muitas pessoas, sucesso é atingir alguma realização pessoal, ter mais tempo para passar com os familiares.

Se você bate de frente com os problemas e não fica quieto até conseguir resolvê-los, quer que seus projetos sejam seu maior orgulho, está sempre em busca de novas tarefas, soluções, fontes de renda, e não se preocupa com a rotina do dia a dia, você já tem a alma de um empreendedor.

Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Para empreender é preciso imaginação, não só apenas para a ideia do negócio, mas para saber lidar com ele. É necessário ser organizado e planejado, para evitar riscos e gastos desnecessários.

Um bom empreendedor tem que lidar bem com as pessoas, para ter um bom relacionamento com seus funcionários, colaboradores e clientes.

O mais importante é acreditar em si mesmo, e ter coragem para correr riscos. Dessa forma você alcançará os melhores resultados e terá sucesso no seu negócio.

Tenha uma ideia inovadora

Agora que você tem certeza de que será um bom empreendedor, saiba que para empreender em Presidente Epitácio é necessário ter uma ideia inovadora.

Se você tem alguma coisa específica que goste de fazer e acha que pode se tornar um negócio, você pode investir nisso. Trabalhar com o que ama pode ser uma opção viável para o sucesso. Busque por um diferencial, para se destacar no ramo.

Se não tiver uma ideia de negócio, faça uma lista de coisas que você acha que poderiam ser solucionadas pela sua empresa. No geral, uma empresa atua para resolver algum problema. Pense em como sua empresa poderá solucionar o problema do seu cliente. Alguns problemas podem ser identificados com uma conversa com os potenciais clientes. Outras vezes, o cliente nem sabe que tem um problema até uma solução aparecer.

Porque o cliente escolherá você ao invés do seu concorrente? O importante é ter algo específico. Você pode tentar trabalhar com uma proposta pouco explorada e inovadora.

Plano de negócios

Com uma boa ideia para empreender em Presidente Epitácio, está na hora de montar o seu plano de negócios. Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

foto de algumas pessoas conversando, representando empreender em picos

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É Preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

Você precisa de uma linha de crédito ou um investidor?

Se já teve a ideia, montou o plano de negócios, mas não tem capacidade financeira para começar, saiba que você pode conseguir uma linha de crédito. Os bancos comerciais públicos com carteira comercial, como Caixa Econômica Federal e o BNDES, tem uma linha exclusiva de créditos para ME e EPP.

Entretanto, as vezes os juros cobrados nessas linhas de créditos são muito altos e o seu negócio pode não conseguir suportar. Nesse caso, você pode optar por encontrar um Investidor para sua empresa.

Além de ajudar na parte financeira, os investidores podem auxiliar na gestão do seu empreendimento. Por isso é preciso estar disposto a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Classificamos os investidores por estágios de capital de risco. Mas, para negócios que estão em fase inicial temos o Investidor Anjo e o Investidor Capital Semente.

Os investidores anjos são pessoas físicas, em geral empresários de sucesso, que estão dispostos a investir em negócios que estão em fase inicial mas que tenham potencial de crescimento. Esse tipo de investidor não vai necessariamente fazer parte da empresa. Costumam investir na média dos R$ 50 mil a R$ 500 mil.

Já o investidor Capital Semente, costuma investir valores próximos de R$ 500 mil. Porém em empresas com uma ação de mercado mais definida, que já possuam clientes e tenha uma melhor definição sobre o modelo de negócios.

Saiba como precificar

Você sabe como precificar os serviços que sua empresa vai oferecer? Ele deve cobrir todos os custos de produção e distribuição, os encargos e ainda te proporcionar algum lucro. Para isso, é preciso ter um método de precificação, para te ajudar a ter praticidade no cálculo na hora da venda, e ter uma margem de um possível valor de desconto que pode ser viável oferecer.

Mantenha-se atualizado

Um empreendedor deve entender tudo sobre o mercado em que seu negócio está inserido. Para isso é preciso aprender e estar sempre atualizado sobre esse ramo. Faça cursos especializados, participe de eventos sobre empreendedorismo, converse com outros empreendedores. O mundo dos negócios está sempre em constante mudanças. Por isso é importante nunca deixar de adquirir conhecimento, dessa forma sua empresa nunca ficará para trás.

