Skip to content

Modelos de Pitch: o que é, como elaborar o seu e cases de sucesso

O que você verá neste artigo:

Você já ouviu falar em modelos de Pitch? Confira tudo a respeito deste recurso, aprenda a montar o seu e conheça cases de sucesso que podem te inspirar!

Tem dúvidas a respeito do que é um modelo de pitch? Saiba que esse é um recurso necessário para conseguir aporte de capital para a sua empresa, viabilizar ideias e projetos e, assim, garantir a inovação.

Para isso, a melhor estratégia é a criação do pitch. Por meio dele, o gestor pode apresentar a sua iniciativa, da melhor forma possível, para provar que sua ideia é viável. Para que isso seja possível, é preciso utilizar recursos visuais, didáticos e muito objetivos. Afinal, neste modelo será preciso defender suas ideias em poucos minutos.

Ficou curioso e quer saber mais a respeito? Então, continue lendo este artigo e confira na íntegra tudo o que você precisa saber sobre o pitch.

modelo de pitch

O que é um pitch?

Um pitch serve para todo o tipo de empresa que precisa convencer algum público a acreditar no seu negócio. Trata-se de uma breve apresentação do seu produto ou da sua marca. Ele possui o intuito de vender a ideia para sócios, parceiros, clientes ou investidores.

Dentro dessa apresentação, o gestor deverá expor a sua marca como um todo: sua solução seus diferenciais, o mercado em que irá atuar e o que está buscando. Tudo isso, em um tempo mínimo que pode ser de até cinco minutos. Isso é essencial, inclusive, para construir uma marca forte no mercado.

Todas essas respostas devem ser direcionadas para as particularidades do seu negócio, destacando seus diferenciais e tudo aquilo que o faz ser único. O objetivo é mostrar como é a sua ideia de empresa, qual seu nível de conhecimento e a sua capacidade de execução.

É importante destacar que o pitch não é uma reunião de negócios, tão pouco o fechamento de uma venda ou a formalização de uma parceria. Este é apenas o primeiro passo na largada, um primeiro contato com o cliente ou investidor que, futuramente, poderá investir ou comprar a sua ideia.

Para que serve um pitch?

A palavra “pitch” vem do inglês e significa “arremesso”. Isso representa o que, basicamente, o gestor deve fazer com essa apresentação rápida: “arremessar” a ideia ao investidor de forma com que faça que ele aceite jogar com você.

Em outras palavras, o intuito do pitch é instigar a curiosidade do possível investidor. É importante que ele ache a ideia interessante ao ponto de querer saber mais a respeito posteriormente. Assim, é possível detalhar todas as informações necessárias, de forma mais clara e rápida.

Os principais tipos de pitch de vendas

Apesar de a apresentação ter as mesmas características e o mesmo objetivo, a verdade é que o caminho pode ser longo, fazendo com que o empreendedor preciso de diferentes tipos de pitch de vendas para trabalhar determinado investidor. Por isso, é importante saber quais são os tipos de pitch e qual deles é o mais adequado para a sua iniciativa. Confira a seguir!

One-sentence pitch

O modelo consiste em resumir a empresa em apenas uma frase. Essa é a maneira mais breve de descrever um negócio. Por isso, é necessário utilizar elementos centrais para mostrar o valor da sua iniciativa.

Basicamente, a ideia do modelo é indicar:

  • Nome da marca;
  • O que está sendo desenvolvido;
  • Para qual mercado a empresa está direcionada;
  • Qual o problema soluciona;
  • Qual seu diferencial.

Elevator pitch

O elevator pitch pode ser traduzido como um “discurso de elevador”. Ou seja, trata-se de uma apresentação rápida sobre o seu negócio.

Não entendeu o que um elevador tem a ver com a história? É simples: imagine que você possui uma ideia de negócio incrível. Em determinado dia, você entra em um elevador de um prédio. Então, por acaso, encontra um investidor que pode alavancar a sua ideia. Você finge que não vê? Desperdiça a oportunidade? Não. Você usa aqueles segundos no elevador para convencê-lo de que vale a pena investir no seu negócio.

A intenção é despertar a vontade nele, fazendo com que o investidor queira continuar a conversa ou o convide para uma reunião para debaterem sobre a proposta. Desafiador, né?

É exatamente essa a premissa do modelo elevator pitch: uma apresentação curta, que pode durar de 30 segundos a 1 minuto. Para que seja efetiva, a estratégia deve se concentrar na proposta de valor, assim como no modelo one-setence pitch.

ABS News. clique aqui!

Pitch Deck

O pitch deck é uma apresentação de slides que dá suporte à fala. Geralmente produzidos em programas audiovisuais, como o Power Point ou o Prezi, ele é indicado para chamar mais atenção do público-alvo, enquanto o empreendedor realiza a sua apresentação.

