7 dicas para não ter problemas com juros na sua empresa nunca mais!

Foto de uma pessoa colocando moedas em montinhos, representando os juros na empresa

Quase sempre nossos olhos brilham com o anúncio de um produto parcelado em X vezes sem juros, porque sabemos que não pagar juros na empresa faz com que a gente economize dinheiro. Porém, muitas pessoas, ao decidirem abrir seus negócios, acabam ficando endividadas. Temidos e odiados, os juros têm má fama principalmente porque quase todo mundo conhece a história de alguém que se enrolou com uma dívida e teve dificuldade para sair do vermelho.

Resumidamente, juro é o preço que você paga para alguém que te emprestou dinheiro. Se você precisa de dinheiro e faz um empréstimo no banco, o banco te cobra um valor por esse serviço. Mas se você está em busca de formas de solucionar esse problema na sua empresa, confira as dicas que separamos a seguir! Continue lendo:

Como não ter mais juros na empresa:

1. Organizar as rotinas diárias

Planejamento, organização, prioridades e uma agenda são as chaves para um dia produtivo e sem surpresas assustadoras. Anote tudo que precisa ser feito, tenha na agenda as datas limites de pagamento de cada conta, autorize débito automático para as contas que puderes, assim não irá correr risco de pagar juros na empresa.

2. Não atrasar as contas

Se você é naturalmente esquecido, assim como muitas pessoas são, e tem o mau costume de esquecer de pagar as contas ou não sabe quando elas vencem, saiba que existe solução. Acesse a internet banking da instituição contratada e autorize o débito automático das contas que puderes.

Para aquelas que onde não está disponível essa opção, a melhor solução é tomar uma atitude na hora em que são recebidas, agendando o pagamento através internet banking para a data de vencimento. Tome cuidado para não realizar o pagamento em duplicidade! O Sistema de Gestão Financeira Flua ajuda a realizar esse controle, sinalizando que o pagamento das contas foi agendado.

3. Ter ciência do saldo na data de pagamento

É importante manter o controle do saldo da empresa através de um fluxo de caixa. Assim você terá a previsão da disponibilidade de dinheiro no dia de pagamento.

Lançar despesas e receitas em um software facilitará a gestão de seu saldo. Tanto do atual como do previsto para as datas desejadas. É simples, prático e ajuda a pagar zero de juros na empresa!

4. Planejar o pagamento das contas

Manter o histórico de gastos fixos é fácil, pois eles se repetem todos os meses (salários, internet, aluguel, etc).

Para estes gastos previsíveis, devemos provisionar a receita necessária para pagá-los, seguindo um dos princípios da contabilidade, de prudência. Por exemplo, nos últimos 12 meses a conta de luz variou entre R$ 400,00 e R$ 600, então, planeje sempre utilizando o maior valor, para não ter sustos.

Não planejar a sua previsão de gastos ou utilizar o valor menor do que o real como planejamento, podem ser motivos que você pagar juros.

5. Não misturar o dinheiro da empresa com o pessoal

Talvez um dos fatores mais importantes para se ter saúde financeira na empresa é nunca misturar o bolso dela com o do dono. Não use o dinheiro da empresa para pagar contas pessoais.

Se as contas pessoais estão desorganizadas, considere uma boa saúde financeira da empresa como uma das principais atitudes para transmitir saúde também para a vida pessoal. Caso a empresa não possa mais pagar seus sócios e funcionários, aí o problema será muito maior.

6. Saber quanto custa seu trabalho

Calcule quanto custa para realizar o trabalho que você entrega ao consumidor, seja ele produto ou serviço. Saiba quais são os seus gastos fixos (que pagará sempre) e quais são seus variáveis (que pagará se vender).

Defina uma margem de lucro justa a partir do custo que tem para fornecer ao mercado, considerando inclusive os custos financeiros de parcelamento. Não lucrar fará com que sua empresa adquira dívidas e juros, sobre juros, sobre juros…

7. Ter capital de giro

A sua empresa precisará parcelar, precisará comprar matéria-prima, passará por meses em que o mercado não costuma comprar de você e outros diversos motivos para ela tenha dinheiro em caixa.

Se você está ansioso para encher a conta bancária e tira mensalmente lucros da empresa, deixando ela zerada, saiba que logo endividará a empresa. Mantenha um capital de giro suficiente para a empresa seja saudável e funcional.


E aí, gostou das dicas para não pagar juros na empresa? Conhece outras que poderiam ajudar mais empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Como captar recursos para a minha empresa?

foto de rogerio fameli para a thumbnail do video de como captar recursos

Ola empreendedor, seja bem vindo ao Abertura Simples. Hoje vou falar sobre uma duvida que nossos clientes têm muito e que nós temos ajudado eles a solucionar, que é a captação de recursos para os seus negócios. Você está precisando de dinheiro para sua empresa? Vou te dar as três formas de como captar recursos para seu negócio e também como funciona cada uma delas. Vamos lá?

Três formas de captar recursos:

1. Sócio

A primeira é trazer um sócio, que pode trazer só o trabalho, mas ele elimina uma mão de obra e custo que você tenha, e de certa forma ele traz recursos indiretamente para sua empresa. Você pode trazer esse mesmo sócio que venha com um aporte de capital.

“Mediante um contrato, sócios se compremetem em trabalhra conjuntamente para desenvolver um negócio empresarial, qualquer que seja a forma jurídica utilizada.”

Por que deveria trazer para captar recursos

Um sócio é para quando você precisa de alguém que te complemente na gestão do negócio. Por exemplo: você é alguém com perfil comercial e não administrativo, ou vice-versa. Então você traz o sócio com essa determinada habilidade e ele te complementa na sua sociedade. Você não vai precisar pagar ele, então vocês irão crescer juntos.

Tem o sócio capitalista, que é quando você está precisando de recurso, ele vêm com o investimento. Mas, de repente, ele não te complementa em nada, que pode ser um risco, porque você pode tentar trazer um investimento bancário ou um investidor.

Para mim, o sócio tem que ter uma complementariedade, quando ele tem uma habilidade que você não tem. Quando ele consegue te ajudar em alguma área que você é deficitário, ou quando consegue suprir uma necessidade que você, por falta de tempo, não consegue suprir.

2. Financiamento Bancário

Se você tem crédito, seu nome não estiver negativado, então você vai até uma instituição financeira e pede um financiamento bancário, faz descontos de duplicatas, antecipação de recebíveis, um capital de giro e traz o recurso para sua empresa.