Primeiro passo para empreender: abrir a sua empresa

Sabemos que empreender em Presidente Epitácio envolve muitos riscos. Entretanto, com um planejamento detalhado, estratégia de negócios, dedicação e apoio de uma acessória contábil, pode apostar que o seu negócio terá sucesso. Agora que você já sabe como empreender, chegou a hora de abrir sua empresa.

Clique aqui para mais detalhes sobre como abrir empresa em Presidente Epitácio

Abertura Simples

Saiba que nós da Abertura Simples, podemos te ajudar a empreender em Presidente Epitácio. Disponibilizamos as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e comece a empreender com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-presidente-epitacio/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Tudo que você precisa saber para empreender em Picos

foto de algumas pessoas conversando, representando empreender em picos

Para empreender em Picos, não basta apenas ter força de vontade e uma boa ideia. Essa é uma atividade que demanda muito planejamento, visão e foco. É necessário ter conhecimento sobre as burocracias da cidade e saber sobre a área na qual você vai empreender. Ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras do negócio também é essencial.

Com disposição para a aprender os itens essenciais, você vai conseguir transformar os seus projetos em realidade. Por isso o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para empreender em Picos e ter sucesso no seu negócio. Confira:

Tudo o que você precisa saber para empreender em Picos:

Sobre Picos

Primeiramente é preciso conhecer sobre a cidade na qual você irá montar o seu empreendimento. Picos é um município do estado do Piauí. Conforme estimativa populacional de 2017,sua população era de mais de 76 mil habitantes. A região fiscal de Picos arrecada mais que as regiões fiscais de Parnaíba, Floriano e Campo Maior juntas. Perdendo apenas para a região fiscal da Capital Teresina.

Na cidade de Picos encontra-se uma das maiores frotas de veículos per capita do país, haja vista que o município possui em média um automóvel para cada três pessoas. São aproximadamente 27.000 veículos motorizados para 76.000 habitantes, dados de 2013.

Você tem o perfil para empreender em Picos?

Você quer trabalhar apenas por obrigação e ter uma renda fixa no final do mês? Ou quer usar suas habilidades para atingir uma realização pessoal e profissional?

Se você se encaixa mais no segundo perfil, deve ser uma pessoa que faz planejamentos a longo prazo, e que quer ter sucesso com eles. E quando falamos em sucesso, não queremos dizer necessariamente o êxito financeiro. Para muitas pessoas, sucesso é atingir alguma realização pessoal, ter mais tempo para passar com os familiares.

Se você bate de frente com os problemas e não fica quieto até conseguir resolvê-los, quer que seus projetos sejam seu maior orgulho, está sempre em busca de novas tarefas, soluções, fontes de renda, e não se preocupa com a rotina do dia a dia, você já tem a alma de um empreendedor.

Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Para empreender é preciso imaginação, não só apenas para a ideia do negócio, mas para saber lidar com ele. É necessário ser organizado e planejado, para evitar riscos e gastos desnecessários.

Um bom empreendedor tem que lidar bem com as pessoas, para ter um bom relacionamento com seus funcionários, colaboradores e clientes.

O mais importante é acreditar em si mesmo, e ter coragem para correr riscos. Dessa forma você alcançará os melhores resultados e terá sucesso no seu negócio.

Tenha uma ideia inovadora

Agora que você tem certeza de que será um bom empreendedor, saiba que para empreender em Picos é necessário ter uma ideia inovadora.

Se você tem alguma coisa específica que goste de fazer e acha que pode se tornar um negócio, você pode investir nisso. Trabalhar com o que ama pode ser uma opção viável para o sucesso. Busque por um diferencial, para se destacar no ramo.

Se não tiver uma ideia de negócio, faça uma lista de coisas que você acha que poderiam ser solucionadas pela sua empresa. No geral, uma empresa atua para resolver algum problema. Pense em como sua empresa poderá solucionar o problema do seu cliente. Alguns problemas podem ser identificados com uma conversa com os potenciais clientes. Outras vezes, o cliente nem sabe que tem um problema até uma solução aparecer.

Porque o cliente escolherá você ao invés do seu concorrente? O importante é ter algo específico. Você pode tentar trabalhar com uma proposta pouco explorada e inovadora.

