Passo a passo para abrir empresa em Florianópolis!

Abrir empresa em Florianópolis é um sonho que já está cada vez mais próximo da realidade de algumas pessoas. Porém, muitas pessoas ainda se assustam com a burocracia que todo esse processo leva.

Por isso, separamos aqui todos os passos e documentos necessários para obter sua independência financeira e começar um negócio próprio sem preocupações! Confira a seguir tudo o que você precisa saber para abrir empresa em Florianópolis:

Sobre Florianópolis

Cidade capital de Santa Catarina, Florianópolis tem cerca de 477 mil habitantes, segundo censo do IBGE. É o segundo município mais populoso do estado e uma das cidades brasileiras com maior Índice de Desenvolvimento Humano.

Apesar de sua economia ser voltada para comércios e prestação de serviços, com foco principal no turismo, a capital também tem grande relevância ao se falar em tecnologia.

Quais os passos para abrir empresa em Florianópolis?

Planejamento

O primeiro passo, e talvez o mais importante para abrir uma empresa de sucesso, é planejar. Muitas vezes, o empreendedor se precipita pensando em abrir o negócio, conseguir um CNPJ, tirar as licenças, e acaba esquecendo dessa etapa.

Para fugir das estatísticas (de acordo com o IBGE, seis de cada dez empresas não sobrevivem aos primeiros cinco anos de atividade), é necessário fazer um bom planejamento. Esse é o ponto de partida para determinar o público alvo do seu negócio, estudar a concorrência, o mercado, etc.

A depender desses fatores, isso pode interferir diretamente na estrutura da sua empresa, na forma de atender os clientes, no seu produto ou serviço.

Para desenvolver o seu plano de negócios, separe todos os investimentos que você necessitará para equipamento, material, maquinário e pagamento de funcionários. Além disso, inclua, em escrito, uma pesquisa sobre o mercado, seus principais concorrentes, o seu público alvo e tudo mais que considerar relevante para sua nova empresa.

Principais pontos do Plano de Negócios:

  • Quem é sua empresa, o que ela faz, missão, visão e valores;
  • O que você vende? Descreva os principais produtos ou serviços;
  • Quem serão os seus clientes? Informações sobre o público-alvo;
  • Onde sua empresa ficará localizada? Localização ideal e dados sobre a região em que irá se instalar;
  • Qual estrutura operacional necessária? Todos os investimentos essenciais para iniciar as operações;
  • Quem serão os seus fornecedores? Faça uma lista com potenciais fornecedores e busque o contato de cada um;
  • Montante de capital para investimento e todo dinheiro gasto no início do negócio;
  • Qual será o seu faturamento mensal? Previsão de quanto você pretende receber em retorno à venda dos produtos ou prestação de serviços;
  • Em quanto tempo? Qual será o tempo para que esse capital investido retorne?

Tipos de atividade

Em seguida, é necessário identificar qual o segmento de atividade que deseja. Existem três distinções:

  • Prestação de Serviços: trabalho realizado a título de mão de obra física ou intelectual;
  • Industria: atividade econômica que visa transformar matéria-prima em materiais comercializáveis;
  • Comércio atacadista: voltado à lojistas e Comercio Varejista, direcionado ao consumidor final.

Tipos de Natureza Jurídica

O próximo passo é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Isso representa uma classificação simples que os órgãos públicos criaram para poder identificar as empresas.

Por meio da natureza jurídica, a organização pode ser enquadrada em diferentes programas e receber diferentes benefícios e exigências.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas principalmente:

  • Empresário Individual: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.
Foto de orla da cidade, representando como abrir empresa em Florianópolis

Documentos necessários para abrir empresa em Florianópolis

Os documentos necessários para dar início ao processo de abrir empresa em Florianópolis são simples.

Para os sócios:

  • 1 cópia simples do comprovante de residência de cada um;
  • 2 cópias autenticadas do RG e CPF de cada;
  • Cópia do certidão de casamento, caso seja casado;
  • 1 cópia da folha espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano vigente.