“É o ato pelo qual a pessoa física ou jurídica, por intermédio de um contrato, recebe um aporte financeiro de instituição bancária ou financeira.”

Por que deveria trazer para captar recursos

Primeiro, se a sua empresa está em um nível inicial, dificilmente ela vai ter financiamento bancário. Isso porque os bancos avaliam dar credito para sua empresa depois de um ou dois anos de existencia dela. Nenhum banco vai te dar crédito com três meses de empresa porque você ainda não tem histórico, por mais que você tenha faturamento.

Mas se sua empresa já tiver passado por esse período, o financiamento bancário funciona da seguinte forma: imagine que você tenha um negócio que te rentabiliza 10% ao mês e você vai pegar um financiamento a 2%. Vale a pena trazer um sócio, ou um investidor? Você precisará fazer essa conta, porque vale a pena tracionar com esse recurso de terceiros.

Todas as grandes empresas tem financiamento bancário, seja de bancos, operações estruturadas, com o BNDS, com capital estrangeiro. Todas elas têm em seus balanços uma parte de financiamento bancário porque compensa mais para elas trazer esse recurso do que vender uma participação ou trazer um sócio.

Em ambos os casos, se houver endividamento na empresa, o financiamento servirá para alongar esse endividamento a longo prazo. Então se você estiver precisando de R$30.000, por exemplo, e precisa pagar as contas daqui a 15 dias. Então você pega esse dinheiro, divide em alguns meses e consegue alongar essa dívida para te dar um fôlego e continuar tracionando seu negócio.

3. Investidor

A terceira forma é trazendo um investidor para sua empresa. Você faz um plano de negócios, diz porque você precisa desse investimento e cresce.

“Pessoa física ou jurídica que realiza aplicações com fins de investimento.”

Por que deveria trazer para captar recursos

Investidor não vem para quitar dívida e não vai investir um dinheiro na sua empresa para isso. Nesse caso, é melhor trazer um sócio, vender uma parte da empresa, reduzir seus custos ou pedir um financiamento bancário.

Ele está atras de um negócio que seja atrativo, onde ele coloca o dinheiro dele para tracionar o crescimento. Então quando você buscar um investidor, terá de preparar um plano de negócios, uma apresentação e dizer onde você vai colocar os recursos que obteve desse investidor e qual será o retorno que ele terá.

Hoje em dia, muitos investidores não querem se tornar sócios da empresa. Eles querem fazer um investimento e sair dali a 2, 3 ou 5 anos. Isso é uma coisa normal nesse mundo de investidores.


Então está ai, queria te deixar essas três dicas de como captar recursos na sua empresa. Gostou dessas dicas? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Passo a passo para empreender em Sete Quedas e ter sucesso nos negócios

Foto de muitas pessoas conversando e sorrindo, representando empreender em Sete Quedas

Para empreender em Sete Quedas, não basta apenas ter força de vontade e uma boa ideia. Essa é uma atividade que demanda muito planejamento, visão e foco. É necessário ter conhecimento sobre as burocracias da cidade e saber sobre a área na qual você vai empreender. Ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras do negócio também é essencial.

Com disposição para a aprender os itens essenciais, você vai conseguir transformar os seus projetos em realidade. Por isso o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para empreender em Sete Quedas e ter sucesso no seu negócio. Confira:

Tudo o que você precisa saber para empreender em Sete Quedas:

Sobre Sete Quedas

Primeiramente é preciso conhecer sobre a cidade na qual você irá montar o seu empreendimento. Sete Quedas é um município da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul, contando com população estimada em mais de 10 mil habitantes. As principais fontes de renda da cidade são a pecuária bovina, soja e o cultivo da mandioca. Surgiu como consequência da implantação do projeto integrado de colonização. Iniciou o projeto do novo núcleo urbano que passou a distribuir lotes aos interessados. As primeiras edificações foram: uma pensão e um bar.

Você tem o perfil para empreender em Sete Quedas?

Você quer trabalhar apenas por obrigação e ter uma renda fixa no final do mês? Ou quer usar suas habilidades para atingir uma realização pessoal e profissional?

Se você se encaixa mais no segundo perfil, deve ser uma pessoa que faz planejamentos a longo prazo, e que quer ter sucesso com eles. E quando falamos em sucesso, não queremos dizer necessariamente o êxito financeiro. Para muitas pessoas, sucesso é atingir alguma realização pessoal, ter mais tempo para passar com os familiares.

Se você bate de frente com os problemas e não fica quieto até conseguir resolvê-los, quer que seus projetos sejam seu maior orgulho, está sempre em busca de novas tarefas, soluções, fontes de renda, e não se preocupa com a rotina do dia a dia, você já tem a alma de um empreendedor.

Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Para empreender é preciso imaginação, não só apenas para a ideia do negócio, mas para saber lidar com ele. É necessário ser organizado e planejado, para evitar riscos e gastos desnecessários.

Um bom empreendedor tem que lidar bem com as pessoas, para ter um bom relacionamento com seus funcionários, colaboradores e clientes.

O mais importante é acreditar em si mesmo, e ter coragem para correr riscos. Dessa forma você alcançará os melhores resultados e terá sucesso no seu negócio.

Tenha uma ideia inovadora

Agora que você tem certeza de que será um bom empreendedor, saiba que para empreender em Sete Quedas é necessário ter uma ideia inovadora.

Se você tem alguma coisa específica que goste de fazer e acha que pode se tornar um negócio, você pode investir nisso. Trabalhar com o que ama pode ser uma opção viável para o sucesso. Busque por um diferencial, para se destacar no ramo.

Se não tiver uma ideia de negócio, faça uma lista de coisas que você acha que poderiam ser solucionadas pela sua empresa. No geral, uma empresa atua para resolver algum problema. Pense em como sua empresa poderá solucionar o problema do seu cliente. Alguns problemas podem ser identificados com uma conversa com os potenciais clientes. Outras vezes, o cliente nem sabe que tem um problema até uma solução aparecer.

Porque o cliente escolherá você ao invés do seu concorrente? O importante é ter algo específico. Você pode tentar trabalhar com uma proposta pouco explorada e inovadora.

Plano de negócios

Com uma boa ideia para empreender em Sete Quedas, está na hora de montar o seu plano de negócios. Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

Foto de um homem de camisa e gravata, representando como empreender em Sete Quedas

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

Você precisa de uma linha de crédito ou um investidor?