Para que essa não se torne uma apresentação chata e que dê sono nos espectadores, é preciso despertar a atenção dos ouvintes. Use o layout da apresentação para trabalhar a imagem e mostrar a identidade do seu negócio, transmitir mais profissionalismo e, ainda, dar o toque de criatividade, que pode ser o seu diferencial em uma sequência de pitches.

Como elaborar um pitch de sucesso?

A principal ideia de um pitch é “vender seu peixe” de maneira clara, objetiva, atrativa e eficiente. Sempre com o intuito de conseguir parcerias, investidores e vendas. Porém, mesmo que muitos empreendedores já saibam do que se trata, eles não se sentem preparados ou não sabem como montar o melhor modelo de pitch de acordo com a sua ideia.

Para que a estratégia seja efetiva, é necessário estar preparado e não depender do improviso. Pensando nisso, o Abertura Simples mostrará, a seguir, o passo a passo de como elaborar um pitch de vendas. Confira!

1 – Defina seu objetivo

O pitch deve ser extremamente focado, já que seu tempo de execução é curto. Por isso, definir o seu objetivo final é criar um foco para que a apresentação não se perca e seu tempo seja aproveitado ao máximo.

Além disso, é preciso que os expectadores entendam exatamente o que você está buscando. Assim, poderão tomar a atitude que você deseja. Por isso, para definir seu objetivo, responda às seguintes questões:

  • Por que você quer criar um pitch? Para ser mais conhecido, validar a sua carreira ou apenas para buscar um aporte para a empresa?
  • Quanto você precisaria para isso?
  • De quantos investidores ou compradores você precisa para essa ideia?
modelo de pitch

2 – Estude o seu público

Ao pesquisar sobre a criação de um modelo de pitch, o empreendedor encontrará diversas fórmulas dizendo “faça isso” ou “comece falando exatamente assim”. E é claro que você pode se basear nelas. Porém, a verdade é que não adianta criar uma apresentação decorada e engessada para todos os tipos de situação.

O intuito é que essa apresentação seja adaptável e o mais autêntica possível. Isso porque, em um dia você pode estar conversando diretamente com o CEO de uma empresa e, no dia seguinte, pode participar de uma competição de startups com milhares de ouvintes. Daí, vê-se a necessidade de criar uma apresentação que se adapte facilmente a cada tipo de público.

Para cada situação, o público-alvo é diferente. Seus perfis, necessidades e formas também. E, por isso, o seu pitch também deve ser diferente. Por isso, estude a sua audiência em cada um dos modelos de pitch, entenda a respeito do conhecimento prévio de quem o ouvirá, saiba a respeito de seus históricos profissionais. Quanto mais você souber do seu ouvinte, melhor será a sua estratégia.

3 – Seja objetivo

Não se esqueça que o pitch possui um tempo curto de duração. Não há tempo para enrolação ou aprofundamentos desnecessários. Transmita tudo o que realmente importa.

Para isso, crie um discurso objetivo e focado. Não será possível incluir todas as informações sobre o seu negócio no seu pitch. Então, foque nos diferenciais e em toda e qualquer informação que pode despertar o interesse nos possíveis investidores em, posteriormente, ouvirem mais a respeito do que você tem a dizer.

4 – Apresente o problema

Durante a apresentação, mostre que existe um problema no qual sua empresa tem a solução. Use dados e estatísticas sobre o tamanho do mercado ao qual sua empresa pertence. Quando as empresas estão sendo avaliadas, os dados ajudam os investidores a entender o tamanho do mercado e qual o seu potencial.

5 – Ofereça uma solução

Você apresentou o cenário e o problema que existe atualmente e em que sua equipe está trabalhando. Diante disso, o investidor deve ter uma ideia dos problemas existentes e porque é atraente para uma empresa resolvê-los.

Sendo assim, chegou o momento de oferecer uma solução. Ao propor uma solução, há duas partes fundamentais que as pessoas precisam ver: explique porque sua empresa é diferente da concorrente e porque sua equipe é a melhor em oferecer a solução.

6 – Defina seu modelo de negócios

Se você já definiu o problema e a solução, os investidores estarão interessados ​​em saber como você resolverá o problema. Faça um slide com seu modelo de negócios, listando os planos que levarão você a alcançar seu objetivo.

Cada etapa deve descrever um objetivo que você já alcançou. Você também pode usar vários dos pontos na linha do tempo para mostrar alguns dos seus próximos objetivos.

De acordo com o livro Business Model Generation, referência para empreendedores e startups, nesta etapa será preciso definir nove componentes básicos.

  • Segmentos de clientes;
  • Proposta de valor;
  • Canais;
  • Relacionamento com clientes;
  • Fontes de receita;
  • Recursos principais;
  • Atividades-chave;
  • Parcerias principais;
  • Estruturas de custo.