Plano de negócios

Com uma boa ideia para empreender em Picos, está na hora de montar o seu plano de negócios. Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

foto de várias pessoas em time, representando como empreender em Presidente Epitácio

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É Preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

Você precisa de uma linha de crédito ou um investidor?

Se já teve a ideia, montou o plano de negócios, mas não tem capacidade financeira para começar, saiba que você pode conseguir uma linha de crédito. Os bancos comerciais públicos com carteira comercial, como Caixa Econômica Federal e o BNDES, tem uma linha exclusiva de créditos para ME e EPP.

Entretanto, as vezes os juros cobrados nessas linhas de créditos são muito altos e o seu negócio pode não conseguir suportar. Nesse caso, você pode optar por encontrar um Investidor para sua empresa.

Além de ajudar na parte financeira, os investidores podem auxiliar na gestão do seu empreendimento. Por isso é preciso estar disposto a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Classificamos os investidores por estágios de capital de risco. Mas, para negócios que estão em fase inicial temos o Investidor Anjo e o Investidor Capital Semente.

Os investidores anjos são pessoas físicas, em geral empresários de sucesso, que estão dispostos a investir em negócios que estão em fase inicial mas que tenham potencial de crescimento. Esse tipo de investidor não vai necessariamente fazer parte da empresa. Costumam investir na média dos R$ 50 mil a R$ 500 mil.

Já o investidor Capital Semente, costuma investir valores próximos de R$ 500 mil. Porém em empresas com uma ação de mercado mais definida, que já possuam clientes e tenha uma melhor definição sobre o modelo de negócios.

Saiba como precificar

Você sabe como precificar os serviços que sua empresa vai oferecer? Ele deve cobrir todos os custos de produção e distribuição, os encargos e ainda te proporcionar algum lucro. Para isso, é preciso ter um método de precificação, para te ajudar a ter praticidade no cálculo na hora da venda, e ter uma margem de um possível valor de desconto que pode ser viável oferecer.

Mantenha-se atualizado

Um empreendedor deve entender tudo sobre o mercado em que seu negócio está inserido. Para isso é preciso aprender e estar sempre atualizado sobre esse ramo. Faça cursos especializados, participe de eventos sobre empreendedorismo, converse com outros empreendedores. O mundo dos negócios está sempre em constante mudanças. Por isso é importante nunca deixar de adquirir conhecimento, dessa forma sua empresa nunca ficará para trás.

Primeiro passo para empreender: abrir a sua empresa

Sabemos que empreender em Picos envolve muitos riscos. Entretanto, com um planejamento detalhado, estratégia de negócios, dedicação e apoio de uma acessória contábil, pode apostar que o seu negócio terá sucesso. Agora que você já sabe como empreender, chegou a hora de abrir sua empresa.

Clique aqui para mais detalhes sobre como abrir empresa em Picos

Abertura Simples

Saiba que nós da Abertura Simples, podemos te ajudar a empreender em Picos. Disponibilizamos as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e comece a empreender com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-picos/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Saiba como criar um clima positivo na empresa com a gestão de conflitos

foto de uma mulher zen no meio de dois homens discutindo, representando a gestão de conflitos

Entenda a gestão de conflitos e saiba como manter o clima da sua empresa sempre positivo para todos!

O sonho de muitas pessoas é trabalhar em um ambiente harmonioso, em que todos consigam lidar com os problemas de forma tranquila. Porém, em uma organização, pessoas com personalidades, opiniões e vivências diferentes têm de conviver. E é inevitável passar por algumas complicações e desentendimentos.

É necessário saber como lidar e gerenciar bem essas situações para evitar que elas interfiram nas relações empresariais e impactem na produtividade dos colaboradores. Ou seja, é necessário ter uma gestão de conflitos eficiente, impedindo a desintegração e desarticulação das pessoas.

Um verdadeiro líder deve ser capaz de manter o ambiente corporativo saudável, e a gestão de conflitos tem uma série de benefícios nesse sentido. Por isso, apresentamos a seguir o que é esse conceito e também algumas dicas para tornar o clima da sua empresa mais positivo! Continue lendo:

O que é gestão de conflitos:

Os conflitos são presentes em todos os ambientes, organizacionais ou não, pois sempre que houver a convivência entre um grupo de pessoas. Inevitavelmente haverá divergências de ideias, objetivos, entre outros fatores.