Se já teve a ideia, montou o plano de negócios, mas não tem capacidade financeira para começar, saiba que você pode conseguir uma linha de crédito. Os bancos comerciais públicos com carteira comercial, como Caixa Econômica Federal e o BNDES, tem uma linha exclusiva de créditos para ME e EPP.

Entretanto, as vezes os juros cobrados nessas linhas de créditos são muito altos e o seu negócio pode não conseguir suportar. Nesse caso, você pode optar por encontrar um Investidor para sua empresa.

Além de ajudar na parte financeira, os investidores podem auxiliar na gestão do seu empreendimento. Por isso é preciso estar disposto a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Classificamos os investidores por estágios de capital de risco. Mas, para negócios que estão em fase inicial temos o Investidor Anjo e o Investidor Capital Semente.

Os investidores anjos são pessoas físicas, em geral empresários de sucesso, que estão dispostos a investir em negócios que estão em fase inicial mas que tenham potencial de crescimento. Esse tipo de investidor não vai necessariamente fazer parte da empresa. Costumam investir na média dos R$ 50 mil a R$ 500 mil.

Já o investidor Capital Semente, costuma investir valores próximos de R$ 500 mil. Porém em empresas com uma ação de mercado mais definida, que já possuam clientes e tenha uma melhor definição sobre o modelo de negócios.

Saiba como precificar

Você sabe como precificar os serviços que sua empresa vai oferecer? Ele deve cobrir todos os custos de produção e distribuição, os encargos e ainda te proporcionar algum lucro. Para isso, é preciso ter um método de precificação, para te ajudar a ter praticidade no cálculo na hora da venda, e ter uma margem de um possível valor de desconto que pode ser viável oferecer.

Mantenha-se atualizado

Um empreendedor deve entender tudo sobre o mercado em que seu negócio está inserido. Para isso é preciso aprender e estar sempre atualizado sobre esse ramo. Faça cursos especializados, participe de eventos sobre empreendedorismo, converse com outros empreendedores. O mundo dos negócios está sempre em constante mudanças. Por isso é importante nunca deixar de adquirir conhecimento, dessa forma sua empresa nunca ficará para trás.

Primeiro passo para empreender: abrir a sua empresa

Sabemos que empreender em Sete Quedas envolve muitos riscos. Entretanto, com um planejamento detalhado, estratégia de negócios, dedicação e apoio de uma acessória contábil, pode apostar que o seu negócio terá sucesso. Agora que você já sabe como empreender, chegou a hora de abrir sua empresa.

Clique aqui para mais detalhes sobre como abrir empresa em Sete Quedas

Abertura Simples

Saiba que nós da Abertura Simples, podemos te ajudar a empreender em Sete Quedas. Disponibilizamos as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e comece a empreender com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo.

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-sete-quedas/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Conheça Altair Alves, um dos grandes nomes que é presença confirmada no ABS18!

thumbnail de altair alves para o abs18

Conheça Altair Alves, um dos grandes nomes que é presença confirmada no ABS18!

Altair Alves é formado em Ciências Contábeis pela Universidade de Santo Amaro, sócio da Soluzione Contábil e Coach Empresarial. Sua especialização é em gestão de pequenas empresas, e possui diversos cursos nas áreas de contabilidade, Marketing e empresarial.

Apaixonado por empreendedorismo, contabilidade e controle financeiro, Altair resolveu criar um canal de comunicação onde pudesse levar seus conhecimentos e experiências para outros profissionais. No Youtube, seu escritório possui mais de 800 vídeos publicados, com mais de 41 mil inscritos.

Marketing Contábil por Altair Alves

Altair é um dos grandes protagonistas do Marketing Contábil no Brasil. Foi um dos primeiros que conseguiram se ranquear no Google de forma orgânica. Segundo o próprio, seu escritório contábil passou um ano sem conquistar novos clientes. Quando começou a criar conteúdos para a internet e investir em marketing digital, diversas pessoas começaram a entrar em contato com a empresa. Logo nos primeiros meses, eles conquistaram doze novos clientes. Em seguida, ele introduziu-se no Youtube e começou a produzir vídeos como uma estratégia de conversão.

No #ABS18, ele irá contar toda sua trajetória para inspirar outros profissionais a construírem um Mindset positivo. Altair trará seus conhecimentos e experiências sobre o universo do Marketing Contábil em um bate papo muito interessante com outros contadores.

#ABS18

Se você quer chegar mais longe, é hora de reservar o seu lugar no ABS18!

No evento, que acontecerá no dia 17 de maio, você terá um dia inteiro de palestras com grandes nomes da atualidade, no qual irão discutir as principais tendências, ferramentas e estratégias que vão determinar o futuro da Contabilidade. Além de Altair Alves,  também trouxemos um time de especialistas para te ajudar a superar todos os obstáculos e crescer em 2018. Participe do evento que irá transformar seu escritório contábil!

O evento é organizado pelo Abertura Simples.

Saiba mais sobre o evento e compre seu ingresso agora mesmo clicando no botão abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abs18″ target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]VENHA PARA O #ABS18[/mk_button]

Você já ouviu falar em Neuromarketing? Saiba o que é e como ele pode te ajudar nas vendas

ilustração de um cérebro, representando o neuromarketing

Entenda o Neuromarketing, estudo que pode ajudá-lo a alavancar as vendas do seu negócio!

Entender a mente humana é a resposta para muitas perguntas e um dos caminhos para o seu sucesso. E é justamente isso que o Neuromarketing propõe, uma viagem para dentro da cabeça do consumidor.

Em qualquer campanha de marketing é preciso estudar o consumidor, entender suas preferências e moldar estratégias em cima desses resultados. Porém, diferentemente das técnicas convencionais, o neuromarketing vai além das respostas articuladas.

O melhor de tudo é que você também pode utilizar essa técnica para o seu pequeno negócio. Por isso, iremos apresentar aqui o conceito e também algumas dicas básicas que você mesmo pode colocar em prática para melhorar o desempenho da sua loja sem gastar dinheiro! Continue lendo:

O que é o Neuromarketing?

O neuromarketing é a junção da ciência com técnicas de marketing. Basicamente, são os estudos que permitem compreender o que se passa no cérebro do consumidor e suas reações quando uma pessoa é exposta a marcas, produtos e propagandas.