Para a empresa:

  • 2 cópias simples do IPTU do Imóvel;
  • 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Qual o processo para abrir empresa em Florianópolis?

Junta Comercial

O primeiro procedimento para abrir empresa em Florianópolis é reunir a documentação e fazer o registro da empresa na Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (JUCESC). Você deverá apresentar uma série de documentos e formulários, e para a região de Florianópolis, são eles:

  • 3 vias (no caso de empresário, 4 vias) Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual ou Estatuto;
  • 1 via do FNC (Ficha de Cadastro Nacional) modelo 1 e 2;
  • 1 via do Requerimento Padrão (Capa da Junta Comercial)
  • Documentos requisitados acima;
  • Pagamento de taxas por meio de Guia de Recolhimento (JC) e DARF (CNE).

Assim que aprovado, você receberá o NIRE (Número de Identificação do Registro de Empresa), contendo o número fixado no ato constitutivo, feito pela Junta Comercial ou Cartório.

CNPJ

Já com o NIRE em mãos, é necessário seguir para o registro da empresa como contribuinte. Ou seja, obter o número do seu CNPJ.

Todo esse processo é feito na Receita Federal, pela internet ou presencialmente. Se preferível de maneira física, é necessário apresentar alguns documentos, que podem ser entregues no ato ou por Sedex para a Secretaria da Receita Federal.

Vale lembrar que Microempreendedores Individuais não precisam seguir esse procedimento. Os MEIs podem fazer a solicitação do CNPJ de maneira automática pelo Portal do Empreendedor.

Inscrição Estadual

Empresas que atuam com a produção de bens e/ou venda de mercadorias precisam da Inscrição Estadual, registro feito na Receita Estadual ou Secretaria Estadual da Fazenda. Este número serve para o recolhimento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Esse documento é exigido para empresas dos setores de:

  • Comércio
  • Indústria
  • Serviços de transporte intermunicipal e interestadual
  • Energia
  • Comunicação

A solicitação dessa inscrição deve ser feita pela internet por um contador devidamente pré-autorizado (com senha de acesso).

Inscrição Municipal

Já a Inscrição Municipal é o registro feito junto a Prefeitura Municipal, que serve como uma espécie de permissão de funcionamento. Ela é exigida para empresas que prestam serviços, e tem relação direta com o recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços).

Alvará de Funcionamento

Todo estabelecimento de prestação de serviços, comércios ou industrias necessita de uma licença prévia do município para poder atuar. O Alvará de Funcionamento é um documento que autoriza a empresa de exercer suas atividades, e ele deve ser solicitado na Prefeitura ou outro órgão governamental municipal.

O empreendedor precisa se atentar a esse documento antes de qualquer locação ou compra de um imóvel para seu novo negócio, logo que é o Alvará quem alega o direito de exercer certas atividades em determinados locais.

Após a concessão do Alvará de Funcionamento, a empresa já está apta para inciar suas operações e seguir com os outros procedimentos específicos, como Cadastro na Previdência Social, Alvará do Corpo de Bombeiros, Alvará da Vigilância Sanitária, CADAN, INPI, entre outros.

Clique no banner e baixe um ebook completo de como abrir empresa em Florianópolis!

Banner do ebook de como abrir empresa em 2019
Baixe o ebook completo clicando no banner acima!

Abertura Simples

Nós, da Abertura Simples, realizamos todo esse processo por você, para que sua empresa seja aberta de forma rápida, simples e segura, sem dores de cabeça. Nossa equipe está à disposição para atender a todos as etapas da abertura de empresa sem que você precise sair de casa.

Disponibilizamos também as funções de Contabilidade, Fiscal, Recursos Humanos e Legalização, como alvará de funcionamento, CADAN, Anvisa, e muito mais.

Entre em contato com nossos representantes e abra sua empresa com a Abertura Simples de forma fácil clicando no botão abaixo:

Escrito por

Gostou? Compartilhe!

Manual para Abrir Empresa

Faça como mais de 40 mil empreendedores. Baixe agora mesmo o Manual Completo Para Começar Seu Próprio Negócio.

No comment yet, add your voice below!


Deixe uma resposta