No entanto, quando os colaboradores começam a discutir e divergir entre si, com uma posição negativa a respeito da opinião do outro, é necessário colocar a gestão de conflitos em ação para evitar problemas maiores.

Quando não tratados, pode acarretar no descontentamento das pessoas, problemas de relacionamento, redução da produtividade e muito mais. Diante disso se torna essencial estudar e conhecer melhor o assunto, que é ainda pouco abordado nas organizações. Mas afinal, como aplicar a gestão de conflitos na prática?

Identifique os problemas

Primeiro, identifique onde está o conflito ou problema. Avalie a postura de cada um, a forma como está trabalhando, o modo como trata as outras pessoas e a ocorrência de erros funcionários no dia-a-dia. Muitas vezes o conflito pode ser bem localizado. Mas cuidado quando perceber que pode extrapolar os limites de sua empresa. Esse caso pode acontecer se o funcionário tiver contato com clientes ou fornecedores externos.

Converse com os interlocutores daquela pessoa que você identificou como parte do problema. Pegue o máximo de informações e exemplos válidos para embasá-lo. Ademais, tente se colocar no lugar de cada envolvido para facilitar a interpretação dos fatos.

Incentive a participação de todos

O objetivo é resolver a questão da melhor forma possível, com o mínimo de consequência, certo? Então, a melhor forma de fazer isso é incentivando a participação de todos na resolução de conflitos.

Passamos a maior parte do nosso dia com nossos colegas de trabalho, e para o bem da empresa e dos funcionários, é preciso um ambiente harmonioso, tranquilo e sem perturbações. Por isso, peça que cada um fale sobre sua interpretação dos fatos. Mas fique atento a eventuais intensificações e potencializações do problema.

Ouça seus colaboradores

Após a identificação do problema e o reconhecimento dos envolvidos no conflito, faça uma reunião com eles. Ouça atentamente cada lado, procurando não interromper durante a explanação. Se necessário, envolva outras pessoas que estejam próximas dos implicados.

Faça um trabalho de engajamento

Sempre faça um trabalho de engajamento com todos os colaboradores de sua empresa. Mantenha a equipe unida e com o mesmo propósito, deixando claro que todos estão no mesmo barco e que o sucesso da empresa será o sucesso de todos.

Sempre que possível, chame a atenção aos valores da empresa e a conduta que cada um deve ter. Tenha o costume de dar feedback para seus liderados, apresente os êxitos conseguidos e também onde cada um pode melhorar.

Com essas dicas, é possível exercitar algumas práticas, evitando ao máximo a necessidade de intervenção da gestão de conflitos. Obviamente que um ou outro problema sempre existirá, mas o importante é que essas ocorrências sejam mínimas e as pessoas possam trabalhar com tranquilidade.


E aí, gostou do artigo de hoje? Já implementa a gestão de conflitos na sua empresa? Conhece mais dicas que poderiam ajudar outros empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

INFOGRÁFICO: Entenda o sucesso do seu cliente e o seu sucesso com o Customer Success

Confira um infográfico completo sobre Customer Success e saiba como conquistar o seu sucesso e do seu cliente

Investir no pós-venda é um diferencial competitivo importante no cenário atual. Empresas que suportam todas as etapas da experiência do cliente e o colocam como centro da estratégia por meio do Customer Success (CS) conseguem retê-lo e fidelizá-lo.

Customer Success, ou sucesso do cliente, é um conjunto de estratégias em que os seus clientes alcançam o resultado desejado por meio de interações com sua companhia. Não importa qual for o ramo de atividade da sua empresa, se você quer que seus clientes voltem a fazer negócios com você, o CS deve ser um condutor de todas as ações e propósitos.

Se você tem dúvidas sobre o assunto, ou ainda não conhece ao certo esse termo, montamos um infográfico completo. Nele, explicamos a estratégia, sua importância nas empresas e também como implementar no seu negócio. Confira para ver o sucesso do seu negócio e também o negócio do seu cliente! Continue lendo:

Infográfico Customer Success:

infografico de customer success

Confira também uma matéria completa onde explicamos o que é Customer Success e também suas vantagens: https://aberturasimples.com.br/o-que-e-customer-success-vantagens/


Gostou desse infográfico? Sabe de algo que faltou? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.