A técnica que identifica áreas do cérebro envolvidas no processo de compra e aceitação de uma marca é a aposta dos especialistas para prever o comportamento do consumidor. A intenção dos profissionais desta área é ir além dos questionários e pesquisas comuns.

Já faz algum tempo que os especialistas em marketing passaram a estudar o lado comportamental dos consumidores. Isso porque nem sempre – praticamente nunca – o ato da compra é baseado na racionalidade. O autor dinamarquês Martin Lindstrom, que estuda profundamente o comportamento do consumidor, afirma que 85% das compras são decididas pelo nosso subconsciente.

Porém, o assunto ainda é pouco abordado, envolto por técnicas e teorias ainda desconhecidas por muitos empresários. É importante saber como utilizá-lo a seu favor para poder potencializar as vendas do seu negócio! Confira as dicas abaixo:

Como o neuromarketing funciona?

Sabemos que, ao tomar uma decisão, podemos ativar três mecanismos do nosso cérebro: a razão, a emoção ou o instinto. O neuromarketing busca entender como cada um dos mecanismos é utilizado durante o processo de decisão de compra.

Algumas maneiras de usar o Neuromarketing para alavancar vendas são:

  • Desenvolver um envolvimento emocional forte com o consumidor, tornando seus amigos e familiares embaixadores da marca;
  • Assegurar que a sua marca represente a imagem do consumidor, suas inspirações;
  • Criar um “marcador somático”, ou seja, algo tão representativo emocionalmente que o consumidor jamais irá esquecer;
  • Lembrar-se que a audição é o sentido mais afetado pela propaganda, e não a visão, como se costuma pensar;
  • Ter em mente que grandes marcas produzem o mesmo sentimento nas pessoas que a própria religião.

Dicas para utilizar o neuromarketing a seu favor

Explore os sentidos

Já falamos aqui sobre o Marketing Sensorial, e ele pode ser uma ótima estratégia para que você decifre e conquiste o cliente no dia a dia. O som do motor de uma Harley Davidson, o barulho de abrir uma latinha, o cheiro do Big Mac são exemplos de como os nossos sentidos são provocados pelas marcas.

Essa estratégia busca explorar todos os sentidos (visão, olfato, audição, tato e paladar) como parte de diferenciação competitiva e posicionamento da marca. Alguns dos recursos mais comuns do marketing sensorial são a música, aromas, vitrines luminosas e degustação.

Libere a dopamina

Muitas decisões se baseiam em experiências positivas passadas. Comprar libera uma substância chamada dopamina, que uma das substâncias mais viciantes e sedutoras. O inconsciente grava essa lembrança e aguarda ansiosamente para uma nova injeção. Quanto melhor for a experiência de compra, mais tentado por comprar novamente de você ele ficará!

Utilize gatilhos mentais

Gatilhos mentais podem ser definidos como técnicas de persuasão, que estão relacionadas com as emoções e percepções sociais que todos nós temos.

Diante de tantas escolhas, nosso cérebro toma algumas decisões no modo “piloto automático” para evitar nosso esgotamento. É como se ele filtrasse quais decisões merecem mais atenção e, com as demais, ele fizesse exatamente o que já foi “educado” a fazer.

Temos também uma matéria em que explicamos tudo sobre os Gatilhos Mentais e cinco deles que você pode utilizar na sua estratégia de Marketing Digital.

Desperte o senso de urgência

Essa também é uma ótima estratégia de neuromarketing que pode ser explorada. Utilizar as frases como “últimas peças da coleção” ou “últimos dias da promoção” são exemplos simples de explorar o senso de urgência e que funcionam muito bem para que os clientes venham até você.

Mas cuidado: não gere o senso de urgência baseado em informações falsas. Isso pode quebrar a confiança do consumidor. Se você colocou um banner em seu site dizendo que a promoção só é válida para aquele dia, certifique-se de que ela seja encerrada ao fim do mesmo dia.


E aí, já sabe como começar a utilizar o neuromarketing para alavancar as vendas do seu negócio? Conhece outras dicas que poderiam ajudar mais empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

O que preciso fazer para abrir empresa em Presidente Prudente?

foto da cidade com alguns prédios ao fundo, representando abrir empresa em presidente prudente

Alguma vez você já pensou em abrir empresa em Presidente Prudente? O sonho de muitos brasileiros é abrir o próprio negócio, adquirir a independência financeira e se tornar o próprio chefe. E, realmente, quando se tem uma boa ideia de negócio, o primeiro passo a se fazer é tirá-la do papel! Porém, um passo importante também é regularizar a empresa e obter todos os registros.

Com medo da burocracia que esse processo envolve, muitas pessoas acabam atuando na ilegalidade, e isso apresenta diversos riscos para o empreendedor. Por isso, demonstraremos a seguir que abrir e regularizar a sua empresa não é algo tão difícil assim. Nós, do Abertura Simples, podemos te ajudar com todos os procedimentos e documentos necessários! Continue lendo:

Sobre Presidente Prudente

Presidente Prudente é um município no interior do estado de São Paulo. Sua população é estimada em mais de mil habitantes, segundo censo do IBGE. O setor terciário atualmente é a maior fonte geradora do PIB da cidade, seguido pela industria, e a agricultura é o setor menos relevante da economia de Presidente Prudente.

Quais os passos para abrir empresa em Presidente Prudente?

Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir uma empresa, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

Tipos de atividade

Em seguida, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: direcionado para lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

Tipos de Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

foto da cidade com um chafariz a frente, representando contabilidade em presidente prudente

Documentos necessários

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em Presidente Prudente são simples. Para os sócios, basta apresentar 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um, 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada, e 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, e 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Qual o processo para abrir empresa em Presidente Prudente?

Assim que toda a documentação for acertada, as informações são enviadas para a Receita Federal e a Junta Comercial e é iniciado o processo de abertura. A aprovação leva de 3 a 5 dias úteis após o envio, significando que você já terá o número do CNPJ. Porém, para emitir notas, é necessário estar cadastrado também na Prefeitura. No total, a média para completar esse processo é de 7 a 10 dias.

Porém, para abrir empresa em Presidente Prudente, é necessário também realizar a Análise Prévia da Viabilidade de Localização. Essa análise é feita pela Prefeitura para determinar se a empresa pode ou não utilizar determinado imóvel para determinado comércio.