A partir disso, é possível ter uma visão clara sobre a lógica do seu negócio.

7 – Fale sobre os seus concorrentes

Toda empresa tem concorrentes e toda ideia, por mais que seja inovadora, possui algum negócio competindo pelo mesmo mercado que você. Esse é um fato conhecido por todos.

Por isso, não caia na tentação de oferecer a proposta de um negócio único no mercado, passando a ideia de que não existe concorrência. O efeito desta ação será contrário: passará amadorismo ou falta de conhecimento sobre o mercado. E isso é extremamente perigoso.

Em vez disso, faça uma análise de concorrência e apresente os seus concorrentes. Assim, você poderá se destacar apresentando seus diferenciais em relação a eles, bem como mostrar que as soluções deles não estão atendendo à certas demandas de algum mercado.

8 – Apresente uma projeção financeira realista

Na grande maioria dos casos, os investidores estão à procura de negócios com potencial de crescimento rápido e alta escalabilidade, com o menor custo possível. Por isso, deixe claro em seu pitch qual a projeção financeira da sua empresa.

Faça um detalhamento completo sobre:

  • O tempo e capital necessários para atingir o ponto de equilíbrio;
  • Os custos envolvidos no negócio;
  • A previsão de faturamento para os próximos cinco anos.

Com certeza o público estará interessado nessas questões. Por isso, faça projeções financeiras realistas para que você consiga defendê-las.

modelo de pitch

9 – Prepare-se para as perguntas

Por mais esclarecedor que o seu pitch seja, ele, claramente, deixará algumas dúvidas. É preciso ter em mente que o público está lá para te ouvir, entender seu negócio e perceber se você está preparado para liderá-lo. Por isso, com certeza, você será bombardeado com diversas perguntas.

Esse é um bom sinal: significa que os possíveis investidores possuem interesse na sua proposta e querem conhecê-la mais a fundo. Por isso, esteja preparado para respondê-las da maneira mais esclarecedora possível. Você precisa dominar todos os detalhes do seu negócio. Afinal, informações que não aparecem na apresentação poderão ser solicitadas na hora das perguntas.

Modelos de pitch para inspirar

Agora que você já sabe como elaborar um pitch de vendas, confira alguns modelos de pitch para se inspirar e criar o seu!

Airbnb

A AirBnB, agora uma das marcas mais valiosas dos EUA, arrecadou US$ 600 mil em 2009 em sua rodada de sementes com a Sequoia Capital. Confira o modelo de pitch da AirBnB no ano em quesão.

“Reserve quartos com moradores locais em vez de hotéis”. Este é o modelo de pitch mais conhecido da empresa, que hoje se transformou em um gigante da indústria de turismo.

Uber

A ideia do pitch deck do Uber é genial, mostrando logo de cara o problema: serviços de táxi analógicos, com carros antigos, muito tempo de espera e um sistema ineficiente.

É interessante perceber que, desde 2008, a empresa evoluiu de uma ideia não muito confiável para os investidores, para uma plataforma que revolucionou o transporte em cidades de todo o Mundo.

LinkedIn

Hoje, o LinkedIn é a principal rede social profissional do mundo. Porém, no começo, em 2004, não foi simples explicar o valor que a rede entregava.

Hoje, o pitch deck do LinkedIn é uma das principais referências de como explicar, de maneira simples, o verdadeiro significado do seu negócio.

Em 2010, o modelo ajudou a levantar cerca de US$ 10 milhões.

Moz

A Moz começou como uma empresa de consultoria fundada por uma mãe e seu filho e agora é o software de marketing de entrada mais popular do mundo. Com seu pitch deck, a Moz levantou US$ 18 milhões com uma avaliação de US$ 75 milhões em 2011 com o Foundry Group e a Ignition Partners.

Agora que você conhece os principais modelos de pitch, e sabe como montar um, entenda como conseguir investidores para o seu negócio. E conte com a ajuda no Abertura Simples em cada passo que a sua empresa der. Entre em contato com um de nossos especialistas e saiba como podemos te ajudar a crescer em seu mercado de atuação!

Baixe o e-book “Como abrir uma empresa”

Está pensando em abrir uma empresa, mas não sabe como? Não tem problema, o Abertura Simples te ensina! Faça o download gratuito do e-book “Como abrir uma empresa? Manual Completo” e descubra o passo a passo para abrir o seu próprio negócio. Baixe agora mesmo, é grátis!

Baixe nosso ebook: como abrir uma empresa? ebook completo. clique aqui

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Como abrir uma empresa. Ebook Completo.

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 100 mil empreendedores! Baixe agora mesmo o Manual Completo para Começar seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Faça um Comentário

Tudo certo!

Basta baixar seu e-book pelo botão abaixo! 

Espero que goste!