Algumas pessoas escolhem um local que desejam se instalar, investem nesse imóvel, e só depois descobrem que não podem atuar ali. É muito tempo e dinheiro perdido, sendo que se contassem com o apoio de um profissional ligado nessa área, evitariam esse transtorno. Por isso, não se esqueça de fazer o pedido de Análise Prévia de Viabilidade do local.

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça.

Nossa equipe está à disposição para atender você em todas as etapas da abertura de sua empresa. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir empresa em Presidente Prudente conosco. Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo.

Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-presidente-prudente/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Saiba como criar um bom perfil de vendas para o sucesso do seu negócio

foto de rogerio fameli para a thumbnail do video de como criar um perfil de vendas

Assista o vídeo ou leia o texto para saber como criar um bom perfil de vendas para o sucesso do seu negócio

Seja bem vindo empreendedor, hoje vou tocar em um ponto que é crucial: Vendas! Eu sou um contador, não vendedor, mas vou deixar aqui algumas dicas de quem já abriu mais de 3.000 empresas nos últimos cinco anos. Essas dicas são muito importantes para o seu negócio.

Se você ainda está criando sua empresa, ainda não montou, ou mesmo que você já a tenha e está afim dessas dicas, eu vou te falar o que é importante para o seu negócio dar certo. Se você não tiver, talvez você precise de um sócio que tenha essas habilidades e conhecimentos. Vamos lá:

Criando um perfil de vendas

Você é um vendedor?

Você já se olhou no espelho e pensou “Eu sou um bom vendedor”? “Eu gosto de vender? Eu amo e quero vender?”. Se você não tem esse perfil, conte com um sócio ou com colaboradores que o tenham.

Você gosta dos seus clientes?

Vou te dizer uma coisa, empreender significa amar os seus clientes. Se você não gostar deles, você não está preparado para ser um empreendedor. Além disso, é necessário amar sua empresa também. “Mas Rogerio, é claro que eu amo minha empresa”, pois é. Mas você sabia que muitos empreendedores não pensam o mesmo? Que criticam a empresa, falam que ela está ruim, reclamam dos colaboradores, falam que o produto ou serviço estão ruins.

Conheça seu produto ou serviço

Talvez você não conheça bem seu produto ou serviço, e para complementar esse mundo de vendas e transformar sua empresa, é necessário mudar isso. Do contrário, você não vai conseguir vender.

Nunca pare de estudar o seu mercado

Agora vem o mais importante: aprender tudo sobre o seu mercado. Isso deve ser um processo constante, então coloque na sua lista de tarefas que você vai precisar fazer pesquisas recorrentes sobre seu mercado. O que está mudando, como estão atuando seus concorrentes, quais são as abordagens de marketing e vendas que eles estão tendo. Se você não conhecer seu mercado, não vai funcionar.


Englobe tudo isso para formar seu perfil de vendas! Gostou dessa dica rápida sobre como melhorar seu perfil de vendas? Conhece outras que poderiam ajudar mais empreendedores? Comente e participe para que possamos melhorar, cada vez mais, os conteúdos do Abertura Simples.

Entenda todos os passos para empreender em Barra Mansa

foto de algumas pessoas fazendo reunião, representando empreender em barra mansa

Para empreender em Barra Mansa, não basta apenas ter força de vontade e uma boa ideia. Essa é uma atividade que demanda muito planejamento, visão e foco. É necessário ter conhecimento sobre as burocracias da cidade e saber sobre a área na qual você vai empreender. Ter um panorama das habilidades administrativas e financeiras do negócio também é essencial.

Com disposição para a aprender os itens essenciais, você vai conseguir transformar os seus projetos em realidade. Por isso o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para empreender em Barra Mansa e ter sucesso no seu negócio. Confira:

Tudo o que você precisa saber para empreender em Barra Mansa:

Sobre Barra Mansa

Barra Mansa é um município situado no sul do estado do Rio de Janeiro, que conta com população estimada em mais de 179 mil habitantes. Contando com uma ocupação de mão-de-obra de cerca de 15 mil pessoas, o setor industrial apresenta crescimento de micro e pequenas empresas, responsáveis por 60% dos empregos nesta área.

Levando-se em conta a proximidade entre os municípios e a facilidade de locomoção criada por estes fatores, o setor industrial da região tornou-se um dos mais importantes do estado do Rio de Janeiro, dados o grande porte das instalações e a consequente presença das empresas fornecedoras de insumos, das prestadoras de serviços e das que terceirizam as operações das grandes empresas.

Você tem o perfil para empreender em Barra Mansa?

Você quer trabalhar apenas por obrigação e ter uma renda fixa no final do mês? Ou quer usar suas habilidades para atingir uma realização pessoal e profissional?

Se você se encaixa mais no segundo perfil, deve ser uma pessoa que faz planejamentos a longo prazo, e que quer ter sucesso com eles. E quando falamos em sucesso, não queremos dizer necessariamente o êxito financeiro. Para muitas pessoas, sucesso é atingir alguma realização pessoal, ter mais tempo para passar com os familiares.

Se você bate de frente com os problemas e não fica quieto até conseguir resolvê-los, quer que seus projetos sejam seu maior orgulho, está sempre em busca de novas tarefas, soluções, fontes de renda, e não se preocupa com a rotina do dia a dia, você já tem a alma de um empreendedor.

Ser um empreendedor vai muito além de ser seu próprio chefe. Para empreender é preciso imaginação, não só apenas para a ideia do negócio, mas para saber lidar com ele. É necessário ser organizado e planejado, para evitar riscos e gastos desnecessários.

Um bom empreendedor tem que lidar bem com as pessoas, para ter um bom relacionamento com seus funcionários, colaboradores e clientes.

O mais importante é acreditar em si mesmo, e ter coragem para correr riscos. Dessa forma você alcançará os melhores resultados e terá sucesso no seu negócio.

Tenha uma ideia inovadora

Agora que você tem certeza de que será um bom empreendedor, saiba que para empreender em Barra Mansa é necessário ter uma ideia inovadora.

Se você tem alguma coisa específica que goste de fazer e acha que pode se tornar um negócio, você pode investir nisso. Trabalhar com o que ama pode ser uma opção viável para o sucesso. Busque por um diferencial, para se destacar no ramo.

Se não tiver uma ideia de negócio, faça uma lista de coisas que você acha que poderiam ser solucionadas pela sua empresa. No geral, uma empresa atua para resolver algum problema. Pense em como sua empresa poderá solucionar o problema do seu cliente. Alguns problemas podem ser identificados com uma conversa com os potenciais clientes. Outras vezes, o cliente nem sabe que tem um problema até uma solução aparecer.

Porque o cliente escolherá você ao invés do seu concorrente? O importante é ter algo específico. Você pode tentar trabalhar com uma proposta pouco explorada e inovadora.

Plano de negócios

Com uma boa ideia para empreender em Barra Mansa, está na hora de montar o seu plano de negócios. Através dele, você conseguirá ter uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. Além do planejamento, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver esse planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento, pagamentos de funcionários e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também sobre o público que você deseja atingir, quem serão seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

foto de duas pessoas se cumprimentando, representando empreender em barra mansa

 

Resumo dos principais pontos do plano de negócio

O que é o seu negócio? É Preciso que você saiba qual a missão da empresa, o porquê ela existe e quais são os seus valores. Quais serão os principais serviços e/ou produtos oferecidos? Defina qual será a área de atuação da sua empresa, as obrigações fiscais e o setor de atividade.

É necessário deixar estabelecido quem serão seus principais clientes, quem é o público alvo. Faça uma análise de mercado sobre o que os clientes procuram no seu ramo de negócios. Analise também seus concorrentes, descubra a maneira como eles trabalham, quais são pontos negativos e positivos do seu método de funcionamento.

Qual será a estrutura operacional da empresa? Defina quantas pessoas serão necessárias na sua empresa e como acontecerá todo o funcionamento dela. Você sabe quem será o seu fornecedor? Faça pesquisas de preços, compare e encontre o que mais combina com a sua empresa.

Você não pode esquecer de construir cenários e desenvolver planejamentos estratégicos e de marketing. Monte um detalhado planejamento financeiro. Coloque informações sobre de onde virá os recursos e o que será feito com eles. Qual será o faturamento mensal, em quanto tempo espera que o capital investido retorne e como você irá lidar a longo prazo com as suas finanças.

Você precisa de uma linha de crédito ou um investidor?

Se já teve a ideia, montou o plano de negócios, mas não tem capacidade financeira para começar, saiba que você pode conseguir uma linha de crédito. Os bancos comerciais públicos com carteira comercial, como Caixa Econômica Federal e o BNDES, tem uma linha exclusiva de créditos para ME e EPP.

Entretanto, as vezes os juros cobrados nessas linhas de créditos são muito altos e o seu negócio pode não conseguir suportar. Nesse caso, você pode optar por encontrar um Investidor para sua empresa.

Além de ajudar na parte financeira, os investidores podem auxiliar na gestão do seu empreendimento. Por isso é preciso estar disposto a dividir informações, planos e até tarefas com quem investe na empresa.

Classificamos os investidores por estágios de capital de risco. Mas, para negócios que estão em fase inicial temos o Investidor Anjo e o Investidor Capital Semente.

Os investidores anjos são pessoas físicas, em geral empresários de sucesso, que estão dispostos a investir em negócios que estão em fase inicial mas que tenham potencial de crescimento. Esse tipo de investidor não vai necessariamente fazer parte da empresa. Costumam investir na média dos R$ 50 mil a R$ 500 mil.

Já o investidor Capital Semente, costuma investir valores próximos de R$ 500 mil. Porém em empresas com uma ação de mercado mais definida, que já possuam clientes e tenha uma melhor definição sobre o modelo de negócios.

Saiba como precificar

Você sabe como precificar os serviços que sua empresa vai oferecer? Ele deve cobrir todos os custos de produção e distribuição, os encargos e ainda te proporcionar algum lucro. Para isso, é preciso ter um método de precificação, para te ajudar a ter praticidade no cálculo na hora da venda, e ter uma margem de um possível valor de desconto que pode ser viável oferecer.

Mantenha-se atualizado

Um empreendedor deve entender tudo sobre o mercado em que seu negócio está inserido. Para isso é preciso aprender e estar sempre atualizado sobre esse ramo. Faça cursos especializados, participe de eventos sobre empreendedorismo, converse com outros empreendedores. O mundo dos negócios está sempre em constante mudanças. Por isso é importante nunca deixar de adquirir conhecimento, dessa forma sua empresa nunca ficará para trás.

Primeiro passo para empreender: abrir a sua empresa

Sabemos que empreender em Barra Mansa envolve muitos riscos. Entretanto, com um planejamento detalhado, estratégia de negócios, dedicação e apoio de uma acessória contábil, pode apostar que o seu negócio terá sucesso. Agora que você já sabe como empreender, chegou a hora de abrir sua empresa.

Clique aqui para mais detalhes sobre como abrir empresa em Barra Mansa

Abertura Simples

Saiba que nós da Abertura Simples, podemos te ajudar a empreender em Barra Mansa.

Disponibilizamos as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e comece a empreender com o Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa-barra-mansa” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR EMPRESA[/mk_button]

Saiba como abrir uma agência de marketing e tenha sucesso nos negócios!

foto de uma mulher trabalhando, representando como abrir uma agência de marketing

Você já pensou em abrir uma agência de marketing? O marketing é visto hoje em dia pela maioria das empresas como uma oportunidade melhor de competir no mercado. Muitos negócios estão investindo pesado em marketing para ganharem mais visibilidade. Além de proporcionar crescimento para essas empresas, também é uma ótima oportunidade de negócio.

Quem entende do assunto e deseja não apenas trabalhar na área, como também empreender, pode apostar em abrir uma agência de marketing. Mas para que o negócio dê certo, é necessário planejamento, investimento e dedicação! Pensando nisso, o Abertura Simples preparou um artigo com tudo o que você precisa saber para abrir uma agência de marketing e se dar bem nos negócios. Confira:

Tudo o que você precisa saber para abrir uma agência de marketing:

Tipo de agência

É necessário que, em primeiro lugar, você defina qual é o seu ramo específico de agência. Existem diversos tipos de agência de marketing, e querer abraçar o mundo, logo de cara, não vai ser uma boa ideia. É preciso ter foco! Por isso, entenda quais são os tipos de agência de marketing e defina claramente qual será sua especialização.

  • Agência de marketing digital
  • Agência de criação de layout para sites
  • Agência de desenvolvimento de aplicativos
  • Agência de SEO e marketing de conteúdo
  • Agência de marketing direto
  • Agência de endomarketing
  • Agência de branding e criação de marcas
  • Agência de eventos
  • E muito mais!

Com isso definido, é hora de seguir para o planejamento.

Plano de negócios

O plano de negócios serve para que o empreendedor tenha uma visão mais ampla sobre a empresa e o mercado no qual está inserida. No plano de negócios você irá definir assuntos como, os serviços que irá oferecer em sua agência. Além disso, o plano de negócios também detalha a questão financeira e os recursos humanos que você poderá contar para o desenvolvimento da empresa.

Para desenvolver o planejamento, é necessário juntar todos os investimentos de material, equipamento e maquinário. Além disso, deve-se pesquisar também quem serão seus futuros clientes, seus principais concorrentes, o mercado e muito mais.

Resumo dos principais pontos do plano de negócio:

  • O que é o negócio
  • Quais os principais produtos e/ou serviços
  • Quem serão os seus principais clientes
  • Onde será localizada a empresa
  • O montante de capital a ser investido
  • Qual será o faturamento mensal
  • Em quanto tempo espera que o capital investido retorne

Saiba a importância de ter um plano de negócios em sua empresa

Escolha o local

A localização é um dos fatores que mais influenciam no faturamento. Na hora de fazer essa seleção, é necessário levar em conta alguns aspectos, como o público alvo. Enquanto faz o planejamento para abrir uma agência de marketing, você irá definir a faixa etária e os interesses das pessoas que deseja atingir. Com isso em mãos, ficará mais fácil escolher a região em que essas pessoas estão presentes.

O ponto ideal para montar uma agência de marketing é um local com grande fluxo de pessoas, boa visualização e fácil acesso para os clientes. Verifique também se o cliente terá facilidade para estacionar. Você pode também optar por montar o seu estúdio na sua residência, porém cumprindo com a estrutura necessária.

É necessário também, ficar atento aos aspectos legais e regularizações de acordo com as licenças exigidas. Antes de fechar o contrato, deve-se consultar a Prefeitura para confirmar se a sua agência poderá funcionar naquele endereço escolhido. Verifique quais são as restrições da prefeitura para os planos da Lei de Zoneamento e do Plano Diretor da cidade.

Confira aqui 7 dicas para escolher o ponto comercial ideal para sua empresa

foto de um homem trabalhando, representando abrir uma agência de marketing

Estrutura e equipamentos

A estrutura para este tipo de empreendimento pode variar de acordo com o tipo de agência que você definiu, mas basicamente estão presentes na maioria delas as áreas de:

  • Planejamento
  • Atendimento
  • Criação
  • Mídia
  • Gestão

Os equipamentos são bem simples, semelhantes à de um escritório. É preciso ter um local para trabalho com:

  • Computadores
  • Acesso a Internet
  • Impressoras
  • Mesas e cadeiras confortáveis
  • Boa iluminação para leitura
  • Telefones

É preciso investir um pouco mais em tecnologia em uma agência de propaganda. Os computadores devem ser equipados com boas placas de vídeo e memória para suportar programas de edição básicos e amplamente usados por profissionais deste setor como Corel Drawn e Photoshop. É preciso ainda ter uma impressora de boa qualidade para impressão de amostras para que os clientes aprovem. Uma máquina fotográfica também é de extrema importância, para fotos usadas tanto em trabalhos como registro de peças.

Divulgação e dicas

A divulgação da sua agência é de extrema importância para o sucesso do seu negócio. O meio de divulgação varia de acordo com a localização e o público alvo escolhido. Não deixe investir na divulgação online, esse é principal meio de busca de serviços e produtos.

Nesse ramo, o Marketing Digital é essencial para fazer sua agência crescer. Utilize técnicas de SEO no próprio site, crie um blog, produza conteúdo de qualidade, administre bem as redes sociais e aplique todo o conhecimento que possuir para obter um bom posicionamento no Google.

Se você investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e dedicação, pode apostar que a sua agência terá sucesso.

Documentação necessária

Os documentos necessários para abrir uma agência de marketing são simples:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda;
  • Alvará de funcionamento;

Clique aqui e saiba o que você precisa para obter um CNPJ para sua empresa

Banner do e-book Guia de Abertura de Empresas

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo o processo para que a sua agência seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem abrir qualquer empresa conosco.

Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão o atendimento humanizado, serviço de entrega e recolhimento de documentos e o preço justo. Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e inicie seu projeto com a Abertura Simples de forma fácil clicando abaixo:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa/” target=”_blank” align=”left” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]ABRIR UMA AGÊNCIA DE MARKETING[/mk_button]

Passo a passo para escolher uma contabilidade em Presidente Prudente para seu negócio

foto da cidade com um chafariz a frente, representando contabilidade em presidente prudente

Saiba como escolher um escritório de contabilidade em Presidente Prudente! Toda empresa, independente do ramo de atuação e tamanho, demanda um certo conhecimento e dedicação do empreendedor para lidar com as diversas tarefas administrativas. Porém, algumas funções, como o controle e coordenação da contabilidade, exigem o auxílio de profissionais que sejam especializados no assunto.

Se você quer que sua empresa se mantenha regularizada e em constante crescimento, talvez seja a hora de contar com um bom contador. Por isso, explicaremos a seguir a importância de ter um bom contador junto à sua organização e como escolher o melhor profissional ou escritório de contabilidade em Presidente Prudente para auxiliá-lo na assessoria contábil. Continue lendo:

Mas afinal, o que faz um escritório de contabilidade em Presidente Prudente?

O profissional de contabilidade é a pessoa responsável por toda a área financeira, econômica, tributária e patrimonial de uma empresa. Assim como em Presidente Prudente e em todas as outras cidades, suas principais funções são:

  • controle do fluxo de caixa e estoque;
  • preenchimento e envio de obrigações acessórias;
  • escrituração de documentos e livros de entrada e saída da empresa;
  • emissão, registro de notas fiscais e pagamento de impostos (caso for acordado entre as partes);
  • entre tantas outras funções;

O contador pode ser também um grande aliado na administração e gerenciamento de um negócio. Se você contar com um bom profissional, ele pode auxiliar no planejamento estratégico, elaboração de relatórios gerenciais e também na tomada de decisões essenciais.

Para se tornar um profissional de contabilidade é necessário ter formação em Ciências Contábeis (superior) ou em Contabilidade (técnico). Além disso, é essencial ser registrado no CRC (Conselho Regional de Contabilidade) para exercer a profissão de forma regular e legal.

Importância do contador

Todo empreendedor sabe que a rotina é muito corrida para lidar com todas as questões de uma empresa. E muitas vezes, por mais qualificado e preparado que seja o profissional, ele não dispõe de todas as habilidades para lidar com todos os assuntos. A contabilidade é um exemplo.

Exercer algumas tarefas exigem certos conhecimentos específicos, domínio das práticas contábeis, e também desenvoltura para lidar com situações que, muitas vezes, estão fora do alcance do conhecimento do administrador.

E por mais que as atividades contábeis pareçam fáceis de resolver, a vida financeira, seus controles e obrigações periódicas devem ser tratadas com cuidado. O contador irá trabalhar para evitar todos os riscos e danos do seu negócio.

foto da cidade com alguns prédios ao fundo, representando abrir empresa em presidente prudente

COMO ESCOLHER UM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE EM PRESIDENTE PRUDENTE PARA SUA EMPRESA?

Você está com dúvidas para escolher um escritório de contabilidade em Presidente Prudente para o seu negócio? Ou está tendo problemas com o seu e resolveu trocar? Nem todo escritório oferece o mesmo tipo de serviço. O ideal é fazer uma boa pesquisa, buscando também referências e avaliando os preços e serviços oferecidos.

A seguir, daremos algumas dicas para que você, empreendedor, consiga escolher o escritório de contabilidade em Presidente Prudente que melhor atende à sua empresa:

Bom atendimento

Com toda a tecnologia que temos disponível hoje em dia, as respostas devem ser cada dia mais rápidas e precisas. Por isso, o escritório que você escolher deve estar pronto para atende-lo a qualquer momento. A recomendação é que você avalie todos os canais de comunicação do escritório como e-mail, site, redes sociais e telefones. A velocidade, disponibilidade, cordialidade e prestatividade do atendimento devem ser fatores significantes antes de fechar negócio.

Dizem que a escolha de um contador para uma empresa é como escolher um médico para sua família. Logo é necessário estabelecer um laço de confiança de longa duração. É essencial que seu escritório preste um bom atendimento, de forma que sua relação não seja prejudicada.

Infraestrutura

É importante analisar se o escritório de contabilidade está oferecendo a infraestrutura necessária para atender a sua demanda. Isso diz respeito tanto a tecnologia do escritório, quanto a quantidade de funcionários que eles podem oferecer. Existem escritórios com apenas um contabilista responsável, até gigantescas firmas com dezenas de empregados.Você pode avaliar a organização do espaço, o clima organizacional, a relação dos funcionários. Assim, é possível entender qual a melhor opção para sua empresa.

Deve-se observar também os aparatos tecnológicos que o escritório dispõe, logo que a relação entre empresas e governo se transformou drasticamente nos últimos anos. Os escritórios tiveram de se modernizar para garantir melhores resultados. Confira se o mesmo está com suas ferramentas em dia, recursos atualizados e preparado para as novas tecnologias.

Competência técnica

É fundamental ser atendido por profissionais capacitados e experientes, que se mantenham frequentemente atualizados principalmente a respeito das legislações tributárias e trabalhistas. Além disso, é essencial que essa competência esteja ligada a capacidade de resolução de problemas e definição de conceitos (e como aplica-los). O cliente não precisa especializar-se em assuntos tributários ou trabalhistas, mas o contador sim, e é necessário simplifica-los para poder facilitar a vida do cliente.

Para ter certeza da competência técnica de um escritório, você pode entrar em contato com o profissional e ter uma conversa sobre as principais dificuldades do empreendimento. A partir disso, peça também atualizações periódicas e matérias sobre seu segmento, medindo a profundidade de conhecimento desse profissional.

Relação custo x benefício

Assim que você identificar quais são as reais necessidades de sua empresa, busque por um profissional contábil que atenda a seus serviços específicos. Chega então o momento de avaliar a qualidade das atividades executadas na proporção do preço pelo qual é cobrado.

Profissionais com maior competência e conhecimentos específicos podem cobrar mais por seus serviços, mesmo que tenham uma estrutura menor. Isso porque a segmentação e especialização em nichos faz com que o escritório apresente soluções eficazes para determinados problemas. Da mesma forma que uma empresa pode cobrar mais barato por um produto, é o caso dos escritórios de contabilidade que prestam serviços básicos, como pagamento de impostos em dia.

Localização

O ideal é que o escritório esteja numa localização próxima e de fácil acesso da empresa. Quando o escritório atua na mesma cidade, fica muito mais fácil realizar reuniões e visitas pessoais ao escritório para verificar sua estrutura funcional, seus representantes e a dinâmica. Dessa forma, é possível economizar tempo e manter uma boa frequência de reuniões, que se aconselha que seja no mínimo mensal.

Não só pelo deslocamento, é importante ter um escritório de contabilidade na mesma cidade também pelo fato de que a legislação contábil e as obrigações tributárias podem ser diferentes de uma cidade para outra. Em alguns casos, as empresas encontram complicações com o IPTU e o ISS, além dos impostos municipais. Se o escritório estiver em outro município, isso se torna ainda mais difícil.

Sobre Presidente Prudente

Presidente Prudente é um município no interior do estado de São Paulo. Sua população é estimada em mais de mil habitantes, segundo censo do IBGE. O setor terciário atualmente é a maior fonte geradora do PIB da cidade, seguido pela industria. A agricultura é o setor menos relevante da economia de Presidente Prudente.


Abertura Simples

Temos nosso escritório de contabilidade em Presidente Prudente e em + de 50 cidades em todo o Brasil, abrindo empresas de forma rápida e segura. Além disso, oferecemos diversos serviços adicionais aos parceiros que decidem contar com nossos serviços contábeis.

Entre as diversas vantagens da Abertura Simples estão:

  • Sede física;
  • Atendimento humanizado;
  • Serviço de entrega e recolhimento de documentos;
  • Preço justo;

Entre em contato com nossos parceiros e saiba como ter o auxilio de um escritório de contabilidade para sua empresa em Presidente Prudente:

[mk_button dimension=”three” size=”medium” outline_skin=”dark” bg_color=”#54963D” text_color=”light” icon=”mk-li-portfolio” url=”https://aberturasimples.com.br/contabilidade/” target=”_blank” align=”center” id=”Buton ID” margin_top=”15″ margin_bottom=”15″]QUERO CONTABILIDADE[/mk